Viajar sozinha: 5 destinos imperdíveis para as mulheres

Fortes e independentes, o número de mulheres que percorrem o mundo só com a própria companhia vem crescendo demais. Então bora lá conhecer algumas cidades perfeitas para quem quer viver esta experiência única que é viajar sozinha? Vem com a gente!

Dicas para viajar sozinha
O que todo viajante precisa saber; veja dúvidas frequentes

1. Santiago (Chile)

Destinos para viajar sozinha - Praça de Armas, Santiago (Chile) | Crédito: Shutterstock.com/Israel Hervas Bengochea

Praça de Armas – Santiago – Chile | Crédito: Israel Hervas Bengochea/Shutterstock.com

Cosmopolita e moderna, Santiago tem paisagens exuberantes, saborosa culinária local e muita cultura a ser apreciada. Em outras palavras, a capital chilena é uma ótima alternativa para ser desbravada por mulheres em sua própria companhia, dispondo de diversas atividades e excelente transporte público. Um dos pontos turísticos mais visitados é a Plaza de Armas, que relembra a colonização espanhola em suas construções. Do mesmo modo, a Catedral Metropolitana e o antigo prédio do Correio são clássicos exemplos disso. Durante a noite, a diversão é garantida no bairro de Bellavista.

Não perca: Palácio de La Moneda, Mercado Central, Cerro San Cristóbal e o Museu Nacional de Belas Artes.

Road trip sul-americana: do Chile à Argentina em quatro rodas

2. Vancouver (Canadá)

Destinos para viajar sozinha - Vancouver - Canadá | Crédito: West Coast Scapes/Shutterstock.com

Vancouver – Canadá | Crédito: West Coast Scapes/Shutterstock.com

A cinematográfica Vancouver é referência em qualidade de vida e, sem sombra de dúvidas, figura como uma rota cativante para os fãs de cenários indescritíveis, esportes ao ar livre e experiências energizantes conduzidas pela natureza. Então, quem a visita pode curtir algumas praias, caminhar pelo calçadão à beira-mar e aproveitar um dos maiores parques urbanos da América do Norte, o Stanley Park. Dica: tenha sempre com você um celular ou uma câmera em mãos, pois Vancouver rende lindas fotos.

Não pode ficar de fora: Reserva Natural de Grouse Mountain, mirante do Harbour Centre, píer de Canada Place e a pista Seawall (que fica ao redor do Stanley Park e é ideal para caminhadas, corridas, andar de patins ou bike).

Por que visitar o Canadá?

3. Paris (França)

Destinos para viajar sozinha - Museu do Louvre - Paris - França | Crédito: Shutterstock

Museu do Louvre – Paris – França | Crédito: Shutterstock

Paris é, indiscutivelmente, uma das queridinhas do mapa-múndi e a garantia de uma viagem regada a memórias incríveis. Isso porque a Cidade-Luz proporciona inúmeros atrativos e um charme que só ela tem. Sua rica história é contada por meio da arquitetura, refletida nos palácios reais, abadias e catedrais. Agraciada pelo Rio Sena, a região ganha ainda mais destaque graças à Torre Eiffel, aos seus jardins e à grandiosidade das impecáveis construções ao redor.

Valem a visita: Catedral de Notre-Dame, Arco do Triunfo, Avenida Champs-Élysées e Museu do Louvre.

Paris: 15 pontos turísticos imperdíveis
Pós-pandemia: 12 destinos na Europa que todo mundo precisa visitar

4. Cancún (México)

Cancún | Crédito: Shutterstock mulheres

Cancún – México | Crédito: Shutterstock

Claro que não poderíamos deixar um destino praiano de fora da lista de quem tem planos de viajar sozinha! Antes de tudo, vale lembrar que este paraíso mexicano de 22 km de costa é cobiçado por mulheres que buscam por tranquilidade, sol e mar colorido de verde e azul. Local de muitas alternativas para curtir a estada, Cancún combina praias de tirar o fôlego, infraestrutura turística diversificada e programas de lazer, entretenimento e cultura.

Paradas obrigatórias: Sítio Arqueológico de San Miguelito, Museu Maya de Cancún, Isla Mujeres e Chichen Itzá.

Cancún e Riviera Maya: os porta-joias do leste mexicano

5. Nova York (Estados Unidos)

Mulheres - Nova York - Estados Unidos | Crédito: Shutterstok.com

Nova York – Estados Unidos | Crédito: Shutterstok

Por fim, a surpreendente e diversa Nova York tem uma lista imensa de lugares para conhecer. Curta diversos bares, restaurantes, baladas e os mais famosos shows da Broadway. Se desejar, ainda dá para fazer algumas comprinhas, pois na Grande Maçã é possível encontrar desde as melhores grifes do mundo até lojas de departamento populares, como, por exemplo, Macy’s e Bloomingdale’s.

Pontos imperdíveis: Central Park, Times Square, Estátua da Liberdade e Brooklyn Bridge.

Como será o turismo do brasileiro após a COVID-19?
#Partiu: oito dicas para criar seu roteiro de viagem

E aí, o que você acha de viajar sozinha da próxima vez? Já viveu essa experiência? Então conta pra gente nos comentários! Ah, e não se esqueça de sempre consultar um agente de viagens antes cair na estrada. Dessa forma você garante uma trip sem perrengues e, assim, não passa nenhum tipo de sufoco.

2 Comentários

  1. Maricelia disse:

    Estou aposentada e gostaria de viajar conhecer novas culturas, mais nao domino o inglês, tenho alguma chance de realizar este sonho?

    • Segue Viagem disse:

      Oi, Maricelia! Tem sim, claro!
      É só você contratar uma agência de viagens e solicitar a companhia de um guia que fale português nos passeios. Assim, além de não ter que se preocupar muito com o idioma, você aprende bastante sobre o destino em questão.

      De toda forma, existem muitos aplicativos que dão uma força e tanto com a tradução – e isso não só com o inglês, mas com vários outras línguas, viu? Sendo assim, mesmo que você esteja sozinha em algum momento, nunca vai ficar desamparada 🙂

      Mas nossa dica é realmente contratar uma agência. Essa é a melhor forma de viajar tranquila e segura, já que assim você sempre terá com quem contar caso surja algum imprevisto 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0