Dicas sobre a Argentina: quando ir, se precisa de passaporte e 5 destinos imperdíveis

O nosso destino de hoje é o segundo maior país da América Latina e o oitavo maior do mundo. Já sabe de quem estamos falando? Argentina, ¡por supuesto que síDo charme de sua capital (e de diversas outras cidades, aliás) àsuas belezas naturais, a terra dos Hermanos tem muita aventura, mas também muita calmaria. Isso significa que, seja qual for o objetivo da sua viagem, nossos vizinhos certamente têm o que você procura. Quer saber mais? Então confira agora as principais dicas sobre a Argentina e tudo que você precisa saber antes de viajar para lá. 

Destinos que cabem no bolso: 5 países para viajar sem gastar muito 
Por que visitar a Colômbia: destinos, quando ir e dicas úteis

Principais dicas sobre a Argentina 

1. Quando ir

Bariloche Argentina shutterstock 1392638444

Se amarra em fotos? Então se liga no que te espera em Bariloche, na Argentina | Crédito: Shutterstock

Em primeiro lugar, tenha em mente que as estações do ano na Argentina seguem a mesma ordem do Brasil. Ou seja: quando aqui os termômetros estão lá em cima ou lá em baixo, a mesma coisa deve estar rolando por lá. A boa notícia é que você pode visitar o país praticamente o ano todoPorém, leve em consideração quais cidades deseja visitar.  

Em Buenos Aires, por exemplo, faz frio entre junho e agosto no melhor estilo Serra Gaúcha, com a temperatura podendo chegar perto de 0°C, embora não neve. Por outro lado, em dezembro e janeiro faz bastante calor. O mesmo acontece em outras cidades. Contudo, se você pretende ir para Ushuaia ou El Calafate, evite o inverno, uma vez que o clima e a neve podem impedir os principais passeios. Entretanto, em Bariloche apenas durante o inverno é possível esquiar, principalmente entre julho e agosto.

2. Idioma

Argentina shutterstock 737229076

Não fala espanhol (ou castelhano?) Não tem problema, porque você consegue se virar bem com o portunhol | Buenos Aires, Argentina | Crédito: Shutterstock

Pode ficar tranquilo(a) que, mesmo que você não manje de espanhol (ou castelhano, como eles preferem chamar), vai conseguir se virar bem na Argentina. Portanto, pode improvisar no portunhol que não terá grandes problemas. E também não é nada que o Google Tradutor ou outro app de tradução não possa ajudar, certo 

Melhores aplicativos para viajantes: veja 9 dicas

Mas, ó, até as pessoas fluentes no idioma podem sentir certa dificuldade por ali. Isso porque os argentinos têm um sotaque diferente dos espanhóis, por exemplo, o que altera a pronúncia de certas palavras. Afinal de contas, assim como o Brasil, o país também recebeu muitos imigrantes italianos. Essa influência impactou não só a forma de falar, como ainda criou o que ficou conhecido como “lunfardo”.  

Em linhas gerais, “lunfardo” é o nome de um conjunto de mais de 13 mil gírias criadas pelos imigrantes que viviam principalmente em Buenos Aires. O uso dessas gírias e a forma de se expressar fazem com que os portenhos (nome de quem nasceu na capital do país) sejam facilmente reconhecidos.  

3. Precisa de passaporte pra ir pra Argentina?

Argentina shutterstock 599716682

A boa notícia é que, para conhecer a Argentina, brasileiros precisam apenas do RG, sabia? | Palácio do Congresso Nacional da Argentina, Buenos Aires | Crédito: Shutterstock

Aqui vai mais uma informação pra sua coleção de dicas sobre a Argentina: brasileiros não precisam de passaporte, visto que apenas com o RG em mãos já dá pra embarcar. No entanto, atenção: o RG deve estar em bom estado e ter uma foto que permita que você seja identificado com facilidade. Além disso, não adianta nada levar outros documentos, como a Carteira Nacional de Habilitação (CNHa Carteira de Trabalho. Os únicos aceitos são RG ou passaporte, OK?

Quais países não exigem passaporte? 

4. O que comer por lá

Argentina shutterstock 1440215450

As empanadas argentinas são famosas no mundo todo; portanto, você precisa experimentá-las l Crédito: Shutterstock

A culinária é maravilhosa e, por isso mesmo, merece estar entre as dicas sobre a ArgentinaSendo assim, prepare-se para encontrar doces generosos e saborosos, tais como medialuna (tipo de pão de queijo, mas doce), alfajor e doce de leite. Há também as facturas, uma espécie de pão doce muito popular, bem como as clássicas empanadasencontradas facilmente em qualquer lugar do país.  

6 lugares para comer pizza ao redor do mundo

Já ouviu falar no choripán? Pois a iguaria consiste em um sanduíche de linguiça com molho chimichurri ou vinagrete. E por último, mas não menos importante, as famosas carnes argentinas, acompanhadas, claro, por um bom vinho argentino. Já deu pra perceber que essa não é uma viagem pra fazer dieta, né?  

Dicas sobre a Argentina: 5 destinos para conhecer 

1. Buenos Aires

Buenos aires Credito editorial Diego Grandi shutterstock 1127908235

Buenos Aires – Argentina l Crédito editorial: Diego Grandi/Shutterstock.com

Capital da Argentina, Buenos Aires é um dos destinos mais procurados por brasileiros. Apesar de ser a segunda maior área metropolitana da América do Sul (perde apenas para São Paulo, desculpem!), é uma cidade bastante agradável, tranquila e rica em cultura e gastronomia. Inclusive, bairros como Villa Crespo e Palermo têm clima e cara de vila do interior.  

O que fazer em Buenos Aires, a bela capital da Argentina

Em contrapartida, também é possível encontrar muita história e muita arte nas ruas do centro e em San Telmo. Em Buenos Aires, sobretudo no verão, o clima alegre invade a cidade, ao passo que, no outono, paisagens lidíssimas marcam a visita. Tá a fim de ir pra lá no inverno? Sem problemas, pois você vai incluir no roteiro gostosas degustações de vinhoainda se deparar com lindas roseiras. 

De toda forma, quando estiver no destino, aproveite para se apaixonar você também pelo tango, ritmo típico da região. Há inúmeros shows e espetáculos de tango na capital, então consulte um(a) agente de viagens e veja qual local ele(a) sugere pra você.  

2. Bariloche

Bariloche Credito editorial Gaston Piccinetti shutterstock 1651116886

Bariloche – Argentina l Crédito editorial: Gaston Piccinett/Shutterstock.com

Pode até parecer um pedacinho da Suíça, mas na verdade é Bariloche. Para quem deseja conhecer a neve ao vivo e a cores, o destino é ideal. Não à toa, é superprocurado por brazucas durante o inverno, até porque é o lugar perfeito para aprender a esquiar e ter à volta um cenário todo pintado de brancoAfinal, aqui no Brasil isso é bem raro de acontecer.  

Neve na Argentina: por que vale a pena conhecer Bariloche

Além disso, Bariloche reserva muitas atividades de lazer, como esquibunda, tubing e moto de neve, por exemplo. Não sabe o que é tubing? Este é o nome dado a quando você se senta em uma boia e escorrega uma colina ou um morro coberto de neve. Legal, né?  

Para fechar com chave de ouro, Bariloche é uma cidade lindaemoldurada por paisagens alpinas, lagos azuis e vistas de tirar o fôlego. Se for pra lá, não deixe de realizar a subida ao Cerro Campanario e fazer a travessia de qualquer um de seus lagos. Ah, e claro: prepare a câmera fotográfica, pois as fotos certamente vão bombar nas suas redes sociais.  

3. Mendoza

Mendoza shutterstock 702606829

Mendoza – Argentina l Crédito: Shutterstock

Amantes de gastronomia e principalmente apreciadores de vinho vão amar esse destino! Isso porque Mendoza, na Argentina, é o local certo para conhecer e desfrutar de bons vinhos e pratos deliciosos. Além disso, por lá você consegue vivenciar a vida no campo e conhecer mais sobre os vinhedos e processamento da uva, assim como sobre os costumes da região.  

6 destinos pelo mundo que não exigem visto 

Logo, não deixe de conhecer as principais vinícolas, pois são excelentes e valem o passeio. Mas não é só isso não! (embora seja impossível falar de dicas sobre a Argentina e não mencioná-las). O verão é ótimo para praticar esportes como rafting e hiking, enquanto que, no inverno, a dica é visitar as estações de esqui por perto, como Los PenitentesLas LeñasEm outras palavras, cada estação do ano tem um diferencial e você só precisa escolher aquele que mais tem a ver com você.  

4. Ushuaia

Ushuaia shutterstock 286098977

Ushuaia – Argentina | Crédito: Shutterstock

Situada na pontinha do mapamúndi, mais precisamente no extremo da América do Sul, fica UshuaiaAliás, é por conta de sua localização, no ponto mais ao sul do planeta, que a cidade é conhecida como “o fim do mundo, sabia? 

Road trip: do Chile à Argentina em quatro rodas

Ushuaia é o lugar que todos visitam para ver alguns dos habitantes mais fofos do planeta. Sabe por quê? Simples! Porque pinguins, lobos-marinhos e diversas espécies de pássaros compõem a população localSim, é isso mesmo! Ao visitar a região dá pra ver bem de perto esses bichinhos, além de conhecer mais sobre a rica história do destino e presenciar paisagens únicas. Apesar de esta sugestão aparecer várias vezes quando se fala em dicas sobre a Argentina, aqui vai ela de novo: garanta um celular ou uma câmera em mãos. O cenário é deslumbrante.  

5. El Calafate

El Calafate shutterstock 616840409

Perito Moreno – El Calafate – Argentina | Crédito: Shutterstock

Próximo ao Campo de Gelo do Sul da Patagônia, terceira maior extensão de gelo continental do mundo, está El Calafate. A cidade ganhou fama por ser a porta de entrada para o Parque Nacional Los Glaciares, uma vez que é lá onde fica a gigantesca geleira Perito MorenoE, quando a gente fala que ela é gigantesca, pode acreditar: ela é maior do que Buenos Aires. Já pensou? 

Se, por um lado, são mais de 250 km² de extensão, por outro o local exibe uma característica importante: apesar do tamanho, a geleira é bem acessível. Para resumir, você pode se encantar com as vistas caminhando pelas passarelas do Perito Moreno, fazer um passeio de barco para ver outras geleiras da Patagônia Argentina e até encarar trekking e passeios de caiaque. Nada mau, né? 

Afinal, para quais países brasileiros já podem ir?
Reabertura do Uruguai: veja quais vacinas são aceitas e outras exigências

E aí, ficou com vontade de conhecer a ArgentinaO país tem atrações para todos os gostos e é ótimo pra quem está a fim de viajar em família, em casal ou sozinho(a). Além disso, se você gostou do nosso conteúdo, compartilhe este post com quem também está de olho nas principais dicas sobre a Argentina 

E não deixe de falar com um(a) agente de viagens caso queira embarcar em breve, viu? Dessa forma você tem as melhores opções de roteiro (e de preços!) para tornar essa viagem ainda mais incrível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0