Neve na Argentina: por que vale a pena conhecer Bariloche

Bariloche Argentina shutterstock 1725117103

Neve na Argentina: a célebre cidade de Bariloche, famosa pelas pistas de esqui e demais esportes de neve | Crédito: Emprotur

Mesmo quem não é tão fã assim de frio precisa dar o braço a torcer: paisagens cobertas por neve são lindas. Pois se você ainda não viveu essa experiência ao vivo e a cores, anote aí: a temporada de neve na Argentina acontece entre junho (principalmente no final do mês) e outubro. E, se você tá a fim de começar a planejar uma viagem para um lugar onde a temperatura fica abaixo de zero, você está no lugar certo. Isso porque aqui a gente adora falar de Bariloche, uma das cidades argentinas mais procuradas nessa época do ano.

Dicas sobre a Argentina: quando ir, se precisa de passaporte e 5 destinos imperdíveis

Por que vale a pena ir para Bariloche?

Visitantes se divertem no Cerro Catedral, em Bariloche, um dos melhores lugares para curtir a neve na Argentina | Crédito: Emprotur

Visitantes se divertem no Cerro Catedral, em Bariloche, um dos melhores lugares para curtir a neve na Argentina | Crédito: Emprotur


Bom, para começar, o maior centro de esqui da América do Sul fica justamente em Bariloche. Trata-se do Cerro Catedral, complexo com mais de 50 pistas de esqui – a mais alta supera os 2 mil metros de altura – que é, também, um dos cartões-postais da cidade. Para acessar as pistas é preciso optar por um dos 40 meios de elevação. Como a procura pela região costuma ser intensa na alta temporada e pode ser necessário encarar algumas filas, o ideal é programar pelo menos um dia inteirinho na montanha. 

Bariloche e Valle Nevado: temperaturas abaixo de 0ºC

A área do Cerro Catedral é grande: são 600 hectares com 103 km de pistas. É uma estação voltada, principalmente, para praticantes de nível intermediário, já que 60% de suas pistas estão neste patamar. Porém, os(as) mais experientes têm pistas como a Seis, a Del Bosque e a Da Garganta para se aventurar. Não sabe esquiar e nem fazer snowboard? Relaxa! Dá para aprender por lá e há pistas voltadas exclusivamente para iniciantes. Isso significa que você também pode cair à vontade e sem se envergonhar da sua falta de prática. Portanto, a palavra de ordem é: divirta-se e aproveite a neve na Argentina!

Aqui vai uma informação importante: para subir e esquiar é preciso ter o passe dos meios de elevação. Veja com seu (sua) agente de viagens qual é o melhor passe para comprar, pois há passes para apenas um dia ou para vários, combinado?  

O que mais o Cerro Catedral tem a oferecer?

Cerro Catedral Bariloche Credito editorial Gaston Piccinetti shutterstock 1651116886

Cerro Catedral -Bariloche – Argentina | Crédito editorial: Gaston Piccinetti/Shutterstock.com

O Cerro Catedral fica a apenas 19 km do centro de Bariloche. Mais do que a localização privilegiada, oferece ainda completa infraestrutura turística, constituída por shoppings, restaurantes, lugares especializados em roupas e equipamentos de neve (alguns trabalham até mesmo com aluguel de roupas bem quentinhas), escolas de esqui e snowboard e – acredite! – até creche para os(as) visitantes mirins. Inclusive, no quesito gastronomia, o complexo também manda muito bem: há opções que vão desde o fast-food até pratos típicos da cozinha patagônica. Ou seja: é só escolher a culinária que faz mais o seu tipo e mandar bala!

Uma série de outras atividades podem ser feitas no Cerro Catedral. Quem quiser, por exemplo, pode andar de trenó e motos na neve. Sabe aqueles “esquibundas” que temos aqui pelas areias do Nordeste? Então, no Cerro Catedral dá pra fazer a mesma coisa, só que na neve! No entanto, atenção: é muito importante estar usando uma roupa adequada em todos esses casos, já que brincar ou cair na neve pode se tornar uma experiência ruim se sua roupa estiver molhada. Sendo assim, invista em calças e blusas que te mantenham protegido do frio e que sejam impermeáveis.

A vida noturna de Bariloche, na Argentina

Curta a neve na Argentina com segurança: consulte um(a) agente de viagens

Road trip sul-americana: do Chile à Argentina em quatro rodas
Roteiro de 1 dia em Buenos Aires: o que fazer na capital da Argentina

E aí, se animou a curtir a neve na Argentina e a visitar Bariloche? Então comece a planejar sua viagem agora mesmo! Só não faça isso por conta própria, dado que assim você pode deixar passar algum detalhe importante. A recomendação é procurar um(a) agente de viagens e explicar pra esse(a) profissional o que você espera do passeio. Dessa forma ele(a) consegue criar um roteiro que seja a sua cara e indicar o melhor hotel ou pousada, assim como garantir a sua segurança e tranquilidade do início ao fim.

Mas, ó, se você já teve a chance de visitar Brasiloche – apelido carinhoso dado à cidade devido à grande quantidade de brazucas encontrados no destino -, conta pra gente! Sabe por quê? Seu comentário pode ajudar a esclarecer as dúvidas de muita gente 😉

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0