Por que visitar a Colômbia: destinos, quando ir e dicas úteis

San Andres Colombia shutterstock 1765598402

Tá a fim de ir para o paraíso? Dá só uma olhada em como é San Andrés, na Colômbia | Crédito: Shutterstock

Cartagena Colombia shutterstock 771113848

Tá procurando motivos de por que visitar a Colômbia? Definitivamente Cartagena é um deles | Crédito: Shutterstock

A distância em linha reta entre o Brasil e a Colômbia é de 3.232 km. Mas essa distância pode ser facilmente vencida de avião: o voo direto que liga São Paulo e a capital Bogotá dura seis horas. Sim, apenas seis horas nos separam das paisagens cortadas pela Cordilheira dos Andes, das praias banhadas pelo Mar do Caribe e de um dos melhores cafés do planeta. Inclusive, por lá o café puro é chamado de “tinto”, sabia?

Afinal, quais países estão abertos para os brasileiros? A Colômbia é um deles

E, quanto mais a gente pesquisa, mais a gente descobre que a lista de por que visitar a Colômbia só cresce. Vale a pena, então, continuar lendo este post e descobrir mais alguns motivos que explicam que o país pode ser a melhor opção para as suas próximas férias.

POR QUE VISITAR A COLÔMBIA: 6 MOTIVOS

1. O clima não muda muito ao longo do ano

shutterstock 706562236

Você sabia que, em Medellín, na Colômbia, a temperatura varia entre 17°C e 28°C ao longo do ano? | Crédito: Shutterstock

Ao contrário do que acontece na maior parte dos destinos, a Colômbia não vê grandes mudanças nas estações do ano. Isso porque a proximidade com o Equador faz com que o clima pouco mude ao longo dos 12 meses.

Como Bogotá está 2,6 mil metros acima do nível do mar e é rodeada por montanhas, a temperatura tende a ser amena. Durante o dia, a média fica em torno dos 19°C e, à noite, cai um pouco, podendo ficar abaixo dos 10°C. Portanto, roupas de outono são mais do que suficientes para levar na mala. Março, abril e maio são os meses mais quentes por ali.

Em Cartagena, por sua vez, faz calor o ano todo, superando com frequência os 30°C. O período entre dezembro e abril é o mais seco, com destaque para o mês de fevereiro. Logo, já dá pra imaginar que esta é a época de alta temporada, né? A chuva começa a aparecer a partir de maio e se estende até novembro. San Andrés segue a mesma regra, sendo que pode haver um intervalo (ou pelo menos uma boa diminuída) na chuva em julho e agosto. Em ambos os casos, evite viajar entre setembro e novembro, pois é o momento em que os furacões são mais propícios.

Assim como Bogotá, Medellín também está acima do nível do mar: 1,5 mil metros. Porém, o clima costuma ser um pouco mais quente do que na capital, apesar de não fazer tanto calor quanto em Cartagena e San Andrés. A temperatura varia entre 17°C e 28°C e a chuva é mais frequente de março a maio e de setembro a novembro.

2. A Colômbia não é um país caro

shutterstock 771752878

Anote aí: vale a pena planejar uma viagem a Colômbia porque o país é rico em cultura e beleza, mas, também, por não ser um destino caro | Vista aérea das Ilhas Rosário, em Cartagena | Crédito: Shutterstock

Para começar, o real vale mais do que o peso colombiano. As passagens aéreas costumam ser os itens mais salgados da viagem, mas até mesmo nessa parte dá pra encontrar bons preços. A hospedagem também cabe no bolso, viu? Embora o valor possa ser um pouco mais alto em San Andrés e Cartagena, não é impossível encontrar opções mais em conta nesses mesmos destinos. Isso, claro, se você se planejar com antecedência e se tiver a ajuda de um(a) agente de viagens pra organizar todo o rolê.

Destinos que cabem no bolso: 5 países para viajar sem gastar muito

E não precisa se preocupar com a hora de fazer os passeios ou quando bater aquela fome: os preços aplicados no país são bem similares aos de uma viagem pelo Nordeste do Brasil. Em linhas gerais, não é nada que a gente estranhe. E tem mais! Muitas atrações, como museus, têm entrada gratuita.

O peso colombiano é abreviado como COP. Porém, ele também é simbolizado com $. Ah, e anote aí: cartões de crédito e débito são largamente aceitos no país, especialmente Visa e MasterCard.

3. Não precisa de passaporte

aviao shutterstock 399780763

Viajar para a Colômbia é fácil, uma vez que o país não exige passaporte de brasileiros: basta apresentar o RG | Crédito: Shutterstock

Este é um super motivo de por que visitar a Colômbia: o país não exige passaporte de brasileiros. Sim, é isso mesmo! Dá pra entrar – e inclusive embarcar nos aviões – apresentando apenas documento de identidade. Só que o RG precisa ter sido expedido há menos de 10 anos e estar em boas condições, bem como a foto deve permitir identificar o(a) viajante, OK?

Quais países não exigem passaporte?

Além disso, todo mundo tem que ter o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP) contra a febre amarela. Não sabe como tirar o seu? Então não encana, porque aqui tem um passo a passo. Só fique esperto com o prazo, porque a vacina leva pelo menos 10 dias pra fazer efeito. Sendo assim, cumpra esse pré-requisito direitinho.

4. A comida é uma delícia

shutterstock 2017775285

Vai pra Colômbia? Então experimente a Bandeja Paisa, um dos pratos mais tradicionais do país. Em linhas gerais, vem com arroz, feijão, plátano, torresmo, ovo frito, abacate e arepa (tipo de pãozinho feito com milho ou farinha de milho) | Crédito: Shutterstock

Pode até parecer clichê, mas a gastronomia é, de fato, mais uma razão de por que visitar a Colômbia. Os nossos vizinhos da América do Sul usam bastante o milho, o abacate e o plátano (pra nós, banana da terra) no preparo das refeições. Não entendeu o abacate estar aí no meio? É que os colombianos não o consideram como uma fruta. Dessa forma, ele se tornou um alimento-coringa: aparece nos acompanhamentos de pratos principais, nas saladas e nos lanches.

Ah, e eles têm um hábito que a gente não tem aqui no Brasil: o de tomar sopa antes de comer o prato principal.

Não tá a fim de experimentar a culinária típica? Há restaurantes com todo tipo de comida, incluindo internacional, principalmente nas cidades grandes.

5. O país é seguro

shutterstock 1418563553

Não encana, pois a Colômbia é um país seguro para conhecer | Recorte de turista andando sozinha pelas ruas de Cartagena | Crédito: Shutterstock

No passado, a Colômbia teve a sua imagem muito afetada por notícias envolvendo o narcotráfico. Até porque a história de Pablo Escobar virou até mesmo uma série da Netflix. Contudo, já faz um bom tempo que o país deixou isso pra trás.

Visando tornar o destino seguro pra todo mundo – gringos e moradores –, o governo colocou em prática uma série de programas para combater a violência. Ao mesmo tempo, investiu em habitação e mobilidade urbana, o que alavancou o seu crescimento em diversas vertentes.

Hoje, em Bogotá, por exemplo, policiais espalhados por toda a cidade garantem a segurança. Por isso mesmo, é possível circular sem medo pelo país. No entanto, isso não significa que é pra você bobear, certo? O que vale aqui no Brasil vale na Colômbia e em qualquer parte do mundo.

6. A população sabe como receber os turistas

Colombia shutterstock 1949940745

Um dos pontos fortes da Colômbia é o carisma da população. Não à toa, o país foi eleito como o mais acolhedor do mundo | Crédito: Shutterstock

Será que você sabe que a Colômbia foi eleita como o país mais acolhedor do mundo? Pois é! O carisma e a simpatia da população são pontos destacados por muita gente que viaja para a região. Então já sabe: não precisa ficar cheio(a) de dedos pra tirar alguma dúvida ou pedir ajuda.

7 motivos que explicam por que viajar faz bem

E isso vale pra tudo: em aeroportos, hotéis, restaurantes, pontos turísticos… Os colombianos adoram fazer os turistas se sentirem em casa e se desdobram para colaborar de muitas formas. Por falar isso, não estranhe se alguém se dispuser a te acompanhar até o lugar que você procura caso esteja perdido(a) no meio da rua, combinado?

5 DESTINOS QUE EXPLICAM POR QUE VISITAR A COLÔMBIA SEMPRE VALE A PENA

1. San Andrés

San Andres Colombia shutterstock 1765598402

Tá a fim de ir para o paraíso? Dá só uma olhada em como é San Andrés, na Colômbia | Crédito: Shutterstock

A gente até poderia listar primeiro Bogotá, que é a capital do país, mas San Andrés tem um peso muito grande no turismo da Colômbia. E, mesmo que você nunca tenha ido pra lá, as chances de ter pelo menos ouvido falar no destino são enormes.

San Andrés fica em um arquipélago juntamente com Providencia e Santa Catalina. A região é dona do famoso “mar de sete cores”, característica muito atrelada aos diferentes tipos de solo (areia ou pedras), assim como às diferentes profundidades encontradas por ali.

Se você procura por paraíso, espere por… paraíso. Principalmente se fizer os passeios para as ilhotas de Johnny Cay e Acuario. Aliás, em Acuario, caminhe até outra ilha, Haynes Cay. Independentemente de onde estiver, leve máscara para fazer snorkeling e uma sapatilha, já que existem ouriços em alguns pontos.

Afora os passeios, San Andrés tem praias que todo mundo precisa conhecer. Destaque para Spratt Bright, cujo mar cristalino divide o espaço com um calçadão cheio de restaurantes, hotéis, bares e lojas, e Sound Bay, longe do agito da cidade e, portanto, mais tranquila. Mas guarde um tempinho para explorar Cocoplum Bay! Afinal, a praia é protegida por um recife de corais e o mar é bem calmo, ótimo para quem viaja com crianças.

A verdade é que San Andrés é, por si só, um dos motivos de por que visitar a Colômbia é uma boa ideia. Não à toa, foi eleito por três vezes como o melhor destino de sol e praia do mundo no World Travel Awards.

2. Cartagena

Cartagena Colombia shutterstock 1258073146

O charme sem igual de Cartagena de Índias, um dos destinos mais conhecidos da Colômbia | Crédito: Shutterstock

O espanhol nem é a nossa língua oficial, como é na Colômbia, mas dá uma vontade de falar “Cartarrena”, não dá? Cartagena de Índias é um dos nomes mais conhecidos do país e, sem dúvida alguma, um dos mais populares de todo o Caribe colombiano.

A cidade é quase tão antiga quanto o Brasil – foi fundada em 1533 – e foi um ponto-chave durante a colonização espanhola na América. Grande parte de suas atrações está reunida em suas muralhas, que não só correspondem ao Centro Histórico do destino como ainda foram decisivas para que Cartagena fosse tombada como Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1984.

Cartagena e San Andrés: dois paraísos na Colômbia

Em contrapartida, fora das muralhas também há muito o que fazer. Não deixe de visitar o Castelo de San Felipe de Barajas e circular pelas igrejas antigas e monumentos da cidade. Junto a isso, vale a pena se perder propositalmente por entre as ruas coloridas e muito charmosas e até mesmo fazer um passeio de carruagem.

Da mesma forma que San Andrés, Cartagena não decepciona quem está a fim de curtir uma praia (ou várias!). Há mais de cinco complexos de ilhas ao seu redor, somando mais de 20 praias. E sabe qual é a melhor parte? Todas elas parecem ter sido pintadas pelo mesmo artista, uma vez que têm areia branca, palmeiras e os tons do mar alternam entre o azul e o verde.

As principais e as melhores praias da região são as que ficam nas ilhas Rosário, Baru, San Bernardo e Tierra Bomba.

3. Bogotá

Bogota Colombia Credito editorial De Jongh Photography shutterstock 191521901

Bogotá é, acima de tudo, a capital e a maior cidade da Colômbia, portanto deve fazer parte do seu roteiro pelo país | Crédito editorial: De Jongh Photography/Shutterstock.com

Não é só porque a cidade batizou um dos personagens principais da série “La Casa de Papel” que este nome soa familiar. Bogotá é a capital e a maior cidade do país, assim como mais um excelente motivo de por que visitar a Colômbia. Algumas das melhores áreas de lá são Usaquén e El Chicó, ambas repletas de bares e restaurantes.

Ao decidir o que fazer no destino, certifique-se de incluir no roteiro um passeio pelo centro, região que ajuda a contar – e a relembrar – a história da nação. Dessa forma, o tour vai incluir a Plaza de Bolívar, a Catedral Primada e a Casa de Nariño, sede do Governo. Neste sentido, não tem como negar uma voltinha pelo bairro La Candelaria, coração do Centro Histórico e onde se mantêm de pé casarões da época colonial. Ou seja: é um ótimo cenário para fotos, hein!

Bogotá também tem a seu favor um número grande de museus, como o Museu Nacional, o Museu de Arte Moderna e o Museu Maloka, por exemplo. Porém, sem dúvida alguma o destaque vai para o Museu do Ouro, cujo acervo está entre os mais importantes do mundo.

Outro ponto turístico é o Cerro Monserrate, montanha com mais de 3 mil metros de altura que descortina uma vista linda da cidade. Dá para chegar até o topo de três formas diferentes: de teleférico, funicular ou a pé. E lá em cima ainda tem a Basílica do Senhor de Monserrate para conhecer!

4. Zipaquirá

Catedral de Sal Zipaquira Colombia Credito editorial EGT 1 shutterstock 1234667041

Já pensou visitar uma catedral construída dentro de uma mina de sal? Pois a cidade colombiana de Zipaquirá, perto de Bogotá, tem uma | Crédito editorial: EGT-1/Shutterstock.com

Nunca ouviu falar em Zipaquirá? Não tem problema, porque a gente está aqui pra apresentar o destino pra você e pra mostrar que ele também é outra razão de por que visitar a Colômbia.

Primeiramente, cabe ressaltar que se trata de uma boa opção de passeio bate-volta a partir de Bogotá. Quem vai pra lá vai pra conhecer, principalmente, a Catedral de Sal. Peraí, de sal!? Sim, isso mesmo. Zipaquirá é um dos mais importantes centros de exploração de sal do país e, portanto, o sal é uma das suas marcas registradas. A catedral foi toda construída dentro de uma mina de sal, 180 metros abaixo da superfície.

Não se sente muito confortável em lugares fechados? Não se preocupe, porque o local tem ótimas iluminação e ventilação.

Além da catedral, Zipaquirá conta com o Ecoparque Tygüa Magüe e com o Museu Nacional de História.

5. Medellín

Medellin Colombia Credito editorial Alexander Canas Arango shutterstock 1447741031

Medellín é o único destino da Colômbia a contar com serviço de metrô, sabia? Além disso, ele é interligado a bondinhos elétricos para facilitar a locomoção | Crédito editorial: Alexander Canas Arango/Shutterstock.com

Apesar de ainda não estar na rota de muita gente que viaja pra Colômbia, Medellín tem os seus encantos. Antes de qualquer coisa, é a capital da província de Antioquia e conhecida como a “cidade da eterna primavera”. Como você já deve ter adivinhado, o apelido tem a ver com o clima quase sempre ameno.

É muito comum associar a região com o artista colombiano Fernando Botero, pois ele nasceu ali. Por isso mesmo, uma das atrações de Medellín é a Plaza Botero, com 23 esculturas de bronze do pintor e escultor.

No centro, nada melhor do que conferir os mais de 5 mil itens do Museo de Antioquia e ver de pertinho a Basílica Nuestra Señora de la Candelaria. Ela é a igreja mais antiga da cidade. Ao mesmo tempo, os parques Berrio e Las Luces são imperdíveis em dias de céu aberto, assim como o Parque Arví.

Ah, e, por falar no Parque Arví, aqui vai uma dica bem legal: dá pra chegar até o local de bonde elétrico. Medellín, que já ganhou o título de cidade mais inovadora do mundo, é a única da Colômbia a ter um sistema de metrô. Além disso, o metrô é conectado a esses bondinhos (metrocable) que acabamos de mencionar. Garanta uma câmera em mãos, pois a vista é bem bonita já que os bondinhos sobem os Andes.

Você já sabe por que visitar a Colômbia. Bora lá?

Acuario San Andres Colombia shutterstock 192314855

Se amarra em sol e praia? Então saiba que a Colômbia tem um dos destinos caribenhos mais bonitos do mundo: a ilhota de Acuario, a um passeio de distância de San Andrés | Crédito: Shutterstock

O que fazer em La Paz, na Bolívia: 8 pontos para visitar
Costa Rica: tudo o que você precisa saber sobre o destino

Fala sério: depois de tudo o que tem neste post ficou fácil de saber por que visitar a Colômbia, né? E olha que a gente nem mencionou que a Shakira é de lá, juntamente com Gabriel García Márquez! O célebre escritor recebeu o prêmio Nobel de Literatura pela obra “Cem Anos de Solidão”.

Agora só falta você conhecer o país! Para isso, no entanto, o ideal é planejar tintim por tintim com um(a) agente de viagens. Dessa forma a sua viagem se torna muito mais segura!

E, claro, depois volte aqui pra contar pra gente como foi, viu?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0