6 dicas de passeios de trem pelo Brasil

Com certeza você já deve ter visto cenas de filmes e séries em estações de trem, principalmente em destinos na Europa e nos Estados Unidos, por exemplo. Mas você sabia que não precisa ir tão longe pra viver uma experiência sobre trilhos? Isso porque também dá pra fazer diversos passeios de trem pelo Brasil.

Onde passar o Réveillon 2022: dicas de destinos e hotéis pelo Brasil
Para viajar pelo Brasil: veja alguns dos destinos mais bonitos do país

E, verdade seja dita, eles não deixam em nada a desejar, viu? Antes de qualquer coisa, os passeios de trem pelo Brasil oferecem viagens charmosas e emolduradas por lindas paisagens. De quebra, alguns permitem visitar pontos históricos e culturais do país. Sendo assim, se você nunca viajou de trem e tem muita vontade, se liga nas seis dicas que separamos pra você!

Passeios de trem pelo Brasil

1. De Curitiba a Morretes, no Paraná

Passeios de trem pelo Brasil: o trem que vai de Curitiba a Morretes, no Paraná, é um dos mais procurados. Além disso, guarde bem esta dica: ao chegar a Morretes, não deixe de fazer um tour a pé pela cidade | Crédito: Shutterstock

O trem que vai de Curitiba a Morretes, no Paraná, é um dos mais procurados. Além disso, guarde bem esta dica: ao chegar a Morretes, não deixe de fazer um tour a pé pela cidade | Crédito: Shutterstock

Pode até parecer cena de filme antigo, mas da estação ferroviária de Curitiba parte o trem com destino à cidade de Morretes. O trajeto é feito pela ferrovia Paranaguá-Curitiba, que passa por dentro da Serra do Mar. Sabe o que isso significa? Que enquanto você faz o percurso vai ver lindas paisagens e se deparar com túneis, paredões, montanhas, vales e até mesmo pontes que parecem desaparecer sob os trilhos. Não à toa, este é considerado um dos melhores e mais bonitos passeios de trem pelo Brasil.

Outro ponto forte é a possibilidade de viajar como pelas páginas de um livro de história e se transportar para os séculos 18 e 19. A ferrovia foi inaugurada por ninguém menos do que a Princesa Isabel, em 1885, e Morretes traz muitos resquícios arquitetônicos de 1733, ano de sua fundação. Para fechar com chave de ouro, os visitantes ainda podem comer um delicioso barreado, prato típico da região, nos restaurantes de Morretes.

Curitiba: 5 lugares para conhecer na capital do Paraná
Tá a fim de saber quais são os melhores lugares para visitar no Paraná? Então vem ver

O trem parte de manhã de Curitiba e retorna de Morretes no final da tarde. Na volta, se tiver sorve, pode presenciar um lindo pôr do sol na Serra do Mar. Câmera a postos, hein!

A viagem dura, em média, 4h15, já que são percorridos mais de 110 km de trilhos. Vale muito a pena passar o dia em Morretes, cidade de clima serrano e muito acolhedora. Esbanjando heranças coloniais e natureza, lá dá pra fazer passeios e diversas trilhas em meio à Mata Atlântica, bem como visitar cachoeiras e parques temáticos, entre outros passeios.

2. Passeio de Maria Fumaça em Campinas

Campinas Sao Paulo shutterstock 1942634848

Chegar a Campinas é fácil, uma vez que fica a menos de duas horas da capital paulista |  Crédito: Shutterstock

Localizada a menos de duas horas da capital de São Paulo, Campinas é uma cidade muito charmosa e com várias surpresas. Uma delas, inclusive, é o passeio de Maria Fumaça. Um ponto muito legal desse tour é que, aos finais de semana, ele é feito a bordo de locomotivas a vapor 100% restauradas, já que uma foi fabricada em 1958 e, a outra, em 1960. Já pensou?

Ao longo da viagem, monitores explicam como funciona o trem, além de abordarem a história da Companhia Mogiana de Estradas de Ferro, da Maria Fumaça, das fazendas e das seis estações que compõem o trajeto. Guarde bem os seus nomes: Anhumas, Pedro Américo, Tanquinho, Desembargador Furtado, Carlos Gomes e Jaguariúna.

6 lugares para passear no interior de São Paulo

Ao mesmo tempo, todo mundo curte a visita do Trio Maria Fumaça, que toca algumas músicas para alegrar o caminho. Afinal de contas, quer lugar melhor do que esse pra ouvir clássicos como “Trem das Onze”, do mestre Adoniran Barbosa? Fala sério!

duas opções de percursos nos quais os passageiros podem conhecer as antigas fazendas de café e lindas paisagens rurais. São elas: Meio percurso, com duração de 1h30 e destino à estação de Tanquinho, e Percurso Completo, que leva 3h30 e vai à estação Jaguariúna. Quem opta pelo Percurso Completo tem acesso a trens com carros-restaurantes, recheados de lanches e opções de bebidas.

Quer mais? Pois então aproveite para fazer um tour por Campinas. A dica é conhecer a Catedral Metropolitana, a Torre do Castelo, o Parque Portugal e o Museu do Café. Em linhas gerais, esse é um passeio ótimo para quem está a fim de sair da rotina.

 3. Vila Ferroviária de Paranapiacaba

Passeios de trem pelo Brasil: além de ser uma cidade supertranquila, Paranapiacaba tem muitos pontos turísticos | Crédito: Shutterstock

Além de ser uma cidade supertranquila, Paranapiacaba tem muitos pontos turísticos | Crédito: Shutterstock

Uma pequena vila de arquitetura inglesa, que fica no alto da Serra do Mar, é cercada por Mata Atlântica e cujos acervos cultural, industrial e arquitetônico são de cair o queixo. Não é à toa que a Vila Ferroviária de Paranapiacaba recebe anualmente mais de 250 mil visitantes.

Com o conceito de museu a céu aberto, o point, a 30 km de Santo André, na região do ABC, em São Paulo, proporciona uma legítima viagem no tempo. A cidade utiliza um trem da década de 1960, o qual, aliás, foi reformado durante a pandemia. Isso significa que ele ficou ainda melhor, claro!

Por ali, vale embarcar no Expresso Turístico, um passeio de trem que sai da Estação Luz, no centro de São Paulo, com destino à Jundiaí, Paranapiacaba e Mogi das Cruzes. Este passeio percorre cerca de 48 km e leva 1h30. Os viajantes têm a chance de conhecer diversas atrações culturais e ecológicas, como o Museu do Castelinho, o Parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba e a Casa da Memória. Bônus: fotos bem bonitas para as redes sociais 😉

4. Expresso Vale das Frutas

Brasil Vinhedo SP Credito editorial gurezende shutterstock 1234803391

Além de ser rica em história, Vinhedo tem também ótimas opções de restaurantes | Crédito editorial: gurezende/Shutterstock.com

Se você curte história do Brasil, imagine só passar pelas antigas instalações ferroviárias e construções da época do Brasil Império. Incrível, né?

O Expresso Vale das Frutas abrange um trecho da primeira linha da Companhia Paulista de Estradas de Ferro, que ligava Jundiaí a Campinas. Atualmente, conta com três estações ferroviárias centenárias, que foram tombadas como patrimônio histórico de São Paulo. Promove, portanto, uma imersão e tanto na história e na cultura da região e do país. Além disso, visa apresentar todo o potencial turístico de destinos como Louveira, Vinhedo e Valinhos, no interior paulista.

Por conta disso, os turistas têm acesso à história da Estação de Vinhedo, desde quando foi inaugurada até os dias de hoje. No momento, ela está em processo de restauração. No final, quem quiser também pode aproveitar para visitar o Salão de Artes Visuais e o Memorial do Imigrante, assim como para explorar outros atrativos de Vinhedo, é claro. Vale a pena!

5. Passeio de Maria Fumaça em Gramado 

Brasil Gramado Credito editorial Box Lab shutterstock 1308262939

Tá a fim de presenciar lindas paisagens? Não perca o passeio de Maria Fumaça em Gramado, na Serra Gaúcha | Crédito editorial: Box Lab/Shutterstock.com

O passeio de Maria Fumaça é um dos favoritos de quem vai à Serra Gaúcha – assim como um dos passeios de trem favoritos pelo Brasil. E o motivo é fácil de entender: mais do que descortinar paisagens que parecem pinturas, sobre os trilhos é uma festa só, já que a viagem tem muita música, dança, comidas e bebidas.

A Maria Fumaça parte de Gramado e vai até as estações de trem de Bento Gonçalves, Garibaldi e Carlos Barbosa. Anote aí: o percurso tem 23 km e leva mais ou menos 1h30.

Afinal, o que fazer em Gramado (RS)? Dicas e diferenciais da cidade
O que fazer e onde se hospedar no Sul do Brasil

Se amarra em experiências diferentes? Joia, porque na plataforma de Bento Gonçalves acontecem degustações de vinhos e sucos, ao passo que em Garibaldi são degustados espumantes.

O passeio, perfeito para casais, exibe uma gastronomia incrível. Mesmo porque a região é conhecida pelos vinhos, queijos e outras delícias, que despontam entre os legados deixados pelos imigrantes italianos. Ah, e um detalhe: quem quiser pode fazer o passeio de Maria Fumaça saindo de Canela também, outra estrela da Serra Gaúcha.

6. Trem Republicano em Itu (SP)

WhatsApp Image 2022 01 24 at 16.15.13 10

Recorte de uma parte do Trem Republicano, em Itu (SP) l Crédito: Laura Quadros

Embora seja um atrativo recente em Itu (SP), o passeio a bordo do Trem Republicano não pode faltar no seu roteiro. Ele dura mais ou menos uma hora, tempo da viagem entre Itu e a cidade de Salto, também no interior paulista. Durante o percurso, o(a) guia vai explicando todo o caminho, assim como a história da cidade e os pontos por onde o trem passa. Inclusive, você pode escolher em qual categoria de vagão quer fazer a viagem: Turístico, Especial e Boutique.

Além disso, prepare-se para se divertir com um músico e um ator, cujas presenças ilustres deixam o passeio ainda mais legal. Ao desembarcar em Salto, você se depara com o Restaurante Stazione, dentro da própria estação. Imperdível!

Se animou? Joia! Contudo, lembre-se: o Trem Republicano só funciona aos sábados e domingos, com saídas sempre às 9h, 11h, 14h e 16h. Aproveite para levar o seu pet, já que o Trem Republicano é pet friendly. Porém, isso vale apenas para o vagão Boutique, OK?

Qual dos passeios de trem pelo Brasil você vai fazer?

Brasil Morretes Credito editorial ViniciusReisBR shutterstock 1793181019

Crédito editorial: ViniciusReisBR/Shutterstock.com

12 destinos nacionais mais buscados pelo público LGBT+

Agora chegou a parte mais difícil: escolher um dos passeios de trem que a gente citou aqui, né? Então, pra que nada saia dos trilhos (com o perdão do trocadilho!), nossa última dica é pra você procurar um(a) agente de viagens, viu? Dessa forma fica bem mais fácil de criar todo o roteiro e de ter uma viagem que seja a sua cara. Isso sem contar a segurança e a tranquilidade de viajar sabendo que, se pintar algum imprevisto, vai ter suporte a qualquer hora do dia ou da noite.

Depois conta aqui pra gente como foi, combinado? Vai que o seu depoimento incentiva outras pessoas 😉

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0