Quais cidades fazem parte da Serra Gaúcha? Conheça destinos imperdíveis

Vai um chimarrão aí? A tradicional bebida pode ser uma ótima companhia enquanto você descobre quais cidades fazem parte da Serra Gaúcha | Crédito: Shutterstock

Vai um chimarrão aí? A tradicional bebida pode ser uma ótima companhia enquanto você descobre quais cidades fazem parte da Serra Gaúcha | Crédito: Shutterstock

*Atualizado às 17h56 do dia 19/02/2021*

Uma das regiões mais visitadas do Brasil, a Serra Gaúcha, no Rio Grande do Sul, guarda diversos destinos pra lá de encantadores. Embora seja o endereço de lugares como Bento Gonçalves, Canela e Gramado, o destino tem muitos outros lugares para oferecer àqueles que a escolhem como roteiro de férias.

Pra começar, você sabia que ela é subdividida em três regiões? Pois é! São elas: Região Campos de Cima da Serra, Região Hortênsias e Região da Uva e Vinho. Todas elas têm, é claro, charmosa arquitetura, gastronomia dos deuses e belezas naturais inesquecíveis.

Serra Gaúcha: 4 eventos imperdíveis no primeiro semestre de 2021

Apesar de algumas cidades terem se tornado mais conhecidas que outras, como é o caso da dupla de ouro Gramado e Canela, acredite: vale a pena explorar os outros municípios. Ficou curioso para saber quais cidades fazem parte da Serra Gaúcha? Então vem com a gente, porque ao todo são mais de 40!

Afinal, quais cidades fazem parte da Serra Gaúcha?

Cidades que fazem parte da Serra Gaúcha: a bela vista de Pinto Bandeira, no Rio Grande do Sul | Crédito: Shutterstock

A bela vista de Pinto Bandeira, uma das cidades da Serra Gaúcha que vale a pena conhecer | Crédito: Shutterstock

Dividida em três regiões, a Serra Gaúcha contempla diversos destinos, anota aí!

Região Hortênsias

Canela
Caxias do Sul
Gramado
Nova Petrópolis
Picada Café
São Francisco de Paula

Região Uva e Vinho

André da Rocha
Antônio Prado
Bento Gonçalves
Carlos Barbosa
Coronel Pilar
Cotiporã
Farroupilha
Flores da Cunha
Garibaldi
Guaporé
Marau
Monte Belo do Sul
Nova Alvorada
Nova Araçá
Nova Bassano
Nova Pádua
Nova Prata
Nova Roma do Sul
Pinto Bandeira
Protásio Alves
Santa Tereza
Santo Antônio do Palma
São Marcos
São Valentim do Sul
Serafina Corrêa
Veranópolis
Vila Flores
Vila Maria
Vista Alegre do Prata

Região Campos de Cima da Serra

Bom Jesus
Cambará do Sul
Campestre da Serra
Ipê
Jaquirana
Monte Alegre dos Campos
Muitos Capões
Pinhal da Serra
São José dos Ausentes
Vacaria

O que fazer nos principais destinos da Serra Gaúcha

Fala sério: são tantas cidades que fazem parte da Serra Gaúcha que fica até difícil saber por onde começar, não é? Mas fique calmo, especialmente se você estiver planejando sua primeira viagem à região. Afinal, como nós comentamos no comecinho deste post, alguns destinos acabaram se tornando mais conhecidos que outros – e pode ser bacana iniciar a viagem por eles.

A fim de dar aquela forcinha, nós listamos alguns deles abaixo, bem como alguns de seus principais atrativos. Espia só!

Bento Gonçalves

Cidades que fazem parte da Serra Gaúcha: tá a fim de saborear muito vinho bom? Então você precisa conhecer Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul | Crédito editorial: Samuel Kochhan/Shutterstock.com

Tá a fim de saborear muito vinho bom? Então você precisa conhecer Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul | Crédito editorial: Samuel Kochhan/Shutterstock.com

O que fazer: percorrer as vinícolas do Vale dos Vinhedos; fazer muitas fotos ao longo do roteiro Caminhos de Pedra; ter muito contato com os bichinhos no Parque da Ovelha (além de conhecer a rotina de uma fazenda de ovinos leiteiros); aprender sobre a imigração italiana no Parque Cultural Epopeia Italiana.

Rota do Vinho: conheça o Vale dos Vinhedos, na Serra Gaúcha

Canela

Catedral de Pedra Canela Rio Grande do Sul Credito editorial Bernard Barroso shutterstock 1349421650

Se amarra em arquitetura? Pois a Catedral de Pedra, em Canela, precisa estar no seu roteiro pelo Rio Grande do Sul | Crédito editorial: Bernard Barroso/Shutterstock.com

O que fazer: deslumbrar-se com a Catedral de Pedra; ver de perto a Cascata do Caracol (inclusive dos Bondinhos Aéreos); praticar esportes radicais no Alpen Park; conferir o Parque Terra Mágica Florybal; aprender e se divertir muito no Mundo a Vapor.

De carro pela Serra Gaúcha: saiba o que fazer em Gramado e Canela

Carlos Barbosa

Natureza verde e tranquilidade O interior de Carlos Barbosa e assim Credito editorial Maila Facchini shutterstock 1824600764

Natureza, verde e muita tranquilidade: o interior de Carlos Barbosa, na Serra Gaúcha, é assim | Crédito editorial: Maila Facchini/Shutterstock.com

O que fazer: reservar um tempinho à Igreja Matriz Nossa Senhora Mãe de Deus, bem como à Igreja São Rafael e à Paróquia Nossa Senhora das Graças; observar a estátua em homenagem a Leonel Brizola; e conferir a revitalização da antiga estação ferroviária (até porque lá tem parquinho, espaço para a prática de esportes, bancos e até um anfiteatro).

Garibaldi

Maria Fumaca chegando a estacao de trem de Garibaldi Rio Grande do Sul Credito editorial Marco Henz shutterstock 1255826830

Maria Fumaça chegando à estação de trem de Garibaldi, no Rio Grande do Sul | Crédito editorial: Marco Henz/Shutterstock.com

O que fazer: visitar as principais vinícolas da cidade, como Peterlongo, Garibaldi, Milantino e Domno Importadora, por exemplo, assim como a fábrica da Chandon; conhecer a estação ferroviária (e embarcar em um passeio de Maria-Fumaça, se possível); admirar a fachada impressionante da Igreja Matriz São Pedro; ver a maior taça de espumante do mundo na Vidraria Madelustre.

Gramado

Gramado Rio Grande do Sul shutterstock 671389831

Das cidades que fazem parte da Serra Gaúcha, Gramado é uma das mais populares. Afinal, como não se apaixonar por essa arquitetura? | Crédito: Shutterstock

O que fazer: perder a noção do tempo com as miniaturas do Mini Mundo; andar de pedalinho no Lago Negro; passear pela Rua Coberta; brincar com a neve no parque temático Snowland; tirar selfies com celebridades no Dreamland – Museu de Cera; visitar a Paróquia São Pedro; ser muito feliz no Reino do Chocolate (e tem como não ser com tanta delícia?).

Roteiro por Gramado: o que fazer na cidade em três dias

Nova Petrópolis

Vista panoramica do Labirinto Verde atrativo de Nova Petropolis Rio Grande do Sul shutterstock 669857587

Vista panorâmica do Labirinto Verde, um dos atrativos de Nova Petrópolis – Rio Grande do Sul | Crédito: Shutterstock

O que fazer: visitar o Parque Aldeia do Imigrante; se deixar levar pela aura de tranquilidade de Esculturas Parque Pedras do Silêncio; tentar chegar até o centro do Labirinto Verde; cair de amores pela charmosa e florida Praça da República; ver as lojinhas e bancas de artesanato da Rua Coberta; descobrir mais detalhes sobre a colonização alemã no Museu Histórico Municipal; dar um abraço no gigantesco Pinheiro Multissecular.

Percorra a Rota Romântica, no Rio Grande do Sul

São José dos Ausentes 

shutterstock 1631991088

O fabuloso Cânion Monte Negro, uma das principais atrações de São José dos Ausentes, no Rio Grande do Sul | Crédito: Shutterstock

O que fazer: cidade com um dos climas mais frios do Rio Grande do Sul, vale conhecer o Pico Monte Negro, o mais alto do estado; ir até a Pousada Potreirinhos e conferir o desnível dos rios Divisa e Silveira, que correm lado a lado mas em direções contrárias; admirar a vista dos diversos cânions, como, por exemplo, Boa Vista, Amola Faca e Rocinha; visitar o Cachoeirão dos Rodrigues e a Cachoeira das Setes Mulheres (que inclusive leva esse nome por ter sido cenário da minissérie global); e, por fim, percorrer a Trilha das 5 quedas.

E aí, gostou de saber quais cidades fazem parte da Serra Gaúcha? Se quiser ir pra lá em um futuro próximo, lembre-se de consultar um agente de viagens, viu? Assim você garante assistência e um roteiro que seja a sua cara.

O quê? Você já conhece um ou mais desses destinos?! Então conta pra gente nos comentários do que você mais gostou! Isso porque seu depoimento pode esclarecer as dúvidas de outras pessoas!

5 Comentários

  1. Roseney Gomes disse:

    Amo tanto essa região, que atualmente sou uma sul matogrossense perdida aqui na serra, cheguei de mudança há 1 ano. Mais algumas dicas, em Caxias do Sul tbem tem vinícolas para conhecer, o parque da Festa da Uva que fica aberto para visitação, nele temos a oportunidade de conhecer as casas na época da colonização da região. Em Farroupilha tem o Salto Ventoso, uma queda muito linda, a igreja matriz no centro é belíssima e a catedral de Caravaggio que também é incrível e onde podemos tirar fotos deslumbrantes da serra. Enfim, não tem como não se apaixonar por uma região tão linda e hospitaleira. As cidades ficam bem próximas uma das outras, vale a pena vir de carro, ou se preferir outro meio, alugar um para explorar o máximo das suas férias.

  2. Diego Caxias do Sul disse:

    Essa lista está errada, muitas cidades aí são da região dos vales e do planalto e da encosta. Procure pelas coredes Serra, Campos de Cima da Serra e Hortênsias, ali estará mais ou menos o que é a região macro Serra. Por exemplo Três Coroas, Presidente Lucena, Westifália não estão localizadas no alto, ou seja na Serra e sim em região baixa, e tantas outras na lista estão lista ficam em regiões quentes em que nunca neva ou dão geadas fracas.
    Outra dica a Serra Gaúcha compreende as cidades em torno de algumas cidades de referência regional Caxias do Sul, Bento Gonçalves, Vacaria e Gramado. Sendo que a Caxias do Sul é o centro regional.

    • Segue Viagem disse:

      Diego, você está coberto de razão! A informação de quais cidades fazem parte da Serra Gaúcha não estava muito clara em praticamente nenhum lugar, e olha que chegamos até mesmo a ligar para algumas Secretarias de Turismo. De toda forma, depois de insistir um pouquinho, conseguimos uma listinha de todos os destinos com a Secretaria Estadual do Rio Grande do Sul. Agora o post está certinho. Superobrigada, viu?! Se não fosse seu comentário nosso conteúdo estaria incorreto, portanto obrigada mesmo 😉

  3. Almir disse:

    Marau,e Serafina Corrêa não faz parte da Serra Gaúcha,essas 2 eu tenho certeza .

    • Segue Viagem disse:

      Almir, quem nos passou esta relação de cidades pertencentes à Serra Gaúcha foi a própria Secretaria Estadual do Rio Grande do Sul 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0