Road trip: do Chile à Argentina em quatro rodas

Mendoza Argentina shutterstock 1273487860

Ainda não foi pra Mendoza, na Argentina? Pois o destino tem paisagens de tirar o fôlego | Crédito: Shutterstock

road trip shutterstock 1948051702

Tá a fim de fazer uma road trip pela América do Sul? Aqui tem uma sugestão que vai do Chile à Argentina | Crédito: Shutterstock

*Post publicado originalmente em 29/11/2019, mas atualizado às 17h27 de 07/06/2022*

Se pegar uma estrada aqui no Brasil já é sensacional, imagine cruzar fronteiras com a liberdade e o conforto que uma road trip pode proporcionar. Certamente não vão faltar paisagens magníficas e gratas surpresas!

Norte da Argentina: 7 razões para fazer da região o seu próximo destino

E como existe um mundo inteiro de possibilidades, o que dificulta bastante na hora de decidir qual escolher primeiro, a gente tem uma sugestão pra você: uma que contempla Chile e Argentina no mesmo trajeto e combina o que existe de melhor nesses dois gigantes da América do Sul. Quem ajudou a criar o roteiro foi a Europcar, locadora presente em mais de 150 países e que oferece a frota mais diversificada e jovem do mercado.

Dicas importantes

Tendo como ponto de partida a capital chilena Santiago e, como ponto de chegada, a célebre Mendoza, na Argentina, antes de mais nada é preciso atentar-se a duas questões importantes. A primeira delas envolve a data da viagem, pois, em caso de neve extrema, pode haver a interdição de alguns trechos e a necessidade de utilizar correntes nos pneus para não derrapar. A segunda, por outro lado, se refere ao tipo de carro escolhido e à atenção redobrada ao volante. Isso porque o itinerário inclui curvas pra lá de sinuosas, então todo cuidado é essencial para chegar e voltar em segurança.

Para começar a road trip: de Santiago a Los Caracoles

Plaza de Armas Santiago Chile shutterstock 425476843

Acima de tudo, garanta uma boa câmera em mãos: dá só uma olhada na Plaza de Armas, um dos ícones de Santiago, no Chile | Crédito: Shutterstock

Com voos diretos a partir do Brasil, após pousar na principal cidade do Chile uma excelente maneira de começar a road trip é dando uma voltinha, a pé mesmo, pelo Centro Histórico. Afinal, a região esbanja cartões-postais. Entre os pontos que merecem uma visita, destaque para o Mercado Central, a Plaza de Armas e a Catedral Metropolitana. Ao mesmo tempo, vale ressaltar o Museu Chileno de Arte Pré-Colombiano e o Palacio de La Moneda, por exemplo.

6 destinos pelo mundo que não exigem visto

Fez isso? Ótimo! Agora é a hora de pegar o carro em direção à famosa Estrada de Los Caracoles. E prepare-se, porque o percurso é em ziguezague e cruza a icônica Cordilheira dos Andes.

Pela estrada afora

Road Trip Los Caracoles | Crédito: Shutterstock

Dirija com cuidado, pois a Estrada de Los Caracoles é cheia de curvas, conforme você pode ver | Crédito: Shutterstock

Para começar, a Estrada de Los Caracoles é marcada por mais de 20 curvas bem fechadas e subidas íngremes. De quebra, conta com um visual arrebatador formado por esculturas rochosas, encostas emocionantes, rios e natureza exuberante. Não à toa, a estrada é um dos destaques desta aventura, conduzindo os(as) viajantes para outro ponto turístico imperdível.

Dicas sobre a Argentina: quando ir, se precisa de passaporte e 5 destinos imperdíveis

Guarde bem seu nome: Paso Los Libertadores. De forma geral, trata-se de um túnel à beira de um penhasco que também é chamado de Cristo Redentor dos Andes por estar bem próximo à estátua de mesmo nome, situada a mais 3,8 mil metros de altitude, já na fronteira com a Argentina.

Road trip pela terra dos Hermanos

Mendoza Argentina shutterstock 1273487860

Ainda não foi pra Mendoza, na Argentina? Pois o destino tem paisagens de tirar o fôlego | Crédito: Shutterstock

Após atravessar de um país para outro, certifique-se de incluir no itinerário duas regiões incríveis em solo argentino. São elas: a Puente del Inca, que descortina uma combinação orquestral entre belezas naturais e ruínas arquitetônicas; e o Parque Aconcagua, endereço da maior montanha fora da Ásia, com quase 7 mil metros de altura, e um santuário natural com atividades ecoturísticas.

Voltando para a estrada, a cerca de 2h40 dali chegamos à última parada: Mendoza. Cheia de charme e cenários apaixonantes, esta cidadezinha mescla história, cultura, arte e arquitetura. Para fechar com chave de ouro, coroa a estada com uma gastronomia de primeira. Além disso, a região também é famosa pelas vinícolas. Porém, como bebidas alcoólicas e estradas não combinam, é melhor programar esses passeios para um momento em que não seja preciso dirigir depois.

Salinas Grandes: o que é, como chegar e por que todo mundo tem que ir
Neve na Argentina: por que vale a pena conhecer Bariloche

Por fim, e você, já fez alguma road trip? Então conta a sua experiência pra gente nos comentários! Por outro lado, caso esteja doido(a) de vontade para começar a planejar a próxima aventura, consulte um(a) agente de viagens, viu? Dessa forma você garante uma trip segura e tem o apoio de um(a) profissional do começo ao fim!

3 Comentários

  1. Alberto Carlos Fröhlich disse:

    Sim fiz todo este trajeto sozinho em 2018 num fiat 147 1980 que rendeu varias reportsgens em veiculos de comunicação, realmente as paisagens são deslumbrantes, quanfo possível quero retornar.

    • Natan disse:

      Mostre o documentário completo dessa viagem pois gosto muito desses relatos de viagem principalmente nessas regiões Argentina e Chile

  2. Valter Kenji Okada disse:

    Fiz o trajeto Bariloche – Pucón- Bariloche.
    Paisagens magníficas, vários lagos, vulcões Lanín e Villarrica. San Matin de Los Andes, Villa laAngostura. Faria de novo tranquilo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0