O que fazer em Santa Teresa, no Espírito Santo

Vale Caravaggio - Santa Tereza - Espírito Santo

Pequena e cheia de graça, a cidade de Santa Teresa, na região metropolitana do Espírito Santo, vale a visita na passagem pelo estado capixaba. Com uma esticadinha de dois dias no roteiro – pois fica a 80 km da capital Vitória – dá para mergulhar na história do destino, se apaixonar pela paisagem e saborear a gastronomia local.

Vitória e Vila Velha: roteiro pelo Espírito Santo
Tá a fim de viajar pelo Brasil? Veja alguns dos destinos mais bonitos do país

O que fazer em Santa Teresa (ES): dicas e um pouco da história da cidade  

Instituto Federal do Espírito Santo – Campus Santa Teresa – Espírito Santo | Crédito: Assessoria de Comunicação IFES

Primeiramente: um tour pela história de Santa Teresa

A história de Santa Teresa começa na Itália, com a partida do navio La Sofia, repleto de passageiros em busca de uma vida melhor. Chegando ao Brasil em 1874, esses italianos se espalharam pelo país e, mais tarde, em 1875, um grupo deles fundou a primeira colônia de imigrantes do Brasil, Santa Teresa.

As vias estreitas e curvas e as construções do centro da cidade contam um pouco dessa história. Além disso, a Casa Lambert, erguida no mesmo ano da fundação da cidade pelos irmãos Antônio e Virgílio Lambert, é um Patrimônio Histórico Estadual. Hoje, funciona como Casa de Memória, compartilhando a história da família e da imigração na região.

Mas os italianos também deixaram sua marca na culinária, que pode ser conferida nos restaurantes da cidade. O Café Haus, por exemplo, tem um menu fantástico e traz pratos como o risoto de cogumelos acompanhado de filé mignon.

A casa que abriga o Café Zanoni é de 1876 e tem o piso e o armário originais preservados. Fotos exibem a família que dá nome à cafeteria, enquanto a placa atrás do balcão, escrita em italiano, evidencia ainda mais a herança da imigração. Ali você pode apreciar quindins e tortas acompanhados de um delicioso cafezinho.

Com o slogan “A Itália é aqui”, o destino ainda sedia no mês de abril o festival Santa Teresa Gourmet, com pratos saborosos, aulas de culinária, cervejas e vinhos.

Um destino condecorado com belezas naturais

Vale Caravaggio - Santa Teresa - Espírito Santo | Crédito: Bruna Gasparini

Vale Caravaggio – Santa Teresa – Espírito Santo | Crédito: Bruna Gasparini

Situada em um vale, a cidade é cercada por montanhas e rios e serve de refúgio para diversos beija-flores, ou colibris, como chamam os locais. Por isso mesmo, é carinhosamente apelidada de “Doce Terra dos Colibris”.

Domingos Martins, Espírito Santo: ecoturismo é a palavra de ordem
Ecoturismo: confira 10 destinos no Brasil

Para admirar a linda vista da região e fazer belos cliques, os turistas visitam o mirante do Vale do Canaã, a 2 km do centro da cidade. O cenário serviu de inspiração para o livro homônimo, de Graça Aranha. A obra conta a história de dois jovens imigrantes alemães e suas diferentes visões de mundo.

A beleza do Vale Caravaggio motivou a criação do circuito de mesmo nome. Um trajeto de 14 km em meio à encantadora paisagem leva a empreendimentos e atividades turísticas envolvendo gastronomia, vinícolas e artesanato. Além disso, o turista passa pela Cachoeira do Parque São Lourenço, pela Rampa de Voo Livre Amaury Fernandes, de onde pode saltar de parapente, e pela Igreja Nossa Senhora de Caravaggio.

Mais alguns pontos turísticos

Museu de Biologia Prof. Mello Leito - Santa Teresa - Espírito Santo | Crédito: Ministério da Cultura

Museu de Biologia Prof. Mello Leito – Santa Teresa – Espírito Santo | Crédito: Ministério da Cultura

Seguindo, o Museu de Biologia Professor Mello Leitão, fundado em 1949 pelo cientista Augusto Ruschi, conta com uma grande área verde preservada, repleta de árvores e flores, um passeio ideal para amantes da natureza e fotografia. O local ainda possui viveiros e espécies da fauna brasileira, como cobras, saguis e araras.

Por fim e bastante popular no Espírito Santo, a fábrica de biscoitos Claid produz variados produtos, como casadinhos, biscoitinhos de nata e tortas todesca. Se interessou? Então aproveite para visitar a loja fixada no local, que conta com itens para venda e degustação.

Por fim: a vida noturna de Santa Teresa

Com a chegada do anoitecer, a dica é esticar o dia na Rua do Lazer, já que é o endereço de bares e restaurantes. O Taberna Lounge, de temática medieval, oferece desde petiscos a pratos mais elaborados no menu, assim como cervejas artesanais e vinhos.

Dicas de viagem para praticar esportes: 12 destinos no Brasil

E aí, se animou a visitar Santa Teresa? Então consulte agora mesmo um(a) agente de viagens e comece a planejar seu roteiro! Por outro lado, caso já tenha tido a chance de visitar a região, deixe um comentário contando como foi a sua aventura. Dessa forma você ajuda a tirar as dúvidas de outras pessoas! 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0