7 destinos ideais para curtir o céu estrelado; vem ver

Poucas coisas são mais bonitas do que um céu estrelado, né? Admirar tamanha imensidão e quietude nos faz perceber quão pequenos nós somos e, ao mesmo tempo, como é majestoso o universo. Se você, assim como nós, se amarra em ver as estrelas, você está no lugar certo! Afinal de contas, nós separamos sete destinos que não decepcionam e que descortinam uma vista de tirar o fôlego para quem olhar pra cima. Bora conferir?

7 DESTINOS PARA MORRER DE AMORES PELO CÉU ESTRELADO

1. Jalapão (Tocantins, Brasil)

Céu estrelado: Jalapão à noite - Tocantins | Crédito: Shutterstock

Jalapão à noite – Tocantins | Crédito: Shutterstock

Mais um atrativo do Jalapão: as estrelas. Acredite, esse destino brasileiro que vem se destacando cada vez mais no ecoturismo permite que seus visitantes vejam até a Via Láctea a olho nu. Isso, claro, nos dias em que o céu está claro e límpido. Sabe como isso é possível? Bem, acima de tudo, as cidades que ficam no entorno são bem pequenininhas, o que contribui para a baixa iluminação e, por consequência, amplia a visibilidade do céu. Gostou? Pois então anote mais essa dica: se você for um entusiasta de céus estrelados, saiba que existem aplicativos que ajudam a localizar as constelações. Vale a pena baixar um deles!

O que fazer no Jalapão (TO): 7 atrações e dicas para curtir o destino

2. Deserto do Atacama (Chile)

Céu estrelado do Deserto do Atacama - Chile | Crédito: Shutterstock

Céu estrelado do Deserto do Atacama – Chile | Crédito: Shutterstock

Queridinho do turismo astronômico, o Deserto do Atacama, no Chile, tem uma predisposição sob medida para quem está a fim de admirar as estrelas. Para começar, reúne todos os atributos favoráveis: clima árido, altitude elevada, baixo nível de poluição e pouca cobertura de nuvens. Além disso, a região concentra diversos observatórios com excelentes telescópios – esse é o caso do parque astronômico de Llano de Chajnantor. De seus equipamentos dá para ver as luas de Júpiter e até mesmo os anéis de Saturno, por exemplo. Animal, né?

Dica de viagem: quatro desertos que vale a pena conhecer

3. Galloway Forest Park (Escócia)

Céu estrelado: Galloway Forest Park - Escócia | Crédito: Shutterstock

Galloway Forest Park – Escócia | Crédito: Shutterstock

Primeiro Dark Sky Park – reserva de céu escuro perfeita para a astronomia – do Reino Unido, o Galloway Forest Park fica nas altas colinas escocesas. De lá também é possível observar as luas de Júpiter e os anéis de Saturno, bem como a Nebulosa Cabeça de Cavalo, entre outros milhares de estrelas e constelações. Dentro do parque há, ainda, um observatório com telhado retrátil e os telescópios Dall-Kirkham e Schmidt-Cassegrain, ambos de altíssima qualidade.

4. Deserto da Namíbia (Namíbia)

Deserto da Namibia Namibia shutterstock 1063748126

O céu cintilante do Deserto da Namíbia – Namíbia | Crédito: Shutterstock

Enfeitado por um céu estrelado deslumbrante, o Deserto da Namíbia é, em linhas gerais, uma região isolada. Tem árvores secas, dunas vermelhas e pouca iluminação, o que, por sua vez, faz dele uma opção e tanto para admirar as estrelas. Inclusive, é um dos lugares mais escuros do mundo. Atualmente, conta com uma reserva Dark Sky.  Quem vai para lá se depara com diversas lâmpadas de cor vermelha, sabe por quê? Simples! Elas não causam poluição luminosa e, portanto, não interferem na atividade. Interessante, não é?

5. Deserto do Saara (Marrocos)

Deserto do Saara Marrocos shutterstock 1498517309

Deserto do Saara -Marrocos | Crédito: Shutterstock

Maior deserto do mundo – afinal, ocupa cerca de 10% do continente africano –, o Saara tem um céu estrelado que é um verdadeiro espetáculo. Se a viagem for para o Marrocos – e se se emocionar com as estrelas fizer parte dos planos –, vale muito a pena embarcar rumo às cidades de Ouarzazate ou Zagora e percorrer a Cordilheira do Atlas e os antigos vilarejos berberes. Ao anoitecer o show começa: as brilhantes constelações surgem, uma a uma, como as do zodíaco de Touro, Gêmeos, Câncer e Leão. Quer uma experiência completa? Joia, porque dá para passar a noite no deserto, inclusive em locais com um observatório próprio, e aproveitar a companhia das estrelas.

Marrocos: 5 destinos de tirar o fôlego

6. Alasca (Estados Unidos)

Alaska Denali National Park Alasca EUA shutterstock 1632001102

Aurora boreal e céu estrelado no Alasca – Estados Unidos | Crédito: Shutterstock

Já imaginou combinar a sua vontade de admirar as estrelas com o sonho de ver de pertinho a aurora boreal? Lindo! O Alasca é o local certo para as duas coisas. Isso porque o Denali National Park & Preserve proporciona momentos inesquecíveis junto à natureza. Quando ir? Bom, além da temporada de inverno (de dezembro a março), as primeiras semanas de agosto são excelentes escolhas, visto que começa a anoitecer mais cedo na região.

Aurora boreal: 5 destinos para ver este espetáculo da natureza

7. Alqueva (Algarve, Portugal)

Alqueva Dark Sky Reserve Alentejo Portugal shutterstock 541692169

Alqueva Dark Sky Reserve – Alentejo – Portugal | Crédito: Shutterstock

Exatamente no meio do Alentejo, a área da reserva Dark Sky Alqueva tem um céu escuro que parece ter sido pontilhado à mão de tantas estrelas. Somando mais de 3 mil km² de área e considerado um “Starlight Tourism Destination”, o local é, de fato, um dos preferidos para curtir o céu estrelado. Alguns destinos próximos ao Lago do Alqueva, aliás, reduzem as luzes públicas à noite para não atrapalhar a observação do céu. São eles: Alandroal, Reguengos de Monsaraz, Portel, Mourão, Moura e Barrancos.

Quais são as lembrancinhas mais procuradas ao redor do mundo?

E aí, ficou instigado a curtir o céu estrelado em algum desses destinos? Conhece outro? Se quiser acrescentar algum local à nossa listinha, fique à vontade! Ao compartilhar sua experiência, você acaba ajudando outros viajantes a garantirem uma trip memorável. Por fim, lembre-se: se estiver planejando uma viagem, consulte um(a) agente de viagens, OK?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0