Selva Amazônica: o que fazer e por que vale a pena conhecer

Amazônia | Crédito: Shutterstock

Amazônia | Crédito: Shutterstock

Coração verde do nosso país, a Amazônia é um destino singular marcado pela magia da natureza. Abrangendo mais de sete estados e mais de mil rios afluentes, sua grande reserva natural e biodiversidade atraem os olhares de turistas ao redor de todo o mundo. Mas por que conhecê-la é, de fato, inesquecível? Ah, mas que delícia responder a essa pergunta! O Segue Viagem selecionou alguns motivos que explicam por que essa tem tudo para ser uma das viagens mais memoráveis da sua vida. Partiu?

O boto-cor-de-rosa

shutterstock 1063069271

Boto-cor-de-rosa | Crédito: Shutterstock

Já imaginou poder conferir de pertinho essa lenda regional? Típico do Amazonas, o boto-cor-de-rosa, da família dos golfinhos, é um mamífero extremamente dócil que vive livre nas águas do Rio Negro. Para curtir a experiência de mergulhar, alimentar, acariciar ou fotografar um deles basta optar por um dos passeios e embarcar nessa aventura na companhia de um instrutor. Para atrair a atenção dos botos, peixes são usados como isca. Vale muito a pena!

Uma aventura nas alturas

Floresta Amazônica – Manaus – Amazonas | Crédito: Filipe Frazão/Shutterstock.com

Na Selva Amazônica, subir nas árvores é muito mais do que uma brincadeira de criança. Gigantescas e rodeadas por um cenário fascinante, algumas delas –  samaúma, amapazeiro, angelim e macucu, por exemplo – podem ser escaladas. Sabe como? A Amazon Tree Climbing, empresa especializada em expedições fluviais e escalada em árvores, dispõe de roteiros em destinos como Manaus, Presidente Figueiredo e Reserva do Tupé. Confira a vista inacreditável do alto das maiores árvores do planeta e sinta-se no topo do mundo!

Encontro dos rios

Rio na Amazônia – Amazonas – Manaus| Foto: Mario Roberto Ortiz

Um dos maiores patrimônios locais, o encontro das águas dos rios Negro e Solimões é, definitivamente, uma experiência única. Para observar esse fenômeno, você precisa ir até o Mirante da Embratel, no bairro Colônia Antônio Aleixo, ou embarcar em um passeio para, além de ver, também sentir a temperatura diferenciada das águas.

Visitar uma tribo indígena

shutterstock 316135883

Crédito: Shutterstock

Com histórias e cultura extraordinárias, algumas tribos indígenas recebem turistas diariamente e realizam pequenos rituais, nos quais cantam, dançam e tocam instrumentos típicos. Ali, é possível comprar objetos artesanais e provar pratos preparados com diferentes espécies de peixes e iguarias locais durante uma refeição coletiva.

As águas de Presidente Figueiredo

shutterstock 1673424694

Presidente Figueiredo | Crédito: Shutterstock

Localizada a 107 km da capital Manaus e conhecida como “Terra das Cachoeiras”, Presidente Figueiredo concentra 159 cachoeiras e muitos outros atrativos aquáticos –corredeiras, cavernas e grutas estão entre eles. Endereço certo para a prática de ecoturismo e turismo de aventura, a cidade oferece alternativas esportivas como arvorismo, caiaque, rapel, rafting, tirolesa e emocionantes trilhas na selva.

Biodiversidade

Amazônia | Crédito: Shutterstock

Amazônia | Crédito: Shutterstock

Esplendorosa, a Amazônia simboliza a viagem perfeita para aqueles que amam contato próximo com a natureza. Habitat natural de muitos animais, por lá é possível ficar cara a cara com várias espécies de peixes, pássaros e outras 300 espécies de mamíferos. Câmeras a postos, porque os cenários são incríveis!

Navegar de canoa

Amazônia | Crédito: Shutterstock

Amazônia | Crédito: Shutterstock

Gosta de viajar e sentir-se como um nativo? Se a resposta for sim, você vai amar esse tour! Bem próxima à Mãe Natureza, essa aventura conduz até os igarapés (riachos que deságuam em rios), onde você poderá observar de pertinho toda a movimentação do meio ambiente e ouvir seus sons característicos.

Gastronomia

shutterstock 772990483

Tambaqui | Crédito: Shutterstock

Claro que não poderíamos deixar de falar da gastronomia, né? Saborosa de um jeito único, a culinária local permite que os visitantes saboreiem diversos peixes, entre eles o tambaqui. Além disso, as emblemáticas frutas regionais, como cupuaçu, ingá e taperebá (cajá), têm sabores que merecem ser sentidos ao menos uma vez na vida.

Agora que você concorda que não faltam motivos para embarcar rumo à Selva Amazônica, bora descobrir tudo o que você precisa saber sobre o destino? Aqui no Segue Viagem temos um post que reúne as principais informações de lá. Vale reservar um tempinho também para conhecer as lendas amazônicas, já que elas são partes importantes da cultura regional.

Caso a Selva Amazônica esteja entre os seus próximos destinos, recomendamos que a viagem seja feita com o apoio de um agente de viagens, profissional que o ajudará a contratar os melhores passeios e que vai zelar pela sua segurança e conforto antes, durante e depois da trip.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0