O que fazer em Belém do Pará: 7 atrações imperdíveis

Estação das Docas - Belém - Pará | Crédito: Shutterstock

Estação das Docas - Belém - Pará | Crédito: Shutterstock

Calor, chuva no fim da tarde, barcos na Baía do Guajará e ruas agraciadas por mangueiras e construções históricas. Anotou? Pois essas são apenas algumas das marcas registradas da capital do Pará. Cheia de atrativos e naturalmente alegre, pode apostar que a cidade tem tudo o que você precisa para uma viagem inesquecível. Sendo assim, bora conferir o que fazer em Belém? Vem com a gente!

Alter do Chão (PA): o que fazer, como chegar e quando ir

O que fazer em Belém do Pará

1. Visitar a Estação das Docas

Estação das Docas - Belém - Pará | Crédito: Shutterstock

Vai pra Belém do Pará? Então reserve um tempo para conhecer a Estação das Docas | Crédito: Shutterstock

Antigo porto e herança do ciclo da borracha em Belém, a Estação das Docas sempre foi um ponto importante na história da cidade. Hoje em dia, após ter sido desativado e passado por restauração, o local oferece boas opções de bares e restaurantes. Ou seja: é um dos espaços mais agradáveis de Belém para curtir algumas horas de boa conversa com os amigos ou pra ficar olhando o rio, mesmo, e curtindo a vibe do lugar.

2. Conhecer o Mercado Ver-o-Peso (e tomar um açaí)

Mercado Ver-o-Peso - Belém - Pará | Crédito: Dado Photos / Shutterstock.com

Acima de tudo, visite o Mercado Ver-o-Peso, em Belém do Pará | Crédito editorial: Dado Photos/Shutterstock.com

Que tal conhecer outro ícone de Belém? Mais um dos cartões-postais do Brasil, o Mercado Ver-o-Peso chama a atenção de todo mundo devido à sua grandiosidade e ao azul de sua estrutura. Tá se perguntando o que vai encontrar lá dentro? Os mais variados peixes, frutos, ervas, temperos e souvenires, por exemplo. Inclusive, uma vez por ali, não deixe de provar a grande estrela da Amazônia: o açaí. Você não vai se arrepender!

12 cartões-postais mais famosos do Brasil: quantos você conhece?

3. Curtir a natureza do Parque Mangal das Garças

Mangal das Garças - Belém - Pará | Crédito: Shutterstock

Tá a fim de muito contato com a natureza? Pois o Parque Mangal das Garças, em Belém do Pará, oferece exatamente isso | Crédito: Shutterstock

Agora, a dica é conhecer um pedacinho da Amazônia em plena cidade. O Parque Naturalístico Mangal das Garças, como é o seu nome oficial, foi aberto em 2005 em uma área revitalizada às margens do Rio Guamá. A fim de promover uma experiência bem completa, reúne atrações como o Museu Amazônico da Navegação, Viveiro dos Pássaros, Farol de Belém, Borboletário, Orquidário e o restaurante Manjar das Garças.  Em outras palavras, reserve um tempinho para explorá-lo com calma, OK?

4. Fazer um tour guiado pelo Theatro da Paz – e assistir a um espetáculo, claro

Theatro da Paz - Belém - Pará | Crédito editorial: Arnika Ganten / Shutterstock.com

Vale a pena fazer um tour guiado ou assistir a pelo menos um espetáculo no Theatro da Paz, em Belém do Pará | Crédito editorial: Arnika Ganten/Shutterstock.com

Fundado em 1878, o Theatro da Paz fica bem no coração da cidade. Com um projeto arquitetônico baseado no Teatro alla Scala, de Milão, na Itália, exibe traços neoclássicos. Ao mesmo tempo, conta com 1.100 assentos, piso de madeira nobre, itens folheados a ouro, espelhos de cristal e dezenas de obras de arte. É primeiro teatro da Amazônia e o maior da região Norte. Logo, já dá pra imaginar que assistir a um espetáculo ou fazer pelo menos uma visita guiada são coisas que devem fazer parte da sua viagem, né?

13 pontos turísticos da região Norte do Brasil

5. Admirar a Basílica de Nazaré

shutterstock 1675635805

Se amarra em fotos? Pois a Basílica de Nazaré, em Belém do Pará, é bem bonita (e famosa) | Crédito: Shutterstock

A Basílica de Nazaré é um ícone do centro de Belém e uma réplica em menor escala da Basílica de São Paulo, em Roma. Tem cinco naves, 36 colunas de granito italiano, 54 vitrais e 19 estátuas em mármore de Carrara e representa uma homenagem à Nossa Senhora de Nazaré, padroeira da Amazônia. Por isso mesmo, é ponto de peregrinação, principalmente na época do grande Círio de Nazaré. Já ouviu falar nele, né? Afinal, trata-se da maior festa popular do Pará, realizada no segundo domingo de outubro desde 1973.

Afinal, o que fazer no Jalapão (TO)?

6. Explorar as obras de arte do Espaço Cultural da Casa das Onze Janelas

Espaço Cultura da Casa das Onze Janelas - Belém - Pará | Crédito editorial: Arnika Ganten / Shutterstock.com

Quem se amarra em arte vai gostar do Espaço Cultura da Casa das Onze Janelas, em Belém do Pará | Crédito editorial: Arnika Ganten/Shutterstock.com

Inaugurado em 2002, o Espaço Cultural da Casa das Onze Janelas é perfeito para quem quer apreciar um pouco da arte contemporânea brasileira. Prepare-se, porque ali se tem acesso a um vasto acervo de obras de arte moderna e contemporânea, assim como a fotografias de artistas locais e nacionais. Gosta de curiosidades? Então espia só: o prédio, construído no século 18, foi residência de um senhor de engenho e, posteriormente, adaptado para se tornar o Hospital Real Militar.

7. Tirar fotos do Forte do Presépio

shutterstock 1785447260

Clique do Forte do Presépio, em Belém do Pará | Crédito editorial: Arnika Ganten/Shutterstock.com

Por último, o Forte do Castelo do Senhor Santo Cristo do Presépio de Belém – ou, como é popularmente conhecido, Forte do Presépio – fica na Baía do Guajará. Considerado um marco da fundação da cidade, foi construído em 1616 com o objetivo de conter ataques indígenas e navios ingleses e holandeses que rondavam a região. Tombado como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1962, hoje abriga um museu de objetos indígenas, cerâmica marajoara e fragmentos de artefatos encontrados em escavações realizadas durante a restauração do local. Por fim, oferece uma vista belíssima da foz do Rio Guamá e do Mercado Ver-o-Peso. Portanto, já sabe: câmeras a postos!

Tudo o que você precisa saber sobre a Selva Amazônica

E você, já conhece esse destino? Então conta pra gente nos comentários e compartilhe as suas dicas de o que fazer em Belém! Dessa forma você ajudará outros visitantes que também querem conhecer esse maravilhoso pedacinho do Brasil. Ah, e, se quiser viajar em breve, procure um(a) agente de viagens, viu? Isso porque esse(a) profissional te dará as melhores dicas e, de quebra, te ajudará a resolver qualquer pepino que surgir pelo caminho 😉

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0