Afinal, brasileiros podem entrar nos Estados Unidos? Tire todas as dúvidas

Viajar para Orlando, Miami ou Nova York, por exemplo, é algo que faz parte da listinha de desejos de muita gente. E com certeza muitas pessoas pretendiam realizar este sonho quando, em maio de 2020, os Estados Unidos anunciaram a proibição de passageiros vindos do Brasil em uma tentativa de conter o avanço da pandemia.

Passo a passo: como tirar o visto americano
Estados Unidos autorizam entrada de estudantes brasileiros; entenda

Não é de se estranhar, portanto, que, de lá pra cá, uma das perguntas mais frequentes feitas pelos viajantes canarinhos seja: quando vamos poder visitar os EUA de novo? Embora não seja possível prever quando isso vai acontecer, é preciso deixar um ponto muito claro: a restrição não tem relação com a nacionalidade do passageiro, mas, sim, com o seu país de origem.

Ainda não entendeu bem? Pois então confira a entrevista com Fernanda Paranhos, gerente de Sourcing América do Norte da CVC Corp. A especialista reservou um tempinho para esclarecer a dúvida que vem levando as pessoas à loucura: afinal, brasileiros podem entrar nos Estados Unidos?

Não perca tempo, não, e confira este bate-papo até o fim!

ENTREVISTA EXCLUSIVA: FERNANDA PARANHOS, GERENTE DE SOURCING AMÉRICA DO NORTE DA CVC CORP

1. Brasileiros podem entrar nos Estados Unidos? Quem está autorizado a entrar no país? 

Fernanda Paranhos gerente Sourcing America do Norte CVC Corp

Fernanda Paranhos, gerente de Sourcing América do Norte da CVC Corp | Crédito: Divulgação

Acredito que seja mais fácil responder quem não pode. Ou seja: turistas que estiveram nos últimos 14 dias no Brasil não estão autorizados a entrar nos Estados Unidos. Agora, se o passageiro passar 14 dias completos em qualquer outro país da América Latina e depois se dirigir à região, ele estará, sim, liberado a entrar nos States.

2. Quais são os requisitos de entrada? Existe alguma exigência de vacina ou teste? 

Quem estiver planejando uma viagem para o destino precisa atender aos seguintes requisitos: contar com visto e passaporte válidos, fazer quarentena de 14 dias em um país que não seja o Brasil e que tenha autorização de entrar nos Estados Unidos e portar teste RT-PCR com resultado negativo, emitido no máximo 72h antes do embarque. Não há qualquer exigência no que se refere a vacinas.

3. Quais são os países da América Latina para onde os brasileiros podem ir antes de embarcar rumo aos Estados Unidos? Esses países contam com exigências próprias?  

Existem muitas opções onde os brazucas podem passar esse período de 14 dias, porém os países mais indicados são: Colômbia, Costa Rica, México, Panamá e República Dominicana. Cabe frisar que cada um deles conta, sim, com as suas próprias medidas preventivas obrigatórias, então é preciso se atentar a elas também. A dica é sempre contratar um agente de viagens, visto que esse profissional tem acesso a todas essas informações atualizadas.

4. Devo respeitar as restrições do país escolhido para a quarentena? Como faço para saber quais são essas restrições?  

Sem dúvidas! No entanto, não existe nenhuma exigência universal, que valha para todos os destinos. Para entrar no México, por exemplo, é preciso preencher o Cuestionario de identificación de factores de riesgo en viajeros antes do embarque, bem como pagar uma taxa de turismo se a viagem for para Cancún e Cozumel.

Ao mesmo tempo, vale dizer que as restrições estão sempre sendo atualizadas e revistas, o que significa que podem mudar a qualquer minuto. Logo, o melhor é consultar o consulado ou a embaixada do país antes de viajar, além do agente de viagens, conforme já mencionei. Quem quiser ainda pode acessar este link, que apresenta um panorama geral (e em inglês) sobre as exigências adotadas por todos os países.

Afinal, quais países aceitam voos vindos do Brasil?

5. A entrada nos Estados Unidos é garantida após a quarentena em outro país que não seja o Brasil? 

Orlando Estados Unidos Credito editorial Joni Hanebutt shutterstock 1833995380

A entrada nos Estados Unidos depende não só do visto, mas também do agente de imigração | Crédito editorial: Joni Hanebutt/Shutterstock.com

Mesmo fora da pandemia, a entrada nos Estados Unidos nunca é garantida, essa é a verdade. Isso depende do agente de imigração que atender você na sua chegada. Some a isso o fato de que o momento segue bastante delicado, então sempre existe o risco de os EUA vetarem a entrada de turistas de outros países ou alterarem as regras sem aviso prévio, o que, consequentemente, prejudicaria uma viagem à região.

De toda forma, uma coisa é certa: todo mundo precisa ter o visto válido para entrar.

6. Caso o viajante more no Brasil, mas já esteja vacinado, ele poderá entrar nos Estados Unidos sem passar por outro país? 

Não. Independentemente de estar ou não vacinado, para entrar nos Estados Unidos é necessário fazer a quarentena de 14 dias em um dos destinos autorizados pelo país.

7. Quem pode viajar para os EUA sem precisar passar por outro destino? 

Cidadãos americanos e residentes permanentes (pessoas que tenham o Green Card), assim como parentes diretos de cidadãos e residentes permanentes. Esse é o caso, por exemplo, de maridos, esposas, filhos menores de 21 anos e pais de menores de idade, desde que os menores morem nos Estados Unidos.

8. O que está aberto nos Estados Unidos no momento? 

Nova York EUA shutterstock 1682992240

Uso da máscara em lugares a céu aberto é opcional para quem já tomou a vacina contra COVID-19 nos EUA | Crédito: Shutterstock

Depende muito do estado. Na Flórida está tudo aberto, ao passo que, na Califórnia, os parques temáticos estão funcionando apenas para moradores. Já Nova York está começando a reabrir e a retomar suas atividades aos poucos. Entretanto, os shows da Broadway ainda não estão autorizados.

Como planejar sua viagem para o Walt Disney World Resort

9. Os EUA estão flexibilizando o uso da máscara. Quais são as novas regras?  

Nos espaços abertos a máscara é opcional para quem já tomou a vacina. Contudo, ela ainda é obrigatória em lugares fechados, como atrações, restaurantes e lojas. Outra mudança diz respeito ao distanciamento social, que mudou de 2 metros para 1 metro.

10. Para retornar ao Brasil é necessário fazer quarentena? Posso voltar diretamente sem passar por outros países?  

Para retornar ao Brasil não é necessário fazer quarentena em outros países. Em outras palavras, você pode, sim, voltar direto pra casa. Mas vale lembrar que a entrada no país está atrelada à apresentação de teste RT-PCR negativo, efetuado no máximo três dias antes do primeiro ponto de embarque.

Por que comprar com um agente de viagens?

Agora conta pra gente: conseguiu tirar as suas dúvidas sobre a pergunta “brasileiros podem entrar nos Estados Unidos”? Deixe um comentário se tiver alguma outra pergunta! Por último, aqui vai mais uma dica: não se esqueça de sempre contar com um agente de viagens, viu? Isso porque esse profissional é o seu melhor amigo quando se trata de percorrer o mundo em segurança e com conforto.

114 Comentários

  1. Muito importante e esclarecedoras as informações

    • Myriam Yshida Araujo Chagas disse:

      MUITO BOM!

      • Luis Carlos disse:

        Tenho grin card minha passagem estar marcada para o dia 11/7/21. Já estou vacinado, quais são as exigências para mim viajar?

        • Segue Viagem disse:

          Luis, como você tem o Green Card, você está liberado da quarentena de 14 dias em outro país e pode seguir direto para os EUA. No entanto, vai precisar providenciar: teste RT-PCR com resultado negativo, emitido no máximo 72h antes do embarque, e preencher um documento (também antes do voo). Este documento está disponível aqui: https://www.cdc.gov/quarantine/pdf/attachment-a-global-passenger-disclosure-attestation-2021-p.pdf.

          De acordo com o site da IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo), você só não precisa apresentar o teste negativo se tiver um certificado médico que ateste que você teve COVID-19 no máximo três meses antes do embarque no seu primeiro voo com destino ao país. Se quiser conferir todas as exigências, elas estão disponíveis (em inglês) no site da IATA: https://www.iatatravelcentre.com/world.php. É só clicar sobre os Estados Unidos que uma telinha vai abrir com todas elas.

      • Maria de Fátima Silva disse:

        Boa tarde !
        Mãe pode viajar aos Estados Unidos para acompanhar filha que terá bebê?
        Obrigada!

        • Segue Viagem disse:

          Oi, Maria!

          No momento, as regras de entrada nos Estados Unidos estão bem rígidas. Se a sua filha tiver menos de 21 anos e for cidadã americana, você pode ir para lá sem ter de cumprir a quarentena em outro país. Agora, caso esse não seja o caso, antes de ir pra lá vocês duas (caso ela seja brasileira também) têm que passar pelo menos 14 dias em um destino autorizado pelos States. Alguns deles são México, República Dominicana e Colômbia, OK?

    • Maeta disse:

      Bom dia
      Poderia deixar pais de residente,ir visitar em Miami😞

  2. Joaquim Ramalho disse:

    E quem receber uma carta convite a trabalho com visto B1/B2, também precisa fazer a quarentena?

    • Segue Viagem disse:

      Olá, Joaquim!
      Muito obrigada pelo seu comentário.
      Bom, primeiramente você terá que tirar o seu visto de trabalho, já que o B1/B2 é um visto de turismo e turismo/negócios. E a resposta para a sua perguntinha é: sim, será necessário fazer a quarentena em outro destino. Ok?
      Espero ter ajudado de alguma forma 😉

    • Rodolfo Wolff disse:

      Olá tenho duas filhas que moram nos Estados Unidos ambas tem o green card e tenho quatro netos de nascionalidade americana será que posso entrar nos USA sem ter que fazer a quarentena eu já tomei as duas doses da vacina
      Obrigado

      • Segue Viagem disse:

        Rodolfo, a informação que nós temos é que você só está liberado de fazer a quarentena em outro país se as suas filhas (ainda que tenham o Green Card e morem nos EUA) forem menores de idade, infelizmente.

        • Maria Izabel da silva neta lima disse:

          Eu Maria Izabel com minha filha e Marido temos uma viagem em dezembro dia 22/12/21

      • Tania cotrim disse:

        Tenho green card e vi que meu marido pode vir me visitar ,eu conversei com a companhia aerea e me informaram que ele teria q ter a certidão de casamento , a foto do meu green card texte pcr , passaporte valido com visto valido e so isso , sem precisar de fazer quarentena

    • Maria da Paz disse:

      Esse ano não vai ser possível
      Pegar voou direito para USA?
      Tem alguma previsão para
      Liberar a entrada de Turistas
      Sem ter que ir para o Mexico
      Ou outro país.

      • Segue Viagem disse:

        Infelizmente ainda não existe nenhuma previsão pra isso, Maria. O país, assim como diversos outros, está adotando exigências bem rígidas como uma forma de proteger a população e evitar que a COVID-19 e as novas variantes do vírus se espalhem pela região. Imagino que, quando a pandemia estiver mais controlada, a tendência é de que essas normas se afrouxem. No entanto, por ora, quem quiser ir para os States precisa respeitar este período de quarentena no México ou outro destino autorizado por eles.

        • Priscila Barbosa disse:

          Olá Bom dia ,meu pai e cidadão americano e vai precisar fazer uma cirurgia lá nos Estados Unidos porém não tem ninguém para acompanha-lo ,tenho 36 anos sou casada e moro no Brasil ,tenho visto de turista .Eu conseguiria viajar pra lá para acompanha lo na recuperação da cirurgia ,ele tem 66 anos

          • Segue Viagem disse:

            Priscila, mesmo em um caso de saúde, como este que você descreveu, você ainda precisa fazer quarentena em outro país pra poder entrar nos EUA, infelizmente 🙁

  3. Suzana Dias disse:

    Gostaria imensamente do email da Fernanda Paranhos, é possível?
    Obrigada!

    • Segue Viagem disse:

      Suzana, perdoe a demora em responder!
      Posso perguntar o motivo da solicitação do e-mail? 🙂

  4. Fatima disse:

    Oi Fernanda! Muito bom e esclarecedor esses comentários, me ajudou demais.
    Você daria um sugestão de onde passar a quarentena?
    Abraços!!
    Obrigada!

    • Segue Viagem disse:

      Que bom que você curtiu o conteúdo, Fatima!

      Alguns dos países mais indicados para passar esse período de 14 dias antes de ir para os States são: Colômbia, Costa Rica, México, Panamá e República Dominicana.

      Se você embarcar nessa aventura, depois volta aqui pra contar pra gente como foi!

  5. Leandro Isola disse:

    Boa tarde. A minha dúvida é sobre o local para “quarentena prévia”. Posso fazer os 14 dias em mais de um país? Exemplo, 7 dias na Costa Rica e 8 dias no México, total de 15 dias fora do Brasil e em dois países que hoje são aceitos pelos EUA para análise de entrada. Obrigado!

    • Segue Viagem disse:

      A principal regra é não ter passado os últimos 14 dias no Brasil ou em qualquer outro país que os Estados Unidos não permitam a entrada, Leandro. A Costa Rica e o México estão entre os destinos autorizados por eles, portanto você pode, sim, passar 7 dias em um e depois 8 dias em outro antes de seguir para os States, viu? Só não se esqueça de que cada país tem as suas próprias regras e, independentemente de qual seja o intuito da sua viagem, é preciso respeitar cada uma delas. Depois conta pra gente como foi sua aventura 😉

  6. Luis Felipe disse:

    Boa tarde! Eu sou casado com uma americana(somos casados no Brasil) e não somos casados nos EUA! Eu entraria nessas regras para poder entrar sem a quarentena???

    • Segue Viagem disse:

      Luis, neste caso você precisa entrar em contato com o consulado/embaixada mais próximo de você pra aplicar pra uma autorização de entrada. Fica a critério do cônsul autorizar ou negar o ingresso nos Estados Unidos sem a quarentena, OK?

    • Andresa disse:

      Eu sou casada no Brasil e nos eua também será que preciso autorização ou só a certidão de casamento

      • Segue Viagem disse:

        Se você é casada nos EUA você já precisa ter o Green Card ou o visto K pra poder entrar sem quarentena. Se não tiver nenhum dos dois você precisa pegar autorização no consulado, Andresa 😉

      • Bruno disse:

        Olá, muito interessante e esclarecedor. Gostaria de saber se isso vale pra visto de turismo. Muita gente tem falado que pra turista não tem nenhuma exceção. Eu tenho visto de turismo válido e estou vacinado. Se eu ficar 14 dias no México por exemplo, consigo entrar com meu visto de turismo??

        • Segue Viagem disse:

          Bruno, que bom que gostou do nosso conteúdo!

          Se você respeitar o período de quarentena, apresentar visto e passaporte válidos e teste RT-PCR com resultado negativo para COVID-19, emitido no máximo 72h antes do embarque, você tem tudo para conseguir entrar, sim.

          Não sei se você chegou a ler os outros comentários deste post, mas algumas pessoas disseram que certas companhias aéreas só estão aceitando voos para os EUA depois de 15 dias completos de quarentena, e não 14. As regras mudam bastante de um dia para o outro. Sendo assim, cheque essa informação com antecedência pra evitar qualquer tipo de imprevisto, combinado?

  7. Gilson Paranhos disse:

    Por favor, sendo brasileiro e ficando 14 dias na Colombia, preciso ainda fazer quarentena de 10 dias em Miami? Quero fazer um cruzeiro que sai de Miami.

    • Segue Viagem disse:

      Olha, Gilson, acredito que, se você ficar 14 dias na Colômbia, que é um país autorizado pelos EUA, antes de seguir para lá, não vai ter que cumprir mais nenhuma quarentena. Pelo menos é a informação que nós temos até o momento. Por que você mencionou uma quarentena de mais 10 dias em Miami? Você viu esse dado em algum lugar?

      • Vera Lopes disse:

        Boa noite,
        Moro no Brasil em Porto Alegre tenho 77 anos fiquei viúva recentemente ,tenho minha única filha que mora nos Estados já a mais de 20 anos ,tenho dois netos americanos e meu genro tb americano minha filha tem cidadania americana.Não tenho condições de passar 14 dias em um país desconhecido para mim.Gostaria de saber se existe alguma maneira de ir visita-los sem fazer quarentena .
        Obrigada

  8. MARIA ELIZABETH CAMARA DOS SANTOS QUEIROZ disse:

    Tenho uma irmã que é cidadã americana. Minha mãe teria direito visitá-la? Minha irmã tem 56 anos e minha mãe 78 anos.

    • Segue Viagem disse:

      Oi, Maria!

      Para que a sua mãe pudesse ir para os EUA sem fazer quarentena, sua irmã teria de ser menor de 21 anos. Portanto, como você disse que ela tem 56 anos, sua mãe teria de fazer essa quarentena de 14 dias em algum país autorizado antes de ir pra lá, infelizmente. 🙁

      • Loreley Garcia disse:

        Gostaria de saber se os 14 dias devem ser passados em unico país dos aceitos pelos EUA. Seria possível dividir os 24 dias entre dominicana, Panamá e costa rica? Obrigada!

        • Segue Viagem disse:

          Pode sim, Loreley. Os 14 dias não precisam ser em um único país, não. República Dominicana, Panamá e Costa Rica estão entre os países autorizados pelos EUA, então você pode dividir este período em estadas menores nessas três regiões. Só não se esqueça de cada país tem as suas próprias regras e que, independentemente do motivo da sua viagem, você precisa respeitá-las, combinado?

  9. Raul disse:

    Tem relatos de pessoas com visto de turista sendo deportados na imigração? Mesmo tendo feito quarentena, com dinheiro em mãos, passagem de ida e volta e exames/visto em dia?

    • Segue Viagem disse:

      Raul, não sabemos de nenhum relato específico sobre isso, mas o agente de imigração sempre pode negar a entrada de turistas, mesmo com visto e portando tudo o que você mencionou. Isso, inclusive, pode acontecer independentemente da pandemia. Contudo, se você estiver com tudo em dia e não tiver o que esconder, as chances de ser barrado são bem pequenas 🙂

  10. David Laniado disse:

    Olá, sou irmão de residente permanente, e sou menor de 21 anos, eu poderia entrar lá?

    • Segue Viagem disse:

      David, as exceções que os EUA fazem são somente para pais e responsáveis legais de americanos menores de 21 anos. Sendo assim, pra ir aos EUA você ainda teria que respeitar o período de quarentena em um país que não seja o Brasil, mesmo tendo um irmão que seja residente permanente, OK?

  11. Alice Germano disse:

    Minha filh e americana tem 12 anos ela pode ir aos EUA visitar a prima em julho? Ela tem autorizacao de viagem para ir desacompanhada no passaporte Brasileiro. Precisa mais algum procedimento? Ela tem passaporte americano tambem vcs podem me informar se ela pode viajar?

    • Segue Viagem disse:

      Alice, como a sua filha é americana e tem família nos Estados Unidos, ela pode ir, sim, sem ter que cumprir a quarentena de duas semanas em outro país. No entanto, ela precisa usar o passaporte americano e o ideal é que vocês entrem em contato com o consulado/embaixada mais próximo(a) pra esclarecer certinho quais estão sendo as orientações para viagens de menores desacompanhados durante a pandemia, combinado?

    • Janete soncini vicentini disse:

      Minha filha mora nos EUA tenho duas netas que tem autismo, minha filha precisa da minha ajuda,porque ela tem que trabalhar, minhas netas tem muitas terapias e precisa de ajuda.para tudo eu posso entrar já estou vacinada até comprei passagem para janeiro do.ano que vem

      • Segue Viagem disse:

        Fala, Janete! Pelo menos por enquanto, você só pode entrar nos EUA sem a necessidade de quarentena se a sua filha for menor de 21 anos. No momento, nem mesmo estar vacinada evita isso 🙁 Caso ela seja maior de idade, você precisa passar pelo menos 15 dias em algum país autorizado pelos States antes de seguir pra lá, como México, República Dominicana e Colômbia, por exemplo.

        Se tivermos alguma novidade em relação a isso vamos atualizar aqui no Segue Viagem, combinado!?

  12. Vitor Ferreira disse:

    olá boa tarde!

    Gostaria de saber se existe algum problema ficar mais de 14 dias que é o indicando pra passar a quarentena em Cancun, vou ficar 17 dias. Existe algum problema?

    • Segue Viagem disse:

      Oi, Vitor! Não encana com isso, não. Desde que você não tenha estado no Brasil 14 dias antes de chegar aos States, a quantidade de dias a mais em Cancún não interfere não. Pode viajar tranquilo 🙂

  13. Daniela disse:

    Olá, bom dia ! Tudo bem ?
    Uma dúvida, em relação aos 14 dias completos, eles contam a cada 24 horas ? Ou como é esta referencia aos 14 dias ?
    O meu marido embarcou ontem 29/06 para Cancun e chegou as 00:06hs do dia 30/06, a passagem dele para Miami está marcada para o dia 14/07.
    Será que terá algum problema na chegada ?

    Espero que possam me ajudar.

    • Segue Viagem disse:

      Oi, Daniela! Tudo bem e com você?

      Acabei de saber aqui que são 14 dias completos. Eles não contam a cada 24 horas, não. Inclusive, algumas companhias aéreas estão exigindo mínimo de 15 dias pra garantir que as pessoas não vão ter problema e vão conseguir entrar nos Estados Unidos. Há casos de passageiros que não conseguiram embarcar por questão de horas, inclusive :/

      Neste caso, acho que o melhor a se fazer é perguntar diretamente pra companhia aérea, viu?

      • michel disse:

        boa tarde a america airlaines nao deixou eu embarcar estou aqui em cancum a 15 dias falaram que so no 16 dia tomem cuidado levei um prejuizo e estou passando nervoso.

  14. Maria Virginia Muricy disse:

    Boa tarde, uma dúvida: Idosa de 84 anos, recém-viúva, mãe de residente permanente portador de green card, pode entrar nos EUA, proveniente do Brasil, sem fazer quarentena em outro país? Em caso negativo, é possível se conseguir uma autorização para tal ? De que forma ?

    • Segue Viagem disse:

      Qual é a idade da pessoa que tem o Green Card e mora nos EUA, Maria? Pergunto isso porque a entrada no país sem a realização de quarentena só está liberada para parentes diretos (como mãe/pai, marido/esposa) de cidadãos que sejam menores de 21 anos.

      As exigências de entrada no país estão bastante rígidas, então não sei dizer se eles estão abrindo exceções. Você pode tentar entrar em contato com o consulado/embaixada mais perto de onde você mora pra ver o que eles dizem. Depois se puder compartilhar aqui o que eles disseram seria ótimo! 🙂

      • Maria Virginia Muricy disse:

        sim, são maiores de 21 anos, eles tem 44 e 53 anos respectivamente mas a mãe enviuvou e não tem condições nem de permanecer sozinha no Brasil ,nem de fazer quarentena em outro país, por isso a necessidade de levá-la direto para os EUA. Vou tentar alguma informação no Consulado e informo aqui sim, acredito que possa ser uma informação útil à outras pessoas. Obrigada pelo seu retorno.

  15. Marlene Guerra Parrilha disse:

    Bom dia !!! Tenho viagem para USA para 06/08/2021, tenho 70 anos já tomei as vacinas, tem algum problema. Que preciso fazer?

    • Segue Viagem disse:

      Oi, Marlene! Para poder entrar nos EUA você terá de, antes de chegar lá, passar 14 dias completos em algum país que não seja o Brasil. Alguns exemplos são: Costa Rica, Colômbia, México, Panamá e República Dominicana. Até o momento, o fato de você já ter sido vacinada não significa que você não precise fazer quarentena, infelizmente. Eles estão abrindo pouquíssimas exceções quanto a isso (mas, é claro, muita coisa pode mudar até a data da sua viagem. As exigências adotadas pelos países mudam com bastante frequência).

      Além deste período de quarentena, você precisa ter em mãos teste RT-PCR com resultado negativo, emitido no máximo 72h antes do embarque, e preencher um documento antes do embarque. Ele pode ser encontrado aqui: https://www.cdc.gov/quarantine/pdf/attachment-a-global-passenger-disclosure-attestation-2021-p.pdf. De acordo com o site da IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo), você só não precisa apresentar o teste negativo se tiver um certificado médico que indique que você teve COVID-19 no máximo três meses antes do embarque no primeiro voo com destino ao país. Se quiser conferir todas as exigências, elas estão disponíveis (em inglês) no site da IATA: https://www.iatatravelcentre.com/world.php. É só clicar sobre os Estados Unidos que uma telinha vai abrir com todas elas.

      Depois conta pra nós como foi a sua estada nos States!

  16. Valdeci goncalves disse:

    Ola! minha esposa tem dois filhos no brasil um de 4 e 09 anos de idade, tenho a cidadania americana,eles poderiam entrar comigo nos eua sem precissar passar os 14 dias de quarentena? obrigado!

    • Segue Viagem disse:

      Olha só, Valdeci, se a sua esposa não tiver cidadania americana, ela precisa pegar uma autorização no consulado pra poder entrar nos EUA sem a necessidade de fazer quarentena. Agora, sobre as crianças, pelo o que você disse as duas são filhas dela, certo? Nesse caso, acredito que os pequenos teriam de fazer quarentena, sim. A dispensa da quarentena em outro país vale para filhos menores de idade de cidadãos americanos. Filhos de cônjuge de cidadão americano não entram na regra.

  17. Maria da pax disse:

    Eu sou Maria da paz, tenho uma como
    Cidadania Americana so que ela tem
    Mas 38 anos e faz mais de dois
    Anos que eu não nos vemos, eu
    Posso entrar nos USA sem fazer
    Quarentena em outro país
    Quero saber tbem se eles vão
    Flexibilizar para turista

    • Segue Viagem disse:

      Maria, além de cidadãos americanos e residentes permanentes, somente pais e responsáveis legais de americanos menores de 21 anos, assim como esposas/maridos de cidadãos americanos, podem entrar nos EUA sem fazer quarentena. Não ficou claro pra mim quem da sua família tem cidadania americana, mas, pra você poder visitar esta pessoa, você precisa passar 14 dias inteiros em um país que não seja o Brasil e o qual os EUA aceitem, como Colômbia, México, Costa Rica e República Dominicana, por exemplo. Beleza?! 🙂

      • Lucy Queiros disse:

        Bom Dia. Como calcular os 14 dias? Cheguei dia 02.08 em Punta Cana e sigo viagem para EUA dia 17.08. Esta bem assim ou preciso de mais um dia? Muito grata

        • Segue Viagem disse:

          Lucy, a informação que nós temos é que precisam ser 14 dias completos. Não sei a que horas você chegou no dia 02 e nem o horário que o seu avião está previsto para sair no dia 17, mas se isso significar 14 dias inteiros longe do Brasil antes de ir para os EUA acredito que tem grandes chances de não dar nenhum problema.

          No entanto, há quem diga que algumas companhias aéreas estão exigindo mínimo de 15 dias. Um leitor deixou um comentário no começo do mês passado alegando que a American Airlines só está autorizando voos no 16º dia. Neste caso, acho que o melhor a se fazer é confirmar diretamente pra empresa aérea pra não ter nenhuma surpresa desagradável, viu?

          Se puder voltar aqui depois e compartilhar o que eles disseram seria ótimo! Assim ajudamos outras pessoas que estão com a mesma dúvida!

  18. Aurélio Cardoso dos Santos disse:

    Bom dia. Foram ótimos seus esclarecimentos. Meus parabéns pelo post.

  19. Leandro disse:

    Tomei a primeira dose da vacina AstraZeneca/Oxford/Fiocruz em Porto Alegre RS.

    A segunda dose da AstraZenega está agendada para 29 de Setembro.

    Pergunta:
    – Se nessa data (29/09) eu estiver nos Estados Unidos, consigo tomar a segunda dose lá ?

    • Segue Viagem disse:

      Leandro, fui procurar uma resposta mais embasada para te passar, mas não encontrei nada. O que posso dizer é que conhecemos casos de brasileiros que foram para os Estados Unidos (depois de cumprir a quarentena de 14 dias completos em outro país) e tiveram de voltar ao Brasil para tomar a segunda dose da vacina, pois não puderam se vacinar nos States.

      Além disso, é sempre válido ressaltar que a vacina da AstraZeneca precisa de duas doses para ser completa. Então o mais indicado seria tomar a sua segunda aqui no Brasil, aguardar um período de 15 a 20 dias para o imunizante fazer efeito e aí sim viajar com segurança, combinado?

    • Milena disse:

      É obrigatório ter passagens de volta para o Brasil ou posso compra quando estiver lá

      • Segue Viagem disse:

        Não existe nenhuma lei que diga que é obrigatório ter a passagem de volta, Milena. Mas as chances de ser barrada na imigração são bem maiores se você não tiver como comprovar que pretende voltar para o Brasil. O país já é conhecido por ser bem criterioso na entrada e está adotando medidas ainda mais rígidas durante esta época de pandemia. Então, pra evitar possíveis dores de cabeça, melhor já ter o bilhete de volta em mãos, tá?

  20. Eliane disse:

    Talvez você já tenha respondido, mas … Ok, vou perguntar: meu marido tem 3 filhas, todas maiores, todas com cidadania americana. Ele pode entrar como turista? Tem que fazer quarentena em outro país? Pode fazer quarentena em hotel lá nos EUA? Ele acredita que apenas uma carta delas informando que ele irá visitá-las é suficiente? Existe isso?

    • Segue Viagem disse:

      Como as filhas do seu marido já são maiores de idade, Eliane, ele precisa, sim, fazer quarentena antes de seguir para os Estados Unidos. A entrada na região sem a necessidade de cumprir quarentena só vale para pais e guardiões legais de menores de 21 anos que sejam cidadãos americanos ou residentes permanentes. Infelizmente, neste caso, uma carta delas não seria suficiente.

      Pelo menos até o momento ele não pode, não, fazer quarentena em um hotel. Ele precisa ter estado pelo menos 14 dias completos em um país que não seja o Brasil antes de seguir para os States. Alguns dos países autorizados por eles são México, República Dominicana, Colômbia e Costa Rica. Além da quarentena, é preciso ter em mãos teste com resultado negativo para COVID-19 (RT-PCR, antígeno, NAAT ou TMA). O teste deve ter sido realizado do máximo três dias antes do embarque e deve conter o mesmo nome e data de nascimento que constam no passaporte.

  21. Verônica disse:

    Boa noite,

    Sou cônjuge de cidadão americano, casamos no Brasil e estamos em processo de green card, porém com a pandemia não agendaram a entrevista. Temos uma filha menor de idade ( 6 anos), e uma filha maior ( no caso enteada do meu marido). Por enquanto estamos com o visto de turista. Eu já fui vacinada. Sendo casada com cidadão americano podemos entrar direto nos EUA sem fazer a quarentena em outro país? e se puder tem alguma restrição na chegada lá?

    • Segue Viagem disse:

      Olha só, Verônica: como você é casada com um cidadão americano e não tem Green Card, você precisa ir até o consulado mais próximo de você pra aplicar pra uma autorização de entrada. Caso o seu pedido seja negado, você terá que fazer a quarentena em outro país.

      Sua filha menor de idade pode entrar com o seu marido, sem a necessidade de quarentena. No entanto, a outra filha (a que é enteada dele) vai precisar cumprir a quarentena independentemente de você conseguir ou não autorização, pois, além de ela ser maior de idade, ela não tem parentesco direto com o seu esposo. A regra infelizmente é essa 🙁

  22. Rebecca disse:

    Se eu estiver em uma cidade do Paraguai que faz fronteira com o Brasil, conta como quarentena? Na imigração é necessário eu provar com algo?

    • Segue Viagem disse:

      Rebecca, aparentemente o Paraguai é um país autorizado, sim, pelos Estados Unidos. Portanto, ao que tudo indica, se você passar 14 dias em quarentena lá deve conseguir entrar nos States. Só leve em consideração que o Paraguai também tem algumas exigências de entrada dos brasileiros: para começar, quem for se hospedar no país deve cumprir quarentena de 7 dias (seja em domicílio ou hotel).

      Além disso, viajantes que chegarem de avião devem apresentar teste negativo para COVID-19 (RT-PCR, NAAT e PCR-LAMP), emitido no máximo 72h antes do embarque no primeiro voo rumo ao país, e preencher um formulário on-line 24h antes do desembarque (ele pode ser acessado aqui: http://dgvs.mspbs.gov.py/webdgvs/views/paginas/vista_viajeros_nor.html). Ao término do preenchimento, um QR Code será gerado. Ele deve ser apresentado no momento da chegada ao Paraguai.

      Não sei dizer como é o procedimento de entrada via fronteira terrestre. Sendo assim, vale checar tudo isso com um agente de viagens a fim de evitar perrengues, viu? Isso vale, inclusive, pra confirmar se realmente o Paraguai é um dos países autorizados pelos EUA. As exigências de entrada estão bem rígidas e é melhor planejar tudo com cuidado 🙂

    • Verônica disse:

      Muito obrigada ☺️

  23. SAPB disse:

    Estou residindo nos EUA. Se eu sair para outro país que não o Brasil, tenho que fazer quarentena pra reentrar EUA?

    • Segue Viagem disse:

      Samuel, vai depender do tipo de visto que você tem e para onde você pretende viajar. A maioria dos vistos de trabalho/estudo foi cancelada com a pandemia, mas há algumas exceções de pessoas que puderam continuar nos EUA apesar de não serem consideradas residentes. Nesses casos, quem sair do país não vai conseguir voltar.

      A nossa dica é que você cheque as regras do CDC para o país que quer visitar: https://www.cdc.gov/.
      Já as regras referentes ao visto podem ser consultadas no site do governo norte-americano: https://travel.state.gov/content/travel/en/international-travel.html.

      Espero ter ajudado!

  24. Boa tarde.
    Eu e esposa estamos planejando em ir para Los Angeles.
    Não temos condições e tempo para passar 14 dias em outro país para assim entrar nos EUA, estou arriscando um palpite e comprei passagens para 20/12/2021 torcendo para que até lá o turismo esteja liberado, caso não, podemos remarcar para julho 2022. Vamos ver. 😉

  25. Maria disse:

    Obrigada pelas informações!! Tenho umas dúvidas específicas, talvez você possa ajudar? 🙂

    Em agosto, vou fazer quarentena na Costa Rica pra entrar nos Estados Unidos (via Miami com destino a Las Vegas.)
    Meu motivo pra ir pra lá é basicamente a vacina. (Achei que não teríamos vacina no Brasil nesse ano e acabei aproveitando uma promo de passagens.)
    Pois bem. posso dizer ao agente de imigração que a vacina é o motivo da minha viagem? Ou é melhor dizer apenas “turismo”? Acho estranho falar em fazer turismo em uma época como a que estamos vivendo 🙁

    Outra dúvida: na última vez que fiquei nos EUA, passei um ano lá, com visto de turista [pedi a extensão após 6 meses, então foi tudo dentro da lei].
    Mas será que isso pode impactar negativamente ao tentar entrar agora? Fui em 2018, voltei na metade de 2019.

    Estou bem ansiosa. Se você puder responder, agradeço muito!! <3

    • Segue Viagem disse:

      Oi, Maria! Fui checar com os nossos especialistas em América do Norte e eles disseram que não veem problema em dizer que o motivo da sua visita é para tomar a vacina na hora de passar pela imigração. As restrições que estão em vigor no momento, como a necessidade de passar pelo menos 14 dias completos em outro país que não o Brasil, são por questões de segurança, mesmo. Mas não ficamos sabendo de nenhum caso de passageiro que teve sua entrada impedida por dizer que está viajando para se imunizar.

      Sobre a sua outra dúvida, como você fez tudo dentro da lei pra poder ficar mais tempo nos States entre 2018 e 2019, você não deve ter nenhum problema para entrar no país agora, não. Além da quarentena na Costa Rica, só garanta um passaporte e visto válidos e o teste RT-PCR com resultado negativo, emitido no máximo três dias antes do embarque. Os seus dados que constarem no exame (como nome e data de nascimento) devem ser os mesmos do passaporte, viu? O exame deve apontar “não detectado” ou “negativo”. Testes com o resultado marcando “inválido” não são aceitos.

      Como as regras mudam bastante, você pode também acessar este link aqui para ficar por dentro das exigências atualizadas: https://www.iatatravelcentre.com/world.php. É só clicar sobre os Estados Unidos que uma telinha à direita vai abrir e listar todas as medidas que o país está adotando e quem pode ou não entrar, por exemplo 😉

      • Maria disse:

        Show!! Vou conseguir dormir mais tranquila depois de ler sua resposta hehe. Muito, muito, muito obrigada!

  26. Luiza Bastos disse:

    OI! Tenho um filho que mora e trabalha nos EUA. Ele tem visto de trabalho válido e trabalha em uma empresa sólida, como pesquisador, pois também se formou em Universidade Americana. Ele vindo ao Brasil para visitar os pais, poderá retornar direto para os EUA ou deverá cumprir as regras de quarentena, testes, etc…
    Desde já agradeço.

    • Segue Viagem disse:

      Oi, Luiza! Neste caso, depende muito do tipo de visto que o seu filho tem, pois alguns permitiram que algumas pessoas (mesmo as não residentes) continuassem nos Estados Unidos durante a pandemia. No entanto, nem todos garantem que a pessoa consiga reentrar no país depois de sair.

      A melhor dica que podemos dar é que o seu filho cheque as regras do CDC para o Brasil: https://www.cdc.gov/. Além disso, vale muito a pena também consultar as regras referentes aos vistos neste site do governo norte-americano: https://travel.state.gov/content/travel/en/international-travel.html.

      Espero ter ajudado!

  27. Carla disse:

    Bom dia!
    Porfavor tomei as duas doses da astrazeneca… tenho uma viagem marcada p Eua mês que vem… posso tomar a pfizer chegando lá?
    Visto que a astra não é aceita lá…
    Obrigado

    • Segue Viagem disse:

      Oi, Carla! Até onde nós sabemos, os EUA não estão exigindo nenhuma vacina para a entrada no país. A única coisa é que brasileiros precisam cumprir quarentena de pelo menos 14 dias completos em algum destino autorizado por eles, como República Dominicana, Colômbia, Costa Rica e México, por exemplo, antes de seguirem para lá.

      Além disso, garanta também um passaporte e visto válidos e o teste RT-PCR com resultado negativo, emitido no máximo três dias antes do embarque. Os dados que constarem no exame (como nome e data de nascimento) devem ser os mesmos do passaporte. O exame deve apontar “não detectado” ou “negativo”. Testes com o resultado marcando “inválido” não são aceitos.

      Como as regras mudam bastante, você pode também acessar este link aqui para ficar por dentro das exigências atualizadas: https://www.iatatravelcentre.com/world.php. É só clicar sobre os Estados Unidos que uma telinha à direita vai abrir e listar todas as medidas que o país está adotando e quem pode ou não entrar, por exemplo 😉

  28. Maria disse:

    Oiê! Voltei pra fazer mais umas perguntas, espero que você não se importe!
    Eu comprei uma passagem Brasil – Costa Rica e outra Costa Rica – Estados Unidos. São cias aéreas distintas.

    No pior dos casos, se eu tiver minha entrada negada nos Estados Unidos, eu seria mandada de volta pra Costa Rica ou para o Brasil? Pergunto pois minha passagem de volta permitiria que eu ficasse um mês na Costa Rica, caso a entrada nos EUA fosse negada.

    Outra dúvida: ter a entrada negada no país é o mesmo que ser deportado e perder o visto? Ou uma coisa é separada da outra?

    Obrigada!!

    • Segue Viagem disse:

      Oi, Maria!
      Imagina, sinta-se à vontade pra voltar quantas vezes quiser. Seu comentário é sempre bem-vindo e a gente tá aqui pra ajudar!

      Puxa, sua primeira pergunta é difícil de responder. Neste caso, acredito que o mais indicado (e até mais rápido) seja checar diretamente com a companhia aérea o que aconteceria caso a sua entrada fosse barrada (ou seja: se você teria de retornar para a Costa Rica ou para o Brasil). Se preferir, o Consulado também deve poder te ajudar com essa dúvida.

      Agora, caso você tenha a entrada negada, isso não significa que você vai ser deportada ou perder o visto, não. A menos que a negativa esteja atrelada a algum motivo muito grave, como ter ficado ilegalmente no país por um período, por exemplo. Quando alguém é proibido de entrar nos States, geralmente eles avisam se a pessoa fica com algum tipo de impedimento de entrada por determinado período de tempo ou se o seu visto será cancelado, mas, como eu disse, teria que ser algo muito, muito grave pra chegar a esse ponto.

      Aposto que a sua viagem vai ser sucesso 🙂

  29. Aline disse:

    Desculpe mas mesmo assim sigo com uma dúvida q meu pouco entendimento não permitiu entender muito bem. Tenho uma filha americana de 21 anos e familiares como mãe e irmãos bem cidadoes americanos. Posso entrar no país sem fazer quarentena?

    • Segue Viagem disse:

      Bom dia, Aline! Não tem problema, pode fazer quantas perguntas quiser. A gente tá aqui pra ajudar!

      Respondendo à sua dúvida, infelizmente não. Somente pais e responsáveis legais de americanos menores de 21 anos podem entrar nos EUA sem a necessidade de quarentena em outro país. As regras de entrada estão bem rígidas e o governo norte-americano faz pouquíssimas exceções neste sentido, pelo menos por enquanto.

  30. Renato disse:

    Se meu filho americano estiver no brasil, posso voltar sozinho sem quarentena?

    • Segue Viagem disse:

      Oi, Renato! Desculpe, não entendi sua pergunta. Você mora nos EUA e quer vir visitar seu filho aqui no Brasil, é isso mesmo?

  31. Erika Carneiro Horst disse:

    E para brasileiros em trânsito, fazendo conexão em voos para outros países? Qual é a regra?

    • Segue Viagem disse:

      Perdoe a demora em responder, Erika.

      Infelizmente as regras para conexão são as mesmas aplicadas para quem pretende passar um tempo no país. Por exemplo, mesmo neste caso você teria que passar 15 dias completos em algum destino autorizado pelos Estados Unidos antes de seguir para lá. As próprias companhias aéreas barram no país de embarque se a pessoa não se encaixa nos requisitos pra entrar na região.

  32. francisco disse:

    Bom dia, minha esposa acaba de ter um filho nos EUA. posso buscar ela e meu filho sem ter que passar pela quarentena ?? se isso for possível quais os documentos que serão necessários ou onde posso conseguir esta informação.

    • Segue Viagem disse:

      Em primeiro lugar, Francisco, parabéns pelo seu bebê! 🙂

      Um dos nossos leitores entrou em contato com o consulado para tirar uma dúvida similar e o que eles responderam foi o seguinte: se você é pai de um cidadão americano menor de 21 anos, você poderá, sim, embarcar para os Estados Unidos sem a necessidade de cumprir quarentena. Você precisa apresentar passaporte, visto válido, prova da filiação (certidão de nascimento ou outro documento oficial) e prova da cidadania do filho menor de 21 anos (cópia da página bibliográfica do passaporte americano).

      Além disso, é preciso ter em mãos teste RT-PCR negativo para a COVID-19, emitido no máximo três dias antes do primeiro ponto de embarque (ou seja, primeiro voo com destino à região), e preencher um formulário antes do embarque (ele está disponível nestes dois links: https://www.cdc.gov/quarantine/pdf/attachment-a-global-passenger-disclosure-attestation-2021-p.pdf ou https://www.cdc.gov/quarantine/pdf/Fillable-Attestation-English-p.pdf).

      Como as restrições mudam com frequência, sugiro ficar de olho no site da IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo): https://www.iatatravelcentre.com/world.php. É só clicar sobre os Estados Unidos no mapa que uma telinha vai abrir à direita com todas as informações. Outra dica é consultar um(a) agente de viagens antes de viajar, já que esse(a) profissional tem acesso a todas as infos atualizadas também e, assim, você viaja com toda a segurança!

  33. Alen Geber disse:

    Tenho filho de 3 anos (AMERICANO) que mora com a gente no Brasil, como a gente entraria (teriamos que fazer Quarentena) mandei email para o consulado e eles me responderam isso:

    Prezado(a) Sr(a). Alen,

    Agradecemos o contato com a Embaixada dos Estados Unidos.

    Informamos que se os passageiros são pais de cidadãos americanos menor de 21 anos, eles poderão embarcar para os Estados Unidos, uma vez que que a Proclamação Presidencial 10041 não impede sua entrada.

    Eles deverão apresentar o visto válido, prova da filiação (certidão de nascimento ou outro documento oficial) e prova da cidadania do filho menor de 21 anos (cópia da página bibliográfica do passaporte americano).

    Informamos que desde o dia 26 de janeiro de 2021, todos os passageiros com destino aos Estados Unidos via aérea, deverão apresentar teste de COVID-19 negativo para viajar. Ressaltamos que a Proclamação é válida até ser suspensa pelo presidente dos Estados Unidos.

  34. Pericles Luvisotto disse:

    Boa Tarde.
    Obrigado pelas dicas. Com certeza elas vao ajudar a muita gente, porem tenho uma pergunta que e um pouco fora do normal…
    Sou cidadao americano e moro nos Estados Unidos ja faz muito tempo. Minha Mae, com 88 anos mora no Brasil e nao esta podendo mais morar sozinha.
    Eu estou querendo muito traze-la para a minha casa onde ela estaria muito melhor, porem ter que passar 15 dias em outro pais nao seria possivel devido a idade e condicoes dela.
    Tem alguma maneira de poder traze-la para ca sem ter que fazer a qurentena?
    Muito Obrigado

    • Segue Viagem disse:

      Fala, Pericles!

      Bom, de acordo com as regras vigentes hoje, a sua mãe só poderia entrar nos EUA sem a necessidade de cumprir quarentena se você, cidadão americano, tiver menos de 21 anos. Agora, como tudo indica que existe uma questão de saúde envolvida, talvez valha a pena entrar em contato com o consulado ou com a embaixada pra verificar se eles abririam alguma exceção neste caso.

      Todas as informações relacionadas às restrições de entrada (bem como às exceções que o país está adotando) podem ser encontradas neste link: https://www.iatatravelcentre.com/world.php. Ele é uma das nossas bússolas no que se refere a esse tipo de informação. Caso você entre em contato com o consulado, poderia voltar aqui pra contar pra nós qual resposta eles deram? Esse tipo de dado pode ser útil pra outras pessoas também 😉

  35. jeferson disse:

    olá, vi comentários que esta sendo aceito a quarentena no Paraguai, poderia me confirmar esta informação?

    • Segue Viagem disse:

      Ao que tudo indica, o Paraguai está sim na lista de países autorizados pelos Estados Unidos, Jeferson. A gente tira como base as informações presentes no site da IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo). A última atualização foi em 03/08 e, pelo menos no que consta lá, o Paraguai não está na lista de destinos vetados pelos EUA. Se quiser dar uma olhadinha, acesse o link a seguir e clique sobre os EUA no mapa: https://www.iatatravelcentre.com/world.php.

      Se você estiver cogitando passar a quarentena por ali, lembre-se de que o Paraguai também tem algumas exigências de entrada que precisam ser respeitadas. Por exemplo, é preciso apresentar teste RT-PCR negativo para COVID-19 e preencher um formulário no máximo 24h antes do embarque (disponível aqui: http://dgvs.mspbs.gov.py/webdgvs/views/paginas/vista_viajeros_nor.html). Existe a possibilidade de ter que cumprir quarentena de 5 dias e, ao término deste período, realizar um novo teste.

      O site da IATA informa que o primeiro teste RT-PCR pode ser feito no Brasil até 72h antes do embarque. Porém, uma matéria publicada pelo G1 indica que quem quer passar mais de 24h no país pode fazer o teste na aduana e deve aguardar o resultado para ter a sua entrada liberada. Se quiser conferir esta matéria, clique aqui: https://g1.globo.com/pr/oeste-sudoeste/noticia/2021/07/22/paraguai-aumenta-controle-migratorio-para-evitar-avanco-da-variante-delta-exigencias-nao-afetam-compristas-em-cidade-do-leste.ghtml.

      De toda forma, a nossa dica é que você faça essa viagem com a consultoria de um agente de viagens, viu? Essa é a forma mais segura de viajar, especialmente neste momento em que as exigências e as restrições mudam com bastante frequência 😉

  36. leticia souza sactolao disse:

    boa tarde,
    Moro no Brasil e tenho um filho americano de 3 anos, gostaríamos de ir passear em Miami, preciso fazer quarentena?

    • Segue Viagem disse:

      Bom dia, Leticia!

      Se você é mãe de um cidadão americano menor de 21 anos, você poderá, sim, embarcar para os Estados Unidos sem a necessidade de cumprir quarentena. Você terá de apresentar passaporte, visto válido, prova da filiação (certidão de nascimento ou outro documento oficial) e prova da cidadania do filho menor de 21 anos (cópia da página bibliográfica do passaporte americano).

      Além disso, é preciso ter em mãos teste RT-PCR negativo para a COVID-19, emitido no máximo três dias antes do primeiro ponto de embarque (ou seja, primeiro voo com destino à região), e preencher um formulário antes do embarque (ele está disponível nestes dois links: https://www.cdc.gov/quarantine/pdf/attachment-a-global-passenger-disclosure-attestation-2021-p.pdf ou https://www.cdc.gov/quarantine/pdf/Fillable-Attestation-English-p.pdf).

      Como as restrições mudam com frequência, sugiro ficar de olho no site da IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo): https://www.iatatravelcentre.com/world.php. É só clicar sobre os Estados Unidos no mapa que uma telinha vai abrir à direita com todas as informações. Outra dica é consultar um(a) agente de viagens antes de viajar, já que esse(a) profissional tem acesso a todas as infos atualizadas também e, assim, você viaja com toda a segurança!

  37. Vera Lopes disse:

    Boa noite,
    Moro no Brasil em Porto Alegre tenho 77 anos fiquei viúva recentemente ,tenho minha única filha que mora nos Estados já a mais de 20 anos ,tenho dois netos americanos e meu genro tb americano minha filha tem cidadania americana.Não tenho condições de passar 14 dias em um país desconhecido para mim.Gostaria de saber se existe alguma maneira de ir visita-los sem fazer quarentena .
    Obrigada

    • Segue Viagem disse:

      Boa noite, Vera!

      Infelizmente os EUA estão abrindo pouquíssimas exceções. Você só estaria liberada de fazer a quarentena em outro país se a sua filha morasse nos EUA e tivesse menos de 21 anos.

      De toda forma, estamos sempre acompanhando as notícias. Caso algo mude (e a gente espera muito que mude pra melhor!), vamos atualizar aqui neste post, combinado?

  38. Roberta disse:

    Tenho visto B2, mas no próximo ano irei realizar parte do meu pós-doutorado nos EUA por dois meses. Será necessário a solicitação do visto de estudante? Caso afirmativo, seria o visto J? Como devo proceder para solicitar o primeiro visto para minha filha que irá me acompanhar e que ser menor de idade (4anos)

    • Segue Viagem disse:

      Roberta, se você tiver fechado a sua viagem por meio de uma agência de viagens, é melhor tirar essas dúvidas diretamente com eles. Caso este não seja o caso, o mais indicado é entrar em contato com a faculdade onde você vai estudar. São eles que devem dar as devidas instruções de visto. Digo isso porque são muuuitas regras envolvendo isso e diversas categorias de visto. Por exemplo: dependendo da carga horária e da duração do curso, o visto pode ser o de turista ou o de estudante.

      De toda forma, é sempre a faculdade ou a agência de viagens que deve informar e liberar os documentos. Isso porque, mesmo que o seu caso se aplique a um visto de turista, ainda assim eles precisam entregar a documentação correta. A mesma coisa vale para o caso da sua filha: o tipo de visto que você tiver que pegar interfere no tipo de visto da sua filha. Mas com esses dados a faculdade pode te ajudar com certeza!

  39. Ananda Moura disse:

    Olá! muito legal o site vcs.
    Gostaria de saber se consigo fazer a entrevista para o visto L1 em outro País, pois no Brasil anda em passos bemmmm lentos.

    • Segue Viagem disse:

      Que legal saber você curte o nosso conteúdo, Ananda! <3

      Esse foi o caminho que muita gente optou por seguir, mas vários destinos começaram a bloquear residentes de outros países no agendamento. Além disso, muitas pessoas passaram até 50 dias fora do Brasil tentando remarcar a entrevista e voltaram sem conseguir. De toda forma, existem algumas empresas de assessoria de vistos que dão uma força e tanto pra quem pretende tirar o visto em outro país. Essa talvez seja uma boa sugestão pra você!

  40. Fabio Buscacio disse:

    Oi Fernanda,

    Posso ir do Canadá para os EUA ? Tenho que ficar 14 dias no Canadá, para ir para os EUA, te agradeço desde já, Jesus te abençoe !!!

    • Segue Viagem disse:

      Boa tarde, Fabio!

      A reabertura do Canadá para viajantes brasileiros (e de todo o mundo) já 100% vacinados contra a COVID-19 está prevista para amanhã (07/09/2021). No entanto, por ora eles só aceitam quem tiver sido imunizado com as vacinas da Pfizer, AstraZeneca ou Janssen. Ou seja: se você tiver tomado a Coronavac ainda não tem a entrada liberada 🙁

      De toda forma, nós reunimos todas as informações relacionadas à reabertura do país aqui: https://www.cvccorp.com.br/brasileirosnoexterior/canada/. Caso você atenda a todos os pré-requisitos, pode, sim, passar os 14 dias de quarentena no Canadá antes de seguir para os EUA.

      Espero ter ajudado 😉

  41. Domingos disse:

    Esclarecedor, muito bom. Obrigado por isso.

  42. Pamella disse:

    Ola…

    minha tia avo tem 70 anos e tem passaporte americano, o filho dela e familia moram la….ela pode ir direto de Curitiba para Miami??

    com o teste PCR de 72h

    • Segue Viagem disse:

      Oi, Pamella!

      Como a sua tia-avó tem o passaporte americano ela também deve ter a cidadania americana, certo? Neste caso, ela pode viajar para os EUA sem ter de cumprir a quarentena em outro país. Se ela não tiver a cidadania, ela só fica isenta desta exigência se o filho que reside lá for menor de 21 anos.

      Deixo aqui uma dica: como as informações mudam bastante e com bastante frequência, nossa recomendação é que todas as regras sejam validadas com o Consulado/Embaixada antes de a viagem ser fechada, combinado? Dessa forma muitas dores de cabeça são evitadas 🙂

  43. Maeta disse:

    Não teria uma exceção, para visitar filha e neto😔

    • Segue Viagem disse:

      Oie! Infelizmente, no momento, a única exceção que o país abre para brasileiros não terem de cumprir quarentena é se for para visitar filhos menores de 21 anos que morem no país. Se esse for o caso da sua filha, você está liberada desse pré-requisito.

      Caso ela seja maior de idade, aí sim você terá de passar pelo menos 15 dias completos em algum outro país aceito por eles, como México, Colômbia e República Dominicana, antes de seguir viagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0