Suíça suspende requisito de teste PCR para entrada no país

A partir deste sábado (22), para entrar na Suíça não será mais necessário teste RT-PCR ou de antígeno aos(às) brasileiros(as) já 100% vacinados(as). A medida se deve à capacidade limitada de testes em alguns países. Ao mesmo tempo, a Suíça prorrogou até 31/03/2022 as medidas de proteção, mantendo obrigatório o uso de máscaras em alguns ambientes e o distanciamento social.

Afinal, para quais países brasileiros já podem viajar?

Confira as regras e sinalizações

Weggis Suica shutterstock 321847727

Tá a fim de ir para a Suíça? Então fique de olho nas exigências para entrar no país | Recorte da comuna de Weggis, às margens do Lago Lucerna, na Suíça | Crédito: Shutterstock

2G: permite somente vacinados(as) ou recuperados(as) com uso de máscara. Não é aplicável para menores de 16 anos. Cultura, lazer, esportes, restaurantes e eventos onde é necessário manter o distanciamento social, é possível sentar-se para comer ou beber.

2G+: permite apenas vacinados(as) ou recuperados(as) nos últimos quatro meses, bem como vacinados(as) ou recuperados(as) com teste negativo. Não é aplicável para menores de 16 anos. Lugares onde não é possível usar máscara, como discotecas, piscinas, bares, esportes intensos e músicos em atuação.

3G: vacinados(as), recuperados(as) ou testados(as). Eventos externos para mais de 300 pessoas.

Certificado COVID para visitantes com destino à Suíça

Desde 24/10/2021, qualquer pessoa que viaje para a Suíça e tenha sido vacinada com uma vacina aprovada pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA), cuja lista não inclui a Coronavac, pode obter um Certificado COVID suíço. Em outras palavras, este documento seria a conversão do certificado nacional ao suíço.

Suíça: o que fazer e as principais atrações deste belo país europeu

A validade do Certificado COVID, que antes era de 365 dias a partir da segunda dose, caiu para 270 dias. O documento vale em outros países da Europa.

Vacinados com Coronavac: desde 03/11/2021 o Conselho Federal anunciou que os(as) turistas vacinados(as) com Sinopharm/Sinovac (Coronavac) vão poder solicitar o Certificado COVID. Porém, ele vale por 30 dias após a data de solicitação do documento, sendo aceito somente na Suíça (ou seja: não vale em outros países da Europa).

O formulário para requerimento do certificado está disponível neste link. O prazo para o recebimento é de até cinco dias.

Documentos necessários para solicitar o Certificado COVID

  • Informações sobre nacionalidade (como cópia do passaporte).
  • Confirmação da vacinação (por exemplo, certificado de vacinação com detalhes do titular, vacinas administradas, a instituição que aplicou a vacinação e a data da vacina. O turismo da Suíça sugere a plataforma ConecteSUS, onde dá para obter o certificado digital com QR Code. Ao mesmo tempo, emite o certificado em espanhol e inglês).
  • Motivo da estada na Suíça, tempo de hospedagem e local.
  • Prova de chegada à Suíça (por exemplo, passagem aérea, passagem de trem ou reserva de acomodação).

Os documentos devem estar em alemão, francês, italiano ou inglês. Após submeter a solicitação, é preciso baixar (grátis) o aplicativo COVID Certificate por meio da App Store, Google Play Store ou Huawei App Gallery. O certificado COVID também pode ser entregue diretamente ao app.

Há a cobrança de uma taxa para cobrir os custos de emissão do certificado. Em média, o valor é de CHF 30 (cerca de R$ 177). Os certificados de cidadãos da UE são aceitos e/ou podem ser convertidos em um certificado suíço.

Um giro pelas ruas de Zurique, na Suíça

Quem recebeu duas doses da vacina (ou vacinas de dose única) nos últimos 12 meses pode entrar no país sem cumprir quarentena. As vacinas aceitas são as aprovadas pela Organização Mundial da Saúde:

  • Pfizer;
  • Moderna;
  • AstraZeneca;
  • Janssen;
  • Sinopharm;
  • Sinovac (Coronavac).

Resumo para a entrada na Suíça

Zurique Suica shutterstock 219250780

Acima de tudo, para entrar na Suíça brasileiros devem ter certificado de vacinação contra COVID-19 | Zurique, uma das cidades mais famosas do país | Crédito: Shutterstock

  • Após a segunda dose, a entrada no país pode acontecer no mesmo dia. Quem recebeu a vacina da Janssen, entretanto, deve aguardar 22 dias para embarcar.
  • A aplicação da última dose da vacina (ou dose única) deve ter sido nos últimos 12 meses.
  • Caso haja o intuito de seguir a partir da Suíça para outros países, vão valer as regras do país de destino.
  • Ao entrar na Suíça, os contatos dos viajantes serão solicitados para controle de dados.
  • Pessoas de até 16 anos acompanhadas pelos pais são isentas da comprovação de vacinação.
  • Passageiros(as) entre 16 e 18 anos não precisam apresentar o certificado, somente PCR negativo válido dentro das 72h. Por outro lado, menores de 18 anos não vacinados(as) ainda não podem entrar no país desacompanhados(as).
  • Passageiros(as) em trânsito/conexão devem verificar as regras com a cia aérea.
12 destinos na Europa que todo mundo precisa visitar
  • Para entrada de brasileiros(as) no país: basta apresentar o comprovante de vacinação juntamente com o passaporte. Necessário conter as informações: nome, data de nascimento, data da vacina, nome da vacina administrada e nome e endereço do local de vacinação. Qualquer documento válido em território nacional é aceito.
  • Para retornar ao Brasil deve-se portar teste PCR negativo (emitido em menos de 72h) ou de antígeno (menos de 24h).
  • Brasileiros(as) imunizados(as) com as vacinas aprovadas pela Agência Europeia de Medicamentos: providenciar um Certificado COVID digital.
  • Brasileiros(as) vacinados(as) com a Coronavac: solicitar o Certificado COVID. Porém, ele será válido por 30 dias de permanência na Suíça. A partir do 31º dia, no entanto, será necessário um novo teste para a aquisição do certificado: PCR negativo, emitido em menos de 72h, ou antígeno, em menos de 48h. O governo suíço criou esta página, com informações dedicadas de acordo com nacionalidade de cada turista. Importante: o governo suíço reduziu a quarentena aos positivados de 10 para 5 dias. Porém, é preciso ter em mãos teste negativo para deixar o isolamento.
Fonte: Panrotas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0