O que fazer em Belo Horizonte: 5 dicas para curtir a capital mineira

Belo Horizonte - Minas Gerais | Crédito: Luis War / Shutterstock.com

Belo Horizonte - Minas Gerais | Crédito: Luis War / Shutterstock.com

Quando a gente fala em Minas Gerais, a gente logo pensa em comida boa e em destinos cheios de história pra contar, não é? Pois a capital mineira segue a mesma linha. Por isso mesmo, a gente selecionou algumas dicas de o que fazer em Belo Horizonte e arredores. Se prepara, pois nossa listinha inclui os principais cartões-postais!

Pontos turísticos de Minas Gerais em 6 destinos imperdíveis
24 horas em Belo Horizonte

Caso esteja planejando sua primeira visita à cidade, ótimo, porque este post pode ajudá-lo a decidir o que fazer, especialmente se o tempo for curto. Mas, se você já teve a chance de conhecer a região, não desanima, não, e conta pra gente nos comentários como foi! Assim você nos ajuda a enriquecer este conteúdo e, de quebra, pode esclarecer as dúvidas de outro viajante.

Ah, atenção: confirme direitinho se os lugares estão operando normalmente devido à pandemia, OK?

1. Visitar o Inhotim

Inhotim - Brumadinho | Crédito: Shutterstock

Inhotim – Brumadinho – Minas Gerais | Crédito: Shutterstock

A soma de arte e natureza resulta em um só local: Inhotim. Idealizado pelo empresário mineiro Bernardo de Mello Paz, o endereço foi aberto na década de 1980 e reúne um extenso acervo com obras, pinturas, esculturas, desenhos, fotografias e vídeos, entre outros itens.

Agraciado ainda mais por seus formosos jardins, nele também há uma coleção e tanto de espécies raras de plantas. Vale lembrar que Inhotim fica localizado no pequeno município de Brumadinho, a cerca de 60 km de BH.

2. Circular pelo bairro da Pampulha

Complexo da Pampulha. - Belo Horizonte - Minas Gerais | Crédito: Marcelo Rosa

Complexo da Pampulha – Belo Horizonte – Minas Gerais | Crédito: Marcelo Rosa

Magníficas obras arquitetônicas são facilmente notadas por este bairro. Fruto do incansável trabalho de Oscar Niemeyer, por lá é possível admirar os mais variados edifícios nos arredores da lagoa, entre eles a Casa do Baile, o Iate Tênis Clube e o Museu de Arte.

Pampulha: reconhecimento como Patrimônio Cultural da Humanidade

Destaque para o ícone da capital mineira, a Igreja São Francisco de Assis, que combina a notável arquitetura de Niemeyer com a delicadeza e sensibilidade das pinturas de Cândido Portinari. Tudo fica ainda mais charmoso com as obras de Alfredo Ceschiatti, August Zamoyski, Paulo Werneck, José Alves Pedrosa e do paisagista Roberto Burle Marx.

3. Curtir a vibe da Praça da Liberdade

Praça da Liberdade - Belo Horizonte - Minas Gerais | foto: Clarissa Pacheco

Praça da Liberdade – Belo Horizonte – Minas Gerais | Crédito: Clarissa Pacheco

Inspirada no famoso Palácio de Versalhes, na França, a Praça da Liberdade é apaixonante, e o motivo fica por conta de seus belos jardins decorados com fontes. Rodeada por prédios como o Museu das Minas e do Metal, o Memorial Minas Gerais Vale e o Palácio da Liberdade, é considerada um dos maiores centros culturais do Brasil e é sede de um importante circuito cultural.

Para uma caminhada no final da tarde ou para admirar os astros pelo telescópio do planetário do Espaço Tim UFMG, à noite, este passeio tem tudo para se tornar inesquecível.

4. Conhecer o Mercado Central (e comer muito)

Belo Horizonte - Minas Gerais | Crédito: Divulgação / Embratur

Belo Horizonte – Minas Gerais | Crédito: Divulgação / Embratur

Feijão tropeiro, tutu, galinhada, queijo, goiabada, doce de leite, cachaça e muitos outros sabores da variada culinária belo-horizontina são atrativos imperdíveis para os turistas. O Mercado Central é parada obrigatória para provar esses deliciosos quitutes e para embarcar em uma jornada em meio aos temperos mineiros. Em funcionamento há mais de 80 anos, são mais de 400 lojas que ofertam alimentos, bebidas, artesanatos e objetos tradicionais da cultura do estado.

Belo Horizonte: experimente a gastronomia mineira

5. Dar um giro pelos museus de Beagá

Tabela Periódica - Museu das Minas e do Metal - Belo Horizonte | Crédito: Jomar Bragança

Tabela Periódica – Museu das Minas e do Metal – Belo Horizonte | Crédito: Jomar Bragança

Seja para conhecer instrumentos de trabalho de diversas profissões existentes entre os séculos 18 e 20 no Museu de Artes e Ofícios, viajar no tempo por meio das relíquias do casarão centenário que abriga o Museu Histórico Abílio Barreto ou mergulhar na modernidade e na tecnologia do acervo sobre mineração e metalurgia do Museu das Minas e do Metal, uma coisa é fato: em Belo Horizonte não faltam estabelecimentos que preservam e compartilham a história do estado e do país.

#Partiu: 8 dicas para criar seu roteiro de viagem

E aí, se animou a viajar para Belo Horizonte? Então consulte um agente de viagens! Dessa forma você garante um passeio tranquilo do início ao fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0