Arequipa: conheça as atrações desta cidade do Peru

Arequipa, a segunda maior cidade do Peru, pode ser definida pelas seguintes palavras: encantos naturais e charmosas construções coloniais. Situada no sul do país, fica entre as montanhas da Cordilheira dos Andes e aos pés dos vulcões Misti, Pichu Pichu e Chachani. A diversidade geográfica do destino é tamanha que ainda engloba dois dos cânions mais profundos da Terra: Catahuasi e Colca.

Vale Sagrado e Arequipa: dica de tour pelo Peru

Arequipa - Peru | Crédito: Viajes Pacifico

Arequipa – Peru | Crédito: Viajes Pacifico

Grande parte das construções do centro histórico foi construída com sillar, espécie de pedra branca vulcânica porosa. Daí o apelido Cidade Branca. A beleza e a importância cultural da região colocaram esta parte de Arequipa na lista de Patrimônios da Humanidade da Unesco.

1. Mirante Carmen Alto

Mirante Carmen Alto Arequipa Peru shutterstock 541120129

Vista do Mirante Carmen Alto – Arequipa – Peru | Crédito: Shutterstock

Ao deixar o aeroporto da cidade, aproveite para passar no Mirante Carmen Alto, localizado no caminho para o centro histórico. Isso porque dali se tem uma estonteante vista panorâmica de Arequipa. Se bater aquela fome, não se preocupe, porque o local ainda conta com uma lanchonete.

2. Centro histórico de Arequipa

Catedral de Arequipa – Peru | Crédito: Viajes Pacifico

Comece o passeio pela Plaza de Armas. Praticamente toda cidade de origem espanhola tem uma, sendo que às vezes ela é chamada de Praça Maior. A de Arequipa está entre as mais bonitas do Peru. O design paisagístico, as palmeiras, os bancos e os prédios que margeiam a praça complementam o charme do lugar.

Ao seu redor fica a Catedral de Arequipa. Construída em 1656, teve suas instalações originais danificadas por incêndios e terremotos, criando a necessidade de passar por reformas e revitalizações.

Do outro lado da praça fica a Iglesia de la Compañía, complexo erguido por jesuítas com propósitos religiosos e para moradia. Seu interior abriga pinturas da Escola de Cuzco e um altar dourado dedicado ao fundador da Companhia de Jesus, Inácio de Loyola, bem como a Jesus e Maria, retratados em sua estrutura. A Capilla de San Ignacio figura como o ponto alto da visita do complexo. Afinal, a imponência e os detalhes da fachada desta capela encantam não só amantes de arquitetura, mas todos que a visitam.

Mosteiro de Santa Catalina – Arequipa – Peru | Crédito: Viajes Pacifico

Ainda na região, dedique um tempinho para conhecer o Museu Santuários Andinos, já que ele é a casa da Juanita, famosa múmia de uma garota inca que foi sacrificada como oferenda aos deuses.

A construção mais icônica das proximidades é a do Mosteiro de Santa Catalina. Aberto em 1580 a fim de receber freiras, idosas e educar crianças, parece mais uma cidade. Suas dependências abrigam ruas, praças, claustros, pinturas e peças de arte sacra, por exemplo.

Arequipa: conheça o Monastério de Santa Catalina

3. Vulcão Misti

Vulcão Misti Arequipa Peru shutterstock 1738172042

Vulcão Misti – Arequipa – Peru | Crédito: Shutterstock

Para quem deseja ver o grandioso vulcão Misti mais de perto, existem passeios que levam até suas encostas. Ou seja: contrate os serviços de uma agência de viagens especializada em passeios regionais e garante assistência antes, durante e depois da aventura. Não perca essa oportunidade, pois assim você poderá guardar a imagem desse símbolo imponente por meio de fotos e lembranças.

Vem ver: dicas para organizar suas fotos de viagem

4. A culinária de Arequipa é reconhecida mundialmente

Rocoto Relleno gastronomia peruana shutterstock 306747536

Rocoto Relleno, uma das estrelas da gastronomia peruana | Crédito: Shutterstock

Além das belas construções coloniais que deram o apelido à cidade, Arequipa tem uma culinária reconhecida mundialmente. Portanto, vale a pena aproveitar a passagem pela cidade para visitar o Mercado San Camilo, repleto de barraquinhas vendendo os mais variados produtos: frutas, geleias, carnes e pães, que podem ser comprados ou mesmo consumidos nos restaurantes e cafeterias do local.

Por falar em gastronomia, que tal provar os pratos típicos da região? Veja algumas sugestões a seguir:

Rocoto Relleno: pimentão recheado com carne e queijo, acompanhado por batatas cozidas.

Solterito: salada preparada com queijo fresco, fava, cebola, azeitona, tomate e pimentão.

Pebre: sopa de cordeiro, carne de vaca e carne seca de carneiro.

Ocopa: batatas servidas com molho de queijo fresco, fava, cebola, azeitona e pimentão.

Chupe de camarões: sopa de camarões preparada com leite, ovo e especiarias.

Adobo arequipeño: carne de porco cozida e temperada com milho fermentado e especiarias.

Queso helado: sorvete à base de leite, canela, coco e especiarias.

El sanguito: doce feito de trigo, passas, mel de rapadura, leite e manteiga.

E agora, se animou a visitar Arequipa? Então consulte um agente de viagens e comece a planejar desde já a sua próxima aventura! Caso já tenha tido a chance de conhecer a região, deixe um comentário. Dessa forma você ajuda a esclarecer as dúvidas de outras pessoas 😉

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0