Por que visitar São Tomé das Letras (MG): confira 9 motivos

shutterstock 1301793100

Vista parcial de São Tomé das Letras – Minas Gerais | Crédito: Shutterstock

No sul de Minas Gerais, na Serra da Mantiqueira, existe uma cidade que atrai muitos turistas por conta de seu clima místico e estilo alternativo. Fixada a mais ou menos 1.440 metros de altitude e construída em cima de um depósito de quartzito, ela é uma excelente opção se você estiver a fim de recarregar as energias e visitar um destino diferente. Ainda não se convenceu? Então confira agora mesmo alguns motivos para visitar São Tomé das Letras.

Spoiler: muitos dos atrativos turísticos da região podem ser encontrados no Parque Municipal Antônio Rosa. São eles: Casa da Pirâmide, Cruzeiro, Pedra da Bruxa, Mirante e Toca do Leão. E todos eles estão na nossa listinha 😉

O QUE VISITAR EM SÃO TOMÉ DAS LETRAS (MG)

1. Gruta de São Tomé

Duas lendas explicam o porquê do nome. A primeira delas diz que este é o lugar onde São Tomé apareceu ao escravo João Antão em meados de 1780 e o ajudou a se libertar. A outra afirma que, na mesma época, o escravo encontrou ali uma estátua do santo. De uma forma ou de outra, a gruta é um dos principais points turísticos da cidade.

Além disso, a gruta – assim como outras espalhadas pela região – também conta com pinturas rupestres, as quais, acredita-se, explicam por que a cidade tenha “das Letras” no nome. Até hoje não se sabe ao certo como essas inscrições surgiram. Há quem acredite que elas sejam marcas deixadas por São Tomé, quando ele apareceu a Antão; há quem diga que sejam inscrições extraterrestres. Ao mesmo tempo, também já foi cogitado o fato de que sejam heranças dos índios Cataguases. Ainda que ninguém tenha uma resposta certa, vale a pena ver de pertinho.

A gruta fica bem ao lado da charmosa Igreja Matriz, do século 18. Ou seja: dá pra visitar os dois lugares em um único passeio.

2. Casa da Pirâmide

Casa da Piramide Sao Thome das Letras Minas Gerais Credito editorial Cacio Murilo shutterstock 1657229086

Casa da Pirâmide – São Tomé das Letras – Minas Gerais | Crédito editorial: Cacio Murilo/Shutterstock.com

A cerca de 500 metros da Igreja Matriz, o Parque Municipal Antônio Rosa guarda um dos principais cartões-postais da cidade: a Casa da Pirâmide. Símbolo de São Tomé, ela proporciona uma vista 360° incrível do destino. Sabe o que isso significa, né? Que dá pra tirar fotos muito bonitas dali. Para completar, é um dos lugares favoritos de todo mundo pra curtir o pôr do sol. Inclusive, quem chega com antecedência consegue se sentar no topo do monumento e assistir ao entardecer de camarote. A construção é bem simples e costuma reunir vários artistas locais.

3. Cruzeiro

Ponto mais alto da cidade, o Cruzeiro é outra opção perfeita para curtir o pôr do sol (e o nascer também, aliás), bem como se deliciar com o céu estrelado. Portanto, é ideal para se reconectar com o universo e captar toda a energia da natureza. Pra qualquer lado que você olhar, vai se deparar com uma vista panorâmica. Só não se esqueça de levar um casaco para não passar frio à noite, OK?

Existem alguns barzinhos por ali, que tocam muita música boa e ajudam a manter a vibe tranquila. Dica: o Morro do Cruzeiro fica muito próximo da Casa da Pirâmide, no Parque Municipal Antônio Rosa.

4. Igreja Nossa Senhora do Rosário

Igreja Nossa Senhora do Rosario Sao Thome das Letras Minas Gerais Credito editorial Karina ka fotos shutterstock 1437417788

Igreja Nossa Senhora do Rosário – São Tomé das Letras – Minas Gerais | Crédito editorial: Karina ka fotos/Shutterstock.com

Também conhecida como Igreja de Pedra, ela data do início do ano de 1833 e foi construída pelos escravos que não podiam frequentar as missas. Logo, seu objetivo pode ter sido servir como palco para a prática de ritos africanos. Foi somente em 1995 que se tornou uma igreja católica. A construção, erguida sem argamassa, foi feita com as pedras São Tomé, que se encaixam perfeitamente umas nas outras. Isso contribui para que a fachada chame bastante a atenção, então dedique um tempinho para observá-la com calma.

5. Cachoeira Paraíso + Cachoeira Véu da Noiva

shutterstock 1309301791

Cachoeira Eubiose – São Tomé das Letras – Minas Gerais | Crédito: Shutterstock

Que tal curtir duas cachoeiras em um único tour? Essa dupla é um encanto só. A Cachoeira do Paraíso conta uma faixa de areia perfeita para relaxar ouvindo o som da queda d’água. Apesar da água geladinha, é boa para crianças, visto que é bem tranquila. Já a Véu da Noiva exibe uma queda d’água maior e tem um poço fundo ideal para nadar e mergulhar. As duas ficam no mesmo complexo e, para chegar até elas, é preciso fazer uma trilha simples.

Se você quiser recarregar as energias durante uma viagem a São Tomé das Letras, não pode deixar de conhecê-las! No entanto, se não estiver com o roteiro muito apertado, a dica é visitar também as outras cachoeiras da cidade. Anote aí alguns nomes: Shangri-lá, Antares, Vale das Borboletas, Eubiose e a Cachoeira do Flávio.

6. Gruta do Carimbado + Ladeira do Amendoim

Acima de qualquer coisa, estes são mais dois pontos turísticos que ficam bem pertinho um do outro: 450 metros os separam.

A Gruta do Carimbado é um dos lugares mais místicos da região. Afinal, talvez você já tenha ouvido uma das lendas mais famosas da cidade, que afirma que a gruta conduz até Machu Picchu, no Peru. Ninguém descobriu se isso é realmente possível, uma vez que nunca chegaram até o fim da caverna, pois em um dado momento ela fica tão estreita que impede a passagem. Curioso, né? Embora a gruta seja de fato imperdível, o acesso aos turistas está vetado por questão de segurança.

Já a Ladeira do Amendoim ficou famosa por um fenômeno bem inusitado: carros desligados e deixados no ponto morto sobem o morro sozinhos. Eita, como é!? Sim, é isso mesmo! Guias turísticos atrelam isso ao forte magnetismo que paira sobre São Thomé das Letras, ao passo que muitos místicos alegam que a cidade seja um dos sete pontos de energia do planeta.

7. Pedra da Bruxa

Pedra da Bruxa Sao Tome das Letras Minas Gerais shutterstock 1612269562 2

Pedra da Bruxa – São Tomé das Letras – Minas Gerais | Crédito: Shutterstock

Outra atração que fica no Parque Municipal Antônio Rosa, a Pedra da Bruxa nada mais é do que uma formação rochosa. Ela leva esse nome porque muita gente, ao vê-la, acredita que ela lembre a face e a silhueta de uma bruxa. Com 1.309 metros de altura, é mais uma opção para quem quer um cantinho privilegiado para ver o céu e a paisagem ao redor. Só tome muito cuidado quando estiver lá em cima, combinado? O vento forte pode te fazer perder o equilíbrio.

8. Toca do Leão

Por falar em formação rochosa, aqui vai mais uma pra conhecer: a Toca do Leão. Perto de um campo de futebol, a gruta também descortina uma vista bem ampla de São Tomé das Letras. Quem quiser pode caminhar até o local pelo Parque Municipal Antônio Rosa.

9. Mirante de São Tomé das Letras

São Tomé das Letras não decepciona quem gosta de fotos panorâmicas, daquelas que revelam sem inibição a extraordinária beleza da região. Pois é exatamente isso que o Mirante oferece. Quem quiser pode aproveitar o silêncio e a paisagem para meditar, inspirado pelo bem-estar que a vista de lá proporciona e por toda a espiritualidade que toma conta do destino.

Pontos turísticos de Minas Gerais em 6 destinos imperdíveis

Sao Tome das Letras Minas Gerais Credito editorial Murilo Mazzo shutterstock 1684591180

Vistas panorâmicas: um dos pontos fortes de São Tomé das Letras – Minas Gerais | Crédito editorial: Murilo Mazzo/Shutterstock.com

E você, já teve a chance de visitar São Tomé das Letras? Então não perca tempo, não, e conta pra gente como foi! Dessa forma você acaba tirando as dúvidas de outras pessoas. Agora, caso esteja planejando viajar pra lá em breve, consulte um agente de viagens. Mesmo porque ele pode te ajudar com todas as dúvidas e te oferecer toda a assistência.

5 Comentários

  1. Fotos Incríveis. Em São Thomé das Letras há muito o que fazer, incluindo a visitação nas cachoeiras. Meu nome é Adi Barbosa e venho compartilhar a publicação em que apresento as 12 cachoeiras da cidade de São Thomé das Letras : https://saothomedasletras.net/sao-thome-das-letras-cachoeiras-12-cachoeiras-incriveis/ – Se você ainda não conhece a cidade, então precisa ver o que te espera no parque municipal: https://saothomedasletras.net/parque-municipal-antonio-rosa-em-sao-thome-das-letras/ – Também compartilho um post sobre o que fazer: https://saothomedasletras.net/o-que-fazer-em-sao-thome-das-letras/ Agradeço a gentileza, estou à disposição para parceria e que todos sejam bem-vindos. Obrigado!

  2. Fábio José kawecki disse:

    SÃO THOMÉ DAS LETRAS – MG

    Alimentação varia de 15 o prato feito a R$ 60,00 o Kiko

    Camping do Delei R$ 30,00 por cabeça

    GRÁTIS – Pirâmide, Portal dos Ventos, Gruta do Leão, Gruta de São Thomé, Cachoeira do Flávio, Cruzeiro, Poço Verde, Ladeira do Amendoim, Pedra da Bruxa, Mirante, Parque Municipal Antônio Rosa, Portal do Guardião, Toca da Pedra Furada, Pedra do Disco.

    R$ 5,00 por cabeça – Cachoeira Vale das Borboletas + Poço dos gnomos, ambas com acesso para cadeirantes.

    R$ 10,00 por cabeça – Cachoeira da Eubiose, Cachoeira Garganta do Diabo, Cachoeira das Bromélias, Cachoeira São Thomé, Cachoeira da Lua.

    R$ 15,00 por cabeça – Cachoeira Antares + Cachoeira Paraíso + Cachoeira Véu da Noiva.

    R$ 20,00 por cabeça – Gruta do Labirinto + Poço das Esmeraldas com guia incluso.

    R$ 20,00 o carro – Portal do Sol + Poço Secreto.

    R$ 40,00 por cabeça – deGruta de Sobradinho com guia + Cachoeira de Sobradinho + Clube com piscinas e jogos

    Espero ter ajudado os viajantes.

  3. simoni disse:

    A cidade e as cachoeira esta liberada

    • Segue Viagem disse:

      Simoni, tentei entrar em contato com a Prefeitura para obter dados atualizados e ninguém atendeu. Se você quiser tentar, o número é esse aqui: (35) 3237-1223.

      Uma das matérias mais recentes que eu encontrei sobre a reabertura da cidade foi uma publicada pelo G1 em 11/06/2021. O texto dizia que só estava permitida a entrada de turistas com reserva em algum hotel ou pousada (ou seja, passeios de um único dia estavam vetados) e que os restaurantes podiam ficar abertos até as 21h. Caso queira ler a matéria na íntegra, ela pode ser acessada por meio deste link: https://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2021/06/11/sao-tome-das-letras-adota-restricoes-para-entrada-de-turistas-e-ocupacao-deve-ser-de-25percent-em-hoteis.ghtml.

      Se você estiver planejando uma viagem pra lá para um futuro próximo, consulte um(a) agente de viagens, viu? Esse(a) profissional pode te ajudar bastante, seja com indicação de roteiro, seja com informações atualizadas sobre eventuais restrições 😉

  4. Cristhian disse:

    Linda cidade. 3 dias é suficiente para desfrutar de sua beleza!! Recomendo antes de mais nada arrumar um bom carro (de preferência um 4×4 pois tanto a cidade como o passeio nos arredores castigam a suspensão), visitar o mirante (Pirâmide), a gruta de sobradinho (Top+), as cachoeiras Antares, Vale das Borboletas, aproveitem também a boa culinária que é muito boa e com preço popular. Visitei o restaurante Escapulário e recomendo muito pelo atendimento e comida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0