Dicas para viagens inesquecíveis com os avós

Caia na estrada com os seus avós | Crédito: Shutterstock

Caia na estrada com os seus avós | Crédito: Shutterstock

Caia na estrada com os seus avós | Crédito: Shutterstock

Caia na estrada com os seus avós | Crédito: Shutterstock

Avós são aquelas pessoas que fazem os dias serem mais leves e transformam a vida em algo bem mais doce. Conviver com eles é, sem dúvida alguma, uma sorte e uma alegria imensas. Também conhecidos como pai e mãe com açúcar, eles merecem todo o amor do mundo. Para comemorar e agradecer por sua presença, carinho e mimo, o que acha de levá-los para viajar?

Destinos para curtir na melhor idade
4 destinos para curtir com os avós

Caso goste da ideia, saiba que existem pontos muito relevantes para garantir não somente a diversão, mas também a segurança dos nossos vovozinhos. A fim de ajudar você nesta missão regada a muito amor, o Segue Viagem levantou alguns tópicos importantes a serem levados em consideração.

6 dicas para viagens com os avós 

1. Primeiramente: escolha bem o destino

Montevidéu - Uruguai | Crédito: Shutterstock

Montevidéu – Uruguai | Crédito editorial: Ivo Antonie de Rooij/Shutterstock.com

Tem muito idoso com pique a mil, mas é essencial prestar atenção em algumas características do local para onde vocês pretendem ir. Priorize lugares com facilidade de deslocamento, sem muitas conexões aéreas e evite ao máximo voos longos. Independentemente do destino, deixe um cartãozinho com seus avós contendo seus contatos e endereço do hotel. Caso eles se percam, saberão como encontrar você.

O que fazer quando chegar ao aeroporto: confira o passo a passo

Uma sugestão de destino internacional que pode atender a todas as expectativas e garantir a tranquilidade é Montevidéu, no Uruguai. A capital deste nosso país vizinho entende o “portunhol” muito bem, permite passeios pela rambla (calçadão) e é um prato cheio para quem se interessa por gastronomia. No Brasil, Caldas Novas (GO) é ótima para relaxar nas águas termais, enquanto Fortaleza (CE) conquista o coração dos avós que curtem sol e mar, esbanjando opções de entretenimento para toda a família. Lembre-se: seja dentro ou fora do país, nossos avós precisam de um tempo um pouco maior para recarregar as energias.

2. Providencie aquele check-up e não se esqueça de colocar os remédios na mala

Crédito: Shutterstock

Crédito: Shutterstock

 

 

Antes de embarcar para qualquer aventura, acompanhe-os em uma consulta com o médico de confiança da família. É preciso saber se eles podem ou não fazer uma viagem longa, se podem ficar muito tempo longe de casa e quais remédios são indispensáveis. Além das medicações contínuas, é possível montar um kit saúde para tratar dores de cabeça e estômago, por exemplo. Mas sempre sob a orientação e prescrição de um profissional! Outra dica: tenha sempre uma garrafinha de água por perto para mantê-los hidratados.

Como levar remédios em viagens de avião?

3. Não dispense o seguro-viagem

Seguro-viagem: garanta uma aventura mais tranquila e sem preocupações | Crédito: Shutterstock

Seguro-viagem: garanta uma aventura mais tranquila, assim como sem preocupações | Crédito: Shutterstock

Por precaução, o ideal é contratar um seguro-viagem para ter um passeio mais tranquilo, sobretudo no que diz respeito a atendimento hospitalar, caso necessário. Para essa missão, o agente de viagens é mais do que indicado e pode ajudar a escolher o plano ideal para vocês. Em outras palavras, não deixe de falar com ele, OK?

4. Ajude a fazer a mala

Tudo que você precisa saber sobre a sua bagagem | Crédito: Shutterstock

Crédito: Shutterstock

Vovós e vovôs adoram levar um monte de coisas na bagagem de mão e, a fim de evitar problemas com algum objeto que não seja permitido no embarque, que tal ajudá-los a separar direitinho o que podem ou não levar? Desta forma, os pertences essenciais não correm o risco de ficar para trás. Por fim, não se esqueça, também, dos sapatos confortáveis e de um casaquinho para evitar que peguem friagem.

5. Calcule mais tempo e faça um pit stop

Como já comentamos, eles levam um pouco mais de tempo para se recuperar de longas jornadas, então calcule um período de descanso maior entre uma atração e outra, faça as coisas sem pressa e programe menos atividades para o dia. Considere, ainda, a locomoção, assim não passará por nenhum perrengue com horários.

Saúde: viajar faz bem na terceira idade; descubra os motivos

Entre um point e outro, é bom fazer uma pausa para tomar um café, um suco bem como admirar alguma paisagem. Estes momentos são fundamentais para respirar e relaxar. À noite, vale jantar no próprio meio de hospedagem, pois assim podem se preparar fisicamente para mais um dia de passeios e diversão.

Como você já está a par de todos os cuidados, agora chegou a melhor parte: procurar um agente de viagens e começar a planejar um passeio especial. Isso porque essa é a melhor maneira de se livrar de muitos perrengues!

Ah, e depois volte aqui pra contar pra gente como foi, viu? Assim você ajuda a esclarecer as dúvidas de outras pessoas 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0