Bolívia: conheça 7 atrações ao ar livre no país

Parte da lista de países reabertos para os brasileiros, a Bolívia tem muito a oferecer, sobretudo para quem gosta de explorar novos lugares. Ah, nunca parou para pensar nisso? Então se liga só no que você encontra por lá: deliciosa gastronomia, lindos destinos, atrativos históricos, excelentes hotéis e paisagens naturais memoráveis. Falando nisso, que tal começar o tour por alguns de seus espetaculares points ao ar livre? Mesmo porque não existe nada melhor do que o contato com a natureza, ainda mais em um momento como o que estamos vivendo, né? Veja a seguir!

Reabertura da Bolívia: requisitos exigidos para entrar no país

1. O celestial Salar de Uyuni

Crédito: Shutterstock

Salar de Uyuni – Bolívia | Crédito: Shutterstock

Planície feita de sal, este deserto na Bolívia proporciona uma experiência que beira o surreal. Uma maravilha e tanto da natureza, este autêntico mar de sal tem 12 mil km² e fica a 3,6 mil metros de altitude. Por lá também estão as lagoas Verde e Colorada, bem como o vulcão Licancabur e a ilha Incahuasi, onde repousam cactos seculares e gigantescos.

Durante a estada, aproveite os dias chuvosos para admirar a paisagem criada por meio de uma ilusão de ótica. Isso porque nesses dias o céu é refletido no chão, fator que faz com que o visitante pareça estar andando nas alturas. Afinal, um espelho d’água na maior planície de sal do mundo: definitivamente vale a pena!

2. Lago Titicaca

shutterstock 1093032950

Vista panorâmica do Lago Titicaca e da cidade de Copacabana – Bolívia | Crédito: Shutterstock

Uma das principais atrações da Bolívia, o Lago Titicaca é um dos maiores do mundo em extensão e o curso d’água navegável mais alto do planeta. Localizado em uma região sagrada para os Incas e a aproximadamente 140 km de distância de La Paz, esse point é maravilhoso e tem uma escadaria que proporciona uma das mais belas vistas do país. Ou seja, não se esqueça de levar sua câmera, viu? Se você já foi para o Peru e o nome parece familiar pra você, você não está maluco: o lago fica na Cordilheira dos Andes, bem na fronteira entre os dois países.

3. Sajama National Park

shutterstock 1581670813

Sajama National Park – Departamento de Oruro – Bolívia | Crédito: Shutterstock

Situado no Departamento de Oruro, o Sajama National Park apresenta espetaculares paisagens vulcânicas. Entre elas, destaque para a do vulcão Sajama, que também é a montanha mais alta da Bolívia, somando mais de 6,5 mil metros, assim como para o Payachatas, complexo com dois vulcões ativos que ficam perto da fronteira com o Chile – aliás, o Sajama faz fronteira com o Parque Nacional Lauca, no país vizinho. Além disso, o local exibe incríveis piscinas naturais de águas quentinhas. Uma delícia, não é mesmo?

4. Forte de Samaipata

Historia e muito ar livre Forte de Samaipata Bolivia shutterstock 1435100420

História e muito ar livre: Forte de Samaipata – Bolívia | Crédito: Shutterstock

Próximo de Santa Cruz de La Sierra e membro da lista de Patrimônios Mundiais da UNESCO, o Forte Samaipata é, de fato, inesquecível. Uma das principais atrações históricas do país e também chamado de “El Fuerte”, ele conta com vestígios de diversas civilizações antigas e é um sítio arqueológico muito bem sinalizado. Anote essa curiosidade: por lá você encontrará a maior pedra talhada do mundo.

5. Valle de La Luna

Valle de La Luna Bolivia shutterstock 1236923674

Valle de La Luna – Bolívia | Crédito: Shutterstock

A pouco mais de 10 km do centro de La Paz fica o Valle de La Luna. Ele leva esse nome devido às suas formações rochosas, que lembram demais o solo lunar. Os números são impressionantes: são mais de 3,5 mil km de extensão e 3,1 mil metros de altitude. O tour pelo local permite ficar frente a frente com a flora e fauna andinas e com diversas erosões – tudo isso tendo a flauta tocada pelo guia como trilha sonora. O som, em conjunto com as paredes rochosas, gera um efeito acústico pra lá de diferenciado.

6. Tiwanaku

Porta do Sol Tiwanaku Bolivia shutterstock 1570939807

Porta do Sol – Tiwanaku – Bolívia | Crédito: Shutterstock

Outro sítio arqueológico da Bolívia, o Tiwanaku é um dos pontos turísticos mais importantes do país e é lotado de resquícios da civilização Inca. Tá a fim de saber o que vai ver por ali? Pois guarde bem esses nomes: Pirâmide de Akapana, Porta do Sol e Templo Submerso. Por fim, perto das ruínas também estão o Museu Nacional de Arqueologia de Tiwanaku e o Museu Lítico.

7. Camino a los Yungas 

Camino a los Yungas Bolivia shutterstock 1841495710

Camino a los Yungas, também chamada de Estrada da Morte – Bolívia | Crédito: Shutterstock

A pedida do momento é por adrenalina? Joia! O Camino a los Yungas é, portanto, a escolha perfeita. Estrada estreita e com trechos com mais de 3 mil metros de altitude, ela une as regiões de La Paz e Yungas. Também chamada de “rota da morte”, ela é considerada a estrada mais perigosa do mundo, então fique bem atento, combinado? Quer saber o que é possível admirar no percurso? Nada mais, nada menos do que a Cordilheira dos Andes e as riquíssimas fauna e flora locais.

Vem ver: saiba como evitar o mal de altitude

E você, já teve a chance de conhecer esses lugares na Bolívia? Se a resposta for sim, conta pra gente nos comentários, nós vamos amar ficar por dentro da sua experiência! Além disso, você também estará ajudando outros viajantes que pretendem fazer uma viagem parecidas. Agora, se estiver planejando embarcar em breve, não deixe de contar com a ajuda de um agente de viagens, viu? Assim você garante segurança e assistência do começo ao fim do passeio!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0