24 horas em Santiago do Chile

Blog Segue Viagem
|
Santiago – Chile | Crédito: Pixabay

Seja a lazer, a trabalho ou por conta de uma escala, a passagem pela linda e histórica capital chilena rende um ótimo dia de passeio, contemplando paisagens exuberantes, os irresistíveis sabores locais e promovendo uma imersão na cultura do país. Neste post sugerimos como curtir um dia inteiro em Santiago. Veja:

Um tour pelo centro histórico de Santiago, no Chile
Conheça Santiago visitando seus pontos históricos
Santiago e arredores: as casas de Pablo Neruda
Bleisure: uma esticadinha na viagem a trabalho

9h – Cerro San Cristóbal, no Parque Metropolitano de Santiago

Comece o dia em meio a um agradável cenário com vista panorâmica da cidade. Para chegar ao topo da colina San Cristóbal, os visitantes têm três opções: trilhas arborizadas, o funicular (espécie de bondinho) que sai do terminal na Calle Pio Nono, 450, e, por fim, o teleférico, na entrada Pedro de Valdivia do parque.

Como os trajetos feitos pelo funicular e teleférico são diferentes, é possível subir de funicular, ficar um tempinho no topo da colina, fazer o trajeto ida e volta do teleférico e descer utilizando o funicular novamente, por exemplo. Assim, além de explorar toda a área do parque, dá para chegar e ir embora pelo mesmo portão.

12h – Bellavista

Colorido, arborizado e repleto de restaurantes, este encantador bairro de Santiago está localizado próximo ao Parque Metropolitano e figura como uma ótima alternativa para a hora do almoço. Um pátio que leva seu nome ocupa todo um quarteirão, e sua estrutura moderna e descolada abriga variados restaurantes, barzinhos, cafeterias, doçarias e sorveterias. Fora a oferta gastronômica, o lugar conta com lojas comercializando artigos de vestuário e souvenires e sedia exposições de arte e eventos de dança e música.  

Também fica em Bellavista, a poucos passos do pátio, uma das três casas onde viveu o celebrado poeta chileno Pablo Neruda. Batizada de “La Chascona”, apelido da mulher de Neruda, a propriedade tem fachada azul e é cercada por árvores.

15h – Centro histórico

Tire o começo da tarde para conhecer a Praça das Armas, o coração de Santiago. A região é o endereço da linda Catedral Metropolitana; do Museu Histórico Nacional, que por fora encanta pela arquitetura e, no interior, guarda um grande acervo da história do país, e do imponente Palacio de La Moneda, sede do Poder Executivo. Então siga para o Cerro Santa Lucía, um parque gostoso para aproveitar os momentos que antecedem o anoitecer.

19h – Lastarria

Ruas curtas, curvas e arborizadas compõem a paisagem do charmoso Lastarria. A rua que dá nome ao bairro e suas travessas concentram diversas cafeterias, bares, restaurantes e até mesmo uma franquia da famosa sorveteria Emporio la Rosa, na Calle Merced. Ou seja, por ali você faz uma refeição completa – jantar, sobremesa e cafezinho – em meio a um cenário cool e aconchegante.

E você, já esteve de passagem por Santiago? Conta pra gente o seu roteiro! Ficou com vontade de estender a viagem? Neste guia da cidade você encontra outros passeios e pontos turísticos.

  1. Cinthia há 1 ano atrás

    Vi aqui a dica do Emporio La Rosa e achei muito válida: o sorvete é demais, vale a pena passar por lá.


Escrever Comentário

Com um agente de viagens, faça chuva ou faça sol, a sua tranquilidade é garantida.

Véspera de férias? Então bora dormir tranquilo, com a certeza de que o seu aéreo, reservas em hotéis e serviços estão confirmados.

Veja Mais

Os agentes de viagens estão aqui pra te ajudar a ter a viagem dos sonhos com a tranquilidade que você merece ;)

Veja Mais