Argentina flexibiliza requisitos de entrada para residentes e brasileiros

Buenos Aires Argentina shutterstock 164594810

Buenos Aires Argentina shutterstock 164594810

Buenos Aires Argentina shutterstock 164594810

Vai ficar ainda mais fácil de ir para a Argentina, agora que o país retirou a exigência de portar RT-PCR negativo e quarentena. Mas isso só vale para quem já se vacinou contra a COVID-19 | Buenos Aires, a capital da Argentina | Crédito: Shutterstock

*Com informações do Ladevi

O governo da Argentina anunciou que vai flexibilizar os requisitos de entrada no país a partir de sábado (29). Em outras palavras, argentinos(as) e residentes que tenham completado a imunização contra a COVID-19 até 14 dias antes da chegada ao país não terão de apresentar RT-PCR negativo e nem cumprir quarentena. A medida também vale para turistas de países vizinhos, como no caso do Brasil.

Afinal, quais são as exigências para entrar na Argentina? Confira aqui
Roteiro de 1 dia em Buenos Aires: o que fazer na capital da Argentina

Por outro lado, quem não tiver calendário vacinal completo deve portar teste RT-PCR negativo, realizado até 72h antes do embarque, ou, então, teste de antígeno, até 48h antes. Todos(as) devem ter seguro-viagem que cubra serviços em caso de COVID-19. Em contrapartida, turistas de países mais distantes devem apresentar o resultado negativo mesmo com esquema vacinal completo.

Em relação à reabertura de cruzeiros na Argentina, foi estabelecido que o navio deverá ficar em quarentena com isolamento de todos(as) os(as) viajantes e tripulantes em casos positivos a bordo.

No começo do mês, o país já havia anunciado alterações na entrada de estrangeiros(as).

Fonte: Panrotas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0