Vamos falar sobre Santos!

Entre a serra e o mar, Santos surge intimamente ligada à história do Brasil. Hoje, passados anos desde sua fundação, as ruas de paralelepípedo do centro histórico da cidade narram os passos dessa longa jornada por meio dos charmosos prédios situados ali – alguns de importância incontestável, feito o prédio da Bolsa do Café, atualmente sede do Museu do Café.

Além dele, destacam-se a Casa da Frontaria Azulejada e sua graciosa fachada, o Teatro Guarany, a Cadeia Velha e o Pantheon dos Andradas, lugar onde estariam os restos mortais de José Bonifácio, nome importante na luta pela Independência do Brasil, e de seus irmãos, Antônio Carlos, Martim Francisco e Padre Patrício Manuel. A praça que leva o nome de Bonifácio tem o Monumento Filhos de Bandeirantes em seu ponto central, e é ladeada pela Catedral de Santos e o Teatro Coliseu.

Pegue um bondinho e reviva a história de Santos
Dica do viajante: Santos, por Vivian Damasceno
Santos, a cidade do futebol

O centro histórico fica aos pés do Monte Serrat, um dos pontos turísticos mais emblemáticos do destino. Para chegar ao seu topo, a 150 metros de altura, há uma espécie de bondinho, do qual se aprecia uma linda vista durante os quase cinco minutos de subida.

Do alto, um antigo cassino e o Santuário de Nossa Senhora do Monte Serrat, padroeira da cidade, observam o cotidiano do destino. O espetáculo natural do sol poente se torna ainda mais belo quando presenciado do monte. É a oportunidade de contemplar a cor alaranjada dos raios de sol dar outro tom ao panorama, curvas e contornos do município.

Recheado de histórias, o Monte Serrat também tem importância histórica para a cidade. Dizem que ele servia de refúgio para a população durante os ataques piratas. Em uma dessas ocasiões, os invasores acabaram soterrados, um milagre atribuído à padroeira. Quando o cassino era ativo, figuras como Júlio Prestes e Carmem Miranda frequentavam o local.

A uma curta distância da orla, o orquidário reserva momentos tranquilos e de contato com a natureza. São aproximadamente 3.500 orquídeas de 120 espécies e 500 animais de 70 espécies encontrados dentro do seu perímetro. Assim, não é de se estranhar que ao circular por suas dependências, pavões, tartarugas e outros bichos, cruzem o caminho dos visitantes.

Por último, mas definitivamente não menos importante, as praias. Como destino litorâneo, é comum associá-lo a dias repletos de banho de sol e de mar. Mas a orla conta com uma característica para lá de especial: um jardim com mais de 5 mil metros de comprimento e largura entre 45 e 50 metros embelezando seu calçadão. Maravilhoso, não?

Desde uma imersão na história do Brasil, passando por pontos turísticos encantadores, a um mergulho de água salgada, há muito que se ver e fazer na cidade.

E aí, partiu?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0