Um giro por Natal: além das praias do Rio Grande do Norte

Forte dos Reis Magos - Natal - Rio Grande do Norte

Forte dos Reis Magos – Natal – Rio Grande do Norte | Crédito: Shutterstock

Recortada pelo Rio Potengi e banhada pelo Oceano Atlântico, Natal é ensolarada, exuberante e diversa. Por isso, no aniversário da capital potiguar, escolhemos dar um giro pela cidade e falar sobre as variadas atrações que ela oferece.

#PartiuNatal!

Entre os estados brasileiros mais próximos da Europa, o Rio Grande do Norte e sua localização estratégica foram disputados por portugueses, franceses e holandeses. Dessa história permanecem alguns registros, como o Forte dos Reis Magos, em Natal.

Três dias em Natal, capital do Rio Grande do Norte
Natal: um point chamado Ponta Negra

Construção mais antiga do estado, a fortaleza começou a ser levantada pelos portugueses em 1598 e levou quase 30 anos para ser concluída. Esta edificação foi testemunha da invasão dos holandeses e da retomada do domínio luso. Mas para além da história, o ponto turístico chama atenção pela arquitetura, que faz lembrar uma estrela, e pela paisagem que o cerca. Está localizado em uma ponta da cidade, no encontro dos já mencionados Rio Potengi com o Oceano Atlântico.

Ali perto, a Ponte Newton Navarro proporciona uma apaixonante vista do Rio Potengi, das praias e das famosas dunas de Genipabu.

O Centro de Turismo de Natal fica a curta distância – cerca de dez minutos de carro – da ponte e sedia lojinhas de artesanato, uma galeria de arte exibindo obras potiguares e, nas noites de quinta-feira, é palco do Forró com Turista. O evento é uma celebração dos ritmos e tradições do estado e recebe nativos e viajantes ao ritmo de forró pé de serra, xote, xaxado, baião e com a sagacidade do repente.

Dali, o acesso à Arena das Dunas, estádio projetado para a Copa do Mundo de 2014, é facílimo. Pensada para receber variados eventos, sua estrutura é curva e representa as lindas e célebres dunas do Rio Grande do Norte.

O centro histórico da cidade abriga os belíssimos Teatro Alberto Maranhão, o Palácio Felipe Camarão (sede da prefeitura) e a Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos.

O Parque Dom Nivaldo Monte ocupa uma grande área verde sobre dunas, perfeito para passeios agradáveis e para praticar atividades como caminhada e ciclismo. Mas seu maior chamariz fica por conta do mirante de 45 metros de altura assinado por ninguém menos que Oscar Niemayer.

Nos períodos da manhã e da tarde, a badalada praia de Ponta Negra é destino certo para um dos melhores banhos de mar da cidade. Com a chegada do anoitecer, a região e suas ruas pontilhadas de bares, restaurantes e casas noturnas ganham outro ritmo e são uma boa pedida para esticar o dia. Aproveite para se esbaldar com as delícias locais e, quem sabe, emendar num forró.

Um brinde a Natal, um destino rico em belezas naturais, e a muitos dias de sol, sal, praias, aventuras e história.

Já passou pela capital potiguar? Compartilhe suas experiências e dicas com a gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0