O que fazer em Petrolina, Pernambuco

Petrolina é um oásis no interior pernambucano. Situada às margens do Rio São Francisco, na divisa com a Bahia, a cidade é um mergulho na cultura sertaneja e garantia de dias bem aproveitados em praias fluviais e passeios de barco pelas águas do Velho Chico. Descubra os encantos da região!

#1 As ilhas do São Francisco

As ilhas do Velho Chico entre as cidades de Petrolina, em Pernambuco, e Juazeiro, na Bahia, são perfeitas para aqueles que querem passar as férias em clima de sombra e água fresca.

Cortada pela Ponte Presidente Dutra, a Ilha do Fogo pode ser acessada a pé ou de bicicleta – carros são proibidos. Por conta da proximidade com as cidades, o local recebe muitos visitantes, principalmente aos finais de semana. A ilha não conta com bares e nem restaurantes, então não se esqueça de levar água e lanchinhos para quando bater a fome.

A Ilha do Massangano é considerada a maior da região e é sede do Samba de Véio, grupo de dança e cânticos populares lúdicos e religiosos. No mês de junho, a comunidade celebra o dia de Santo Antônio (13) com procissão, comidas típicas e apresentações artísticas. No restante do ano, a ilha também é muito procurada para camping. Para chegar até Massangano, siga pela Estrada da Tapera.

Rodeadouro é outra uma ótima opção para relaxar tomando banhos de rio e conta com a vantagem de ter mais de trinta barracas vendendo iguarias locais. A ilha também é acessada pela Estrada da Tapera.

#2 Balneário de Pedrinhas

A cerca de 30 km de Petrolina, o Balneário de Pedrinhas é uma antiga vila de pescadores onde é possível saborear deliciosos pratos feitos especialmente com peixes de água doce e desfrutar de um belo cenário ao mesmo tempo.

Na volta para a cidade, uma boa ideia é fazer uma parada no Mirante do Serrote do Urubu, que oferece uma linda vista para as belezas naturais da região. A luz dourada do final da tarde torna o cenário ainda mais cinematográfico.

#3 Aventura

Os desafios proporcionados pela região da caatinga e a estonteante paisagem local atraem aventureiros em busca de atividades como trekking, mountain bike e cross country. Além disso, esportes aquáticos como natação, canoagem, kitesurfe, entre outros, também são praticados por moradores e turistas.

#4 Culinária

Ao pensar na culinária de Petrolina, o complexo gastronômico Bodódromo e seus vários restaurantes logo vêm à mente. Apesar do nome, a estrela ali é a carne de carneiro, que pode ser assada e acompanhada de feijão verde, arroz, pirão, vinagrete, macaxeira e purê. Outras comidas tradicionais encontradas nos cardápios são carne de sol, feijão-tropeiro, queijo coalho, tapioca, cuscuz, buchada, sarapatel, bode guisado e baião de dois.

#5 Oficina do Artesão Mestre Quincas

Além de servirem como lembranças, os artesanatos compartilham a história e a cultura das cidades onde são produzidos. Joaquim Correia da Lima, ou Mestre Quincas, é considerado o primeiro artesão de Petrolina. A oficina que leva seu nome é local de trabalho e exposição de vários artesãos locais.  

#6 Centro de Cultura Ana das Carrancas

O memorial dedicado a Ana Leopoldina, artesã que usava barro encontrado às margens do rio em suas produções e conhecida pelas carrancas que misturam traços de animais e homens, dissemina a história da artista e promove a preservação e o intercâmbio de arte e cultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0