Conheça a Chapada Diamantina, na Bahia

Chapada Diamantina - Lençóis - Bahia | Crédito: Kennedy Silva

Chapada Diamantina | Crédito: Kennedy Silva

Atrair espectadores e encantá-los de imediato. Estes são os dois poderes deste tesouro nordestino, de natureza baiana, conhecido como Chapada Diamantina. Quem já foi sabe: a região é uma preciosidade de vales, morros, serras, grutas, cânions e cachoeiras de beleza rara e valor inestimável.

Abrangendo a área de diversos municípios e tendo a cidade de Lençóis como a principal base turística para explorar a região, sua extensão territorial é tão gigantesca que somente o Parque Nacional da Chapada Diamantina se equipara, em tamanho, à capital paulista. Impressionante, não? Majestoso de qualquer ponto de vista, é justamente nele que se encontram dois dos pontos turísticos mais conhecidos do destino: o Vale do Pati, recanto natural superindicado para trekking, e a famosíssima Cachoeira da Fumaça, a segunda maior queda d’água do país.

Diamantina x Guimarães: qual é a sua chapada? 

Aos olhos do pai

Considerado como o grande símbolo da Chapada, o Morro do Pai Inácio é parada obrigatória em qualquer roteiro, pois de lá se tem uma vista panorâmica arrebatadora da região. Assistir ao pôr do sol deste ponto, a mais de mil metros do chão, é sempre uma ótima ideia, considerando que o céu se transforma em uma tela colorida e tinge o horizonte de laranja e amarelo em um espetáculo de encher os olhos.

Quer saber o caminho para chegar ao topo, não é? Basta fazer uma trilha de aproximadamente 25 minutos de subida. Mas não se assuste! Para facilitar o acesso, o trajeto conta com escadarias equipadas com corrimão e parapeitos. Depois de vencido este desafio, é só se preparar para curtir uma paisagem de (literalmente!) tirar o fôlego.

Reinado de beleza

Cercada por um verde abundante, é em meio a essa vastidão dominada pela natureza que surgem outras gratas surpresas guardadas pela Chapada Diamantina, como os lindíssimos poços Azul e Encantado, duas cavernas cintilantes que rendem imagens e experiências indescritíveis. Ah, e não se esqueça: ao contrário do poço Azul, no poço Encantado não é permitido entrar na água.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0