As heranças milenares na Cidade do México

Zócalo - Cidade do México | Crédito: Shutterstock

Zócalo - Cidade do México | Crédito: Shutterstock

Zócalo - Cidade do México | Crédito: Shutterstock

Zócalo – Cidade do México – México | Crédito: Shutterstock

Na América Pré-Colombiana, o sul do golfo do México foi o berço de grandes civilizações, sendo a asteca a mais conhecida delas. Por todo o país, ruínas dos antigos templos ainda integram a paisagem, tanto no litoral quanto na capital. Na Cidade do México não é diferente, a começar por seu centro histórico, a Praça da Constituição. Conhecido como Zócalo, o local era o centro de Tenochtitlan, capital da civilização asteca. Ali, diferentes trechos da história do país cruzam-se por meio das construções que rodeiam a praça.

Catedral Metropolitana - Cidade do México | Crédito: Shutterstock

Catedral Metropolitana – Cidade do México – México | Crédito: Shutterstock

Destaque para a Catedral Metropolitana, cuja construção levou 200 anos e foi feita sobre um templo asteca; o Palácio Nacional, que tem entrada gratuita e abriga a série de murais de Diego Rivera que recontam a história do país; e o Palácio de Belas Artes, um impressionante edifício colonial branco que data de 1910 e também possui murais de Rivera, assim como de outros importantes artistas mexicanos, como José Clemente Orozco, David Alfaro Siqueiros e Rufino Tamayo.

Palácio de Belas Artes - Cidade do México | Crédito: Shutterstock

Palácio de Belas Artes – Cidade do México – México | Crédito: Shutterstock

Logo depois, está o Templo Mayor, construção que marcava o centro da capital asteca. O museu que hoje funciona ali é fruto de um grande projeto de escavações que, na década de 80, descobriu vestígios deste grande templo e de outras edificações vizinhas. O museu conta com oito salas dedicadas aos dois deuses cultuados na região: Huitzilopochtli, o deus solar da guerra, e Tláloc, deus da chuva. Ao todo, a zona arqueológica do Templo Mayor tem 1,2 hectares e, por isso, a dica é tirar pelo menos metade do seu dia para fazer esta visita.

México diverso: um destino para todos 

AINDA NA CIDADE DO MÉXICO

Outro ponto da cidade no qual as tradições milenares de diferentes civilizações se misturam é o Bosque de Chapultepec. Ali estão instalados, por exemplo, o Museu Nacional de Antropologia e o Museu Nacional de História, para relembrar as raízes e a formação do país; e o Museu de Arte Moderna. Além disso, há também o Zoológico e o Jardim Botânico. Uma curiosa atração é o ritual da Danza de los Voladores, ou Ritual dos Voadores de Papantla, realizado por um grupo independente do parque em frente ao Museu de Antropologia. Quatro homens com trajes típicos coloridos parecem mesmo voar atados a um tronco de 20 metros de altura e são embalados por melodias de tambor e flauta.

O México e sua rica gastronomia 

1 Comentário

  1. Davi namo da luisa disse:

    Eu amei iso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0