Um tour por São Luís

Centro histórico de São Luís - Maranhão | Crédito: Shutterstock

Centro histórico de São Luís - Maranhão | Crédito: Shutterstock

Centro histórico de São Luís - Maranhão | Crédito: Shutterstock

Centro histórico de São Luís – Maranhão | Crédito: Shutterstock

Casarões cobertos por azulejos pintados à mão, um palácio guardado por leões de frente para uma baía e ruas de paralelepípedo. Parece a descrição de alguma cidade histórica europeia, mas trata-se da capital do Maranhão, São Luís. Seu centro foi declarado Patrimônio Mundial pela Unesco com um acervo arquitetônico colonial de 3.500 prédios.

Se as praias de São Luís não têm águas tão azuis como das outras capitais nordestinas, a cidade abriga, em contrapartida, um dos mais importantes conjuntos arquitetônicos da América Latina. Os tours pelas principais atrações são bem comuns e tem alguns pontos que você não pode deixar de conhecer.

Conhecendo sua história

Sem sombra de dúvida, o Palácio dos Leões é um daqueles lugares que quem vai a São Luís tem obrigação de ir. Ele tem 3.000 metros quadrados de área construída em arquitetura neoclássica e tem este nome porque é guardado por leões de bronze. A beleza do prédio é completada por sua localização, fica entre coqueiros e com vista para a Baía de São Marcos. Construído em cima do Forte de São Luís, tomou forma de Palácio apenas no século 18. Caso não se contente em ver esta verdadeira obra só por fora, também há visitação interna nas tardes de quarta a domingo.

Todo o centro histórico de São Luís é fechado para o trânsito de veículos. E é de parar e querer ficar vendo cada construção. Mas se quiser acertar e ir às ruas mais bonitas, o ideal é seguir pela Rua Portugal e Rua do Trapiche. Na Portugal ficam os prédios comerciais mais importantes da época que a cidade foi construída. São locais conservados e um deleite para quem quer ver azulejos portugueses. Já o ponto alto da Rua do Trapiche é a Morada das Artes. Local onde vários artistas colocam suas obras e abrem as portas para visitação.

Da Igreja ao Palácio

Construída em 1762, a Catedral da Sé é outro prédio que merece uma visita em São Luís. Foi erguida pelos portugueses para dar graças à vitória da Batalha de Guaxenduba travada com os franceses. Seu interior tem azulejos portugueses e o altar é todo de ouro. Ao lado dela, o Palácio Episcopal, erguido em 1627 pelos jesuítas. Anos depois, quando os jesuítas foram expulsos, passou a ser residência dos bispos, livraria, seminário e sede do governo eclesiástico local.

Um dos prédios mais antigos e imponentes da região é o Palácio de La Ravardière. Construído em 1689, é a sede do Governo Municipal atualmente. Em sua frente, tem o busto de bronze de Daniel de La Touche, o Senhor de La Ravardière. O comandante francês que fundou São Luís.

Para conhecer todos esses pontos turísticos mencionados, um city tour é o ideal. Consulte seu agente de viagem sobre essa possibilidade.

2 Comentários

  1. Fernanda disse:

    onde fica essa rua?

    • Laura Quadros disse:

      Oi, Fernanda! Tudo bem?

      Se você está falando da Rua Portugal ou da Rua do Trapiche, elas ficam no bairro de Praia Grande em São Luís, no Maranhão. Bem pertinho do centro histórico da cidade. Lá estão alguns dos principais pontos turísticos da região e com certeza não podem faltar no roteiro de quem visita São Luís!

      Espero ter ajudado 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0