Escritório de imigração prevê reabertura dos EUA em outubro

Reabertura dos EUA pode ser realidade em outubro shutterstock 1113259289

Reabertura dos EUA pode ser realidade em outubro | Crédito: Shutterstock

As restrições de viagens entre Brasil e Estados Unidos devem ter um fim em outubro, conforme apuração do escritório de advocacia imigratória AG Immigration, dirigido por brasileiros e localizado na Califórnia.

De acordo com o CEO da empresa, Rodrigo Costa, os indícios para a liberação estão aí: liberação para estudantes, retomada de agendamento de vistos, avanço da vacinação em massa no Brasil e lobby da indústria turística nos Estados Unidos.

“Nunca houve tanta expectativa para a retomada total das solicitações de vistos e viagens internacionais para um país quanto existe hoje para os EUA”, aponta. “Nos bastidores, esta será a terceira tentativa de reabrir totalmente os serviços consulares para solicitantes de vistos na Embaixada e Consulados americanos no Brasil e a fronteira entre os dois países”. Segundo ele, as previsões anteriores de reabertura aconteceram em maio e julho. “Entretanto, o atraso na vacinação em massa no Brasil no primeiro semestre e o surgimento de variantes da COVID-19 adiaram a decisão”, pondera.

Rodrigo Costa, CEO da AG Immigration, fala sobre a probabilidade de reabertura dos EUA | Crédito: Divulgação/AG Immigration

Rodrigo Costa, CEO da AG Immigration, fala sobre a probabilidade de reabertura dos EUA | Crédito: Divulgação/AG Immigration

Nas últimas semanas, no entanto, a vacinação deu sinais de avanço no País e a previsão agora promete ser mais assertiva. “O departamento de saúde dos EUA (CDC) tem trabalhado com o Departamento de Segurança Interna (DHS) para monitorar as condições de saúde pública do Brasil no combate à pandemia. Este é o motivo pelo qual as fronteiras entre os dois países têm permanecido restritas desde maio de 2020”, continuou Costa.

Sinais positivos para a reabertura dos EUA

Reabertura dos EUA pode ser realidade em outubro shutterstock 1113259289

Reabertura dos EUA pode ser realidade em outubro | Crédito: Shutterstock

Para a empresa, outros motivos para acreditar em um sinal verde ainda neste ano foram dados no início de 2021. No período, os postos consulares dos Estados Unidos no Brasil voltaram a aceitar pedidos de vistos para propósitos considerados essenciais para a América. Isso inclui, por exemplo, alguns vistos de trabalho temporário e de imigração.

Além disso, mais recentemente a Embaixada e os Consulados voltaram a disponibilizar agendamentos para quem precisa renovar ou solicitar o  visto pela primeira vez. A prioridade é para estudantes cujos cursos se iniciarão ou serão retomados a partir de agosto.

Estados Unidos liberam entrada de estudantes brasileiros

Rodrigo Costa também comenta sobre a pressão da indústria do Turismo norte-americana como fator importante. “Em 2019 o turismo gerou US$ 712 bilhões aos Estados Unidos, enquanto em 2020 este número diminuiu para US$ 396,37 bilhões. Uma queda de 42,1%. Já em 2021 a previsão é de retomada total do crescimento do Turismo nos EUA até o fim do ano. Mas isso depende bastante da reabertura de fronteira com países como China, Reino Unido e Brasil.”

Por fim, no último dia 07/07/2021, a Secretária de Comércio dos EUA, Gina Raimondo, declarou que o governo americano pretende realmente afrouxar as restrições internacionais neste segundo semestre, embora sem revelar detalhes.

“Há uma imensa demanda reprimida por conta da pandemia. A tendência, portanto, é que com o fim das restrições de viagem o país receba uma quantidade recorde de visitantes, o que certamente vai contribuir decisivamente para a geração de novos empregos e o desenvolvimento da economia americana”, conclui o CEO.

Fonte: Panrotas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0