Madri: Um tour pela história e cultura da capital espanhola

Gran Vía - Madri | Crédito: Shutterstock

Gran Vía - Madri | Crédito: Shutterstock

Gran Vía - Madri | Crédito: Shutterstock

Gran Vía – Madri | Crédito: Shutterstock

Na briga pelo título de cidade preferida pelos turistas na Espanha, a disputa entre Madri e Barcelona é acirrada. Enquanto a capital catalã tem no colorido de sua arte e nas formas de sua arquitetura seu grande chamariz, a capital espanhola é cosmopolita, mas sem perder seus traços históricos e artísticos. Das muralhas árabes aos modernos distritos de Gran Vía e La Castellana, Madri tem atrativos para todos os gostos e para todos os bolsos, inclusive entrada gratuita em museu.

Um pouco dos museus de Madri

Museo Nacional del Prado - Madri | Crédito: Shutterstock

Museo Nacional del Prado – Madri | Crédito: Shutterstock

Quem quiser visitar o Museu do Prado sem pagar nada deve ficar atento aos horários próximos ao fechamento do espaço. De segunda-feira a sábado, a entrada é gratuita entre as 18h e as 20h, quando o museu encerra seu expediente; e nos domingos e feriados, o horário grátis é entre 17h e 19h.  O Prado é um dos principais museus da Espanha. Possui o mais completo acervo de pintura espanhola dos séculos 11 ao 18. Ali estão expostas obras de El Greco, Velázquez e Goya, além do italiano Tiziano, o belga Van Dyck e o holandês Rembrandt.

Ainda na lista de museus imperdíveis, não se pode esquecer do Reina Sofía. Oficialmente chamado de Museu Nacional Centro de Artes Reina Sofía. Aberto em 1990, o espaço conta com um vasto acervo de arte nacional e internacional, principalmente do século 19 até a atualidade. A obra mais famosa do museu é o quadro Guernica, de Pablo Picasso.

Pelo centro

Plaza Mayor - Madri | Crédito: Shutterstock

Plaza Mayor – Madri | Crédito: Shutterstock

Vale a pena também conhecer o centro histórico de Madri, começando pela Plaza Mayor. Ponto de referência na cidade, a praça foi inaugurada em 1620. Já abrigou grandes touradas, manifestações populares, festas , encenações de peças de teatro e até julgamentos da Inquisição. Estando ali, observe alguns dos edifícios históricos instalados na praça: Casa de la Panadería,  Casa de la Carnicería e Arco de Cuchilleros.

Saindo da praça e seguindo pela Calle Mayor está o Palacio Real, que data do século 18. Construído no mesmo local onde antes estava um castelo muçulmano chamado Alcázar. O visitante pode andar pelos jardins do palácio e conhecer  alguns de seus aposentos. Além de ver obras de Velázquez, Goya, Rubens, El Greco e Caravaggio. Termine o dia na Gran Vía, uma das avenidas mais emblemáticas da cidade. Onde se concentram os grandes edifícios, mas também vários teatros e bares.

Quando for a Madri, cheque com seu agente de viagens que passeios você pode adquirir com antecedência. E aproveite ainda melhor sua estadia na cidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0