24 horas em Salvador

Blog Segue Viagem
|

Sorria, você está na Bahia! É essa frase que a maioria dos viajantes escuta assim que começa a circular por Salvador, a irresistível capital baiana. Agitada o ano inteiro – sobretudo durante o Carnaval, quando sedia uma das maiores e mais tradicionais festas do país –, não existe época melhor para conferir os seus encantos e se perder em meio às suas ruas e casarões, construções que contam grande parte da história do Brasil.

Um dia é pouco para conhecer o destino. Mas caso você tenha apenas 24 horas na região, ainda assim é possível se apaixonar por ela. Confira!

8h – Praia de Itapuã

O dia começa mais bonito na famosa Praia de Itapuã. As águas mansas e esverdeadas são um convite para um demorado banho de mar, principalmente na maré baixa, momento em que se formam deliciosas piscinas naturais. Contornada por coqueiros, a orla é um convite para quem quer fazer longas caminhadas. Aproveite para recarregar as energias sob o sol baiano. Nos arredores da praia está o farol de mesmo nome, outro importante atrativo turístico do destino.

11h – Mercado Modelo

Quando a fome aparecer, a dica é correr para o Mercado Modelo. Entre cantinas e restaurantes – alguns há mais de 80 anos em funcionamento –, é a chance perfeita para saborear a incomparável culinária nordestina e, de quebra, ter acesso a 263 lojas (ou boxes) que vendem de tudo: artesanato, lembrancinhas, objetos de decoração, rendas, temperos, bebidas típicas… Pertinho dali está o Elevador Lacerda, que liga a Cidade Baixa à Cidade Alta, onde está localizado o centro histórico.

13h30 – Centro histórico

Classificado como Patrimônio Cultural da Humanidade, é a marca registrada da cidade, refletindo a forte influência do barroco nas construções e na arquitetura. Nenhuma viagem à Bahia é completa sem uma visita ao Pelourinho, com ladeiras repletas de casarões típicos dos séculos 17 e 18 e casinhas com fachadas coloridas. Vale, ainda, passar pela Igreja e Convento de São Francisco e deslumbrar-se com o seu interior, forrado a ouro.

16h – Farol da Barra

Símbolo de Salvador, o farol é imperdível por diversos motivos: abriga o Museu Náutico e uma exposição de artefatos de navegação e objetos retirados de um naufrágio em 1668; é rodeado por uma praia de águas dóceis e quentinhas, a qual termina na estátua do Cristo Redentor (chamada de Morro do Cristo), e é palco para um pôr do sol espetacular, que arranca suspiros e aplausos dos visitantes. Depois de tudo isso, é só escolher um bar ou restaurante do entorno para curtir a animada noite baiana.


Escrever Comentário

Com um agente de viagens, faça chuva ou faça sol, a sua tranquilidade é garantida.

Véspera de férias? Então bora dormir tranquilo, com a certeza de que o seu aéreo, reservas em hotéis e serviços estão confirmados.

Veja Mais

Os agentes de viagens estão aqui pra te ajudar a ter a viagem dos sonhos com a tranquilidade que você merece ;)

Veja Mais