Viagem no tempo em Alcântara

Alcântara - São Luís - Maranhão

Quem for para São Luís tem oportunidade de fazer uma viagem no tempo. Bem pertinho, a apenas 66 quilômetros da capital maranhense, fica Alcântara. O destino transpira história com seus casarões dos séculos 18 e 19. Foi a primeira cidade tombada pelo Instituto do Patrimônio e Artístico Nacional, em 1948, como cidade-monumento.

 Outro título que Alcântara leva, mesmo que informal, é o de cidade histórica mais importante da Amazônia. Pela região em que está, era ocupada por índios e sua aldeia se chamava Tapuitapera. Foi invadida por franceses no século 17 e os portugueses a retomaram e a elevaram para vila de Santo António de Alcântara em 1648. Durante o período colonial, foi importante centro agrícola e comercial.

Pela Baía de São Marcos

 Para chegar ao local saindo de São Luís, o mais fácil é ir em embarcação atravessando a Baía de São Marco. O trajeto dura uma hora e meia e, para grupos, é feito em catamarã ou lanchas de médio porte. Ao chegar, a vista não podia ser mais bonita. Alcântara é cercada por vegetação, praias e ilhas desertas além das construções históricas preservadas.

 Na cidade, o ponto central é a Praça da Matriz. Ela é cercada por construções coloniais e também pode ser visto o pelourinho local, usado no tempo da escravidão. É na Praça da Matriz também que estão a Prefeitura e Câmara dos Vereadores em um único edifício que data, segundo estimativas, do final do século 18. Até meados do século 20, era a cadeia da cidade e ainda dá para ver algumas celas. É nesse prédio que há uma das mais belas vistas da cidade.

Casa do Divino e mais

 Na Rua Grande fica a Casa do Divino. É um casarão com sacadas de ferro e azulejos portugueses. Chamado também de “museu”, é reservado para guardar objetos, como estandartes, instrumentos, altar e joias, do Divino Espírito Santo, festa religiosa mais importante do destino. Os visitantes podem ver estes artigos, estão todos expostos na casa.

 Outro ponto que merece uma visita é o Museu Histórico e Artístico de Alcântara. Ele fica em um casarão do século 19 revestido de azulejos portugueses na fachada. O museu mostra com seu acervo de pinturas, louças, mobiliário, objetos de adorno e arte sacra como viviam os moradores da cidade dos séculos passados e toda a opulência que a cidade tinha.

 Os passeios para Alcântara costumam partir bem cedo de São Luís. A volta é à tarde, e depende da maré. Consulte seu agente de viagem para ver a melhor maneira de ir até o local.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0