Tudo o que você precisa saber sobre a Selva Amazônica

shutterstock 585888767

Floresta Amazônica | Crédito: Shutterstock

Selva Amazônica, um lugar de superlativos. São 5,5 milhões de quilômetros quadrados estendidos por nove países sul-americanos: Brasil, Bolívia, Peru, Colômbia, Equador, Venezuela, Guiana, Suriname e Guiana Francesa. Toda essa área abriga a maior floresta tropical e o maior arquipélago de águas fluviais do mundo. Simplesmente o paraíso de todo ecoturista.

Você conhece as lendas Amazônicas?

Que tal seguir viagem, contemplar cenários surreais, sentir o aroma das flores, observar a vida animal em seu habitat natural e navegar pelas águas dos Rios Negro e Solimões? Preparamos um compilado de informações e curiosidades para você que pensa em embarcar nessa aventura.

Percorra o Rio Amazonas

shutterstock 335594075

Amazônia | Crédito: Shutterstock

Vamos lá!

#1 Manaus, capital do Amazonas, é a maior porta de entrada para a selva. Da cidade, o trajeto para a floresta é feito de barco.

#2 Existem, também, cruzeiros que navegam pelos Rios Negro, Solimões e Amazonas. Falando no Rio Amazonas, você sabia que ele é o segundo mais comprido do mundo? Perdendo apenas para o Nilo, nos países andinos ele é chamado de Rio Marañón. 

#3 Ainda há embarcações que partem de outras cidades da região Norte do Brasil em direção à Estação Hidroviária de Manaus, como Belém e Santarém.

#4 A vacinação contra febre amarela não é obrigatória para a visita ao destino, porém, recomenda-se que os viajantes, como forma de prevenção, tomem a vacina.

#5 Na Amazônia chove e chove muito. Principalmente de dezembro a maio, período ideal para explorar o destino de barco, fazer passeios de canoa pelos igapós (floresta inundada) e observar os animais que vivem no topo das árvores, como aves e macacos.

#6 Os meses de julho a novembro, com menos ocorrência de chuvas, são melhores para a praticar pesca, observar botos, fazer caminhadas em terra firme e curtir as praias fluviais.  

shutterstock 149105258

Crédito: Shutterstock

#7 Ainda que ostente o título de maior biodiversidade do planeta, é mais fácil flagrar animais em regiões como o Pantanal do que na Amazônia. Nos passeios você poderá ver pássaros, macacos, jacarés, botos e, com um pouco de sorte, preguiças. Mas os mamíferos como antas, pacas e onças são raramente vistos por lá.

#8 Boa parte dos hotéis de selva fica na região do Rio Negro que, por conta da sua acidez, impede a proliferação de insetos.

#9 Para aproveitar o máximo do que a região tem a oferecer, considerar uma viagem entre cinco e sete dias é uma boa pedida.

#10 Não deixe de fora de sua mala chapéu, trajes de banho, repelente contra insetos, protetor solar e o kit farmacinha, com os medicamentos habituais. Para os passeios na floresta, leve calças compridas e maleáveis, capa de chuva e calçado confortável e resistente.

#11 Já ouviu falar da Pororoca, certo? De origem tupi, essa palavra quer dizer “grande estrondo” e foi adotada para se referir ao encontro do mar com o rio, o que causa uma onda de até quatro metros de altura que dura até uma hora e meia.

#12 A maior árvore da selva mede 88 metros de altura e está localizada no extremo norte do Brasil.

Outras informações e dicas de passeios para curtir da Selva Amazônica você encontra no guia da região.

Uma ótima viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0