Lua de mel no Brasil? Sim!

Muitos casais, quando pensam em lugares para viajar para sua lua de mel, normalmente sonham com uma viagem internacional para aquele País que os dois sempre quiseram conhecer, ou então para aquela praia paradisíaca em algum arquipélago exótico. E que tal percorrer o Brasil em busca do destino perfeito para a viagem a dois? Belíssimas praias, roteiros com foco na gastronomia – ou nos vinhos – e paisagens tranquilas para curtir e relaxar. Tudo isso tem por aqui mesmo. Selecionamos alguns destinos brasileiros para te inspirar e, quem sabe, te fazer desfrutar de momentos incríveis na sua lua de mel.

Fernando de Noronha (PE)

Fernando de Noronha – Pernambuco | Foto: Hans von Manteuffel / Turismo Pernambuco

O arquipélago tem 21 ilhas, mas a principal é a única habitada e a de mais fácil visitação. Isso porque as outras fazem parte do Parque Estadual Marinho e só podem ser visitadas com licença concedida pelo Ibama. Mas não se preocupe: há muito para ser explorado. O lado da ilha que dá para a costa brasileira tem dez praias com águas tranquilas; do lado oposto, o mar agitado emoldura quatro praias, uma enseada, duas áreas de contemplação e um conjunto de piscinas rochosas. Não deixe de conhecer o lado histórico do arquipélago: ruínas de fortes e igrejas do século 18 integram o patrimônio arqueológico local e podem ser conferidas em caminhadas de três horas.

Barra de São Miguel (AL)

São pouco mais de 30 quilômetros da praia de Pajuçara, em Maceió, até este charmoso destino. Praia tranquila e atrativos naturais como a barreira de corais que pode ser vista nos mergulhos, lagoas e um vasto coqueiral compõe a paisagem desta praia, que tem uma pegada mais urbana. É possível ir também à praia do Gunga e até Dunas de Marapé, pouco mais de 20 quilômetros à frente, no município de Jequiá da Praia, onde a tranquilidade é garantida.

Península de Maraú (BA)

Maraú – Bahia | Crédito: Bahia turismo

O sul da Bahia é especialista em lançar destinos da moda. Foi assim com Morro de São Paulo, Trancoso, Itacaré, Caraívas, Boipeba… E também com a Península de Maraú, um pequenino trecho da costa baiana que tem trechos de mar aberto, piscinas naturais, estuários, manguezais, restingas, coqueirais, ilhas, mirantes naturais, cachoeiras, lagoas e praias, muitas praias. O ponto de partida é a praia de Barra Grande, a maior da vila, onde a maioria das pousadas e restaurantes está instalada. Conheça a praia de Taipu de Fora, com sua piscina natural quilométrica, e faça a o roteiro náutico até a cachoeira do Tremembé, a única em território nacional a desaguar no mar.

Ponta do Corumbau (BA)

Outro destino baiano que proporciona experiências incríveis é Ponta do Corumbau. O vilarejo não tem um acesso muito fácil: é feito exclusivamente por barco ou estrada (de terra, no trecho final). As praias desertas de águas claras e falésias, ruas de terra e construções simples dão um clima de tranquilidade total, ideal para quem quer se desconectar completamente por uns dias. Entre os passeios mais interessantes está a visita à reserva indígena Pataxó, que fica do outro lado do rio Corumbau; a

vila de Cumuruxatiba, com praias desertas; ou o tour de barco até o arquipélago de Abrolhos, onde é possível nadar com tartarugas.

Serra Capixaba (ES)

Domingos Martins – Espírito Santo | Crédito: Pamela Fogaça

Se a ideia é deixar a praia de lado e conhecer novas paisagens, a Serra Capixaba pode ser uma ótima opção. A região foi colonizada por imigrantes europeus, especialmente alemães e italianos, o que a faz o destino ideal para comer bem. Experimente as receitas típicas dos restaurantes de Domingos Martins ou as diversas propriedades que exploram o agroturismo em Venda Nova do Imigrante. Outro passeio pela região é para a Pedra Azul, que tem quase 2 mil metros de altura e muda de cor de acordo com a incidência solar nos liquens, podendo ser vista em tons de verde, laranja ou azul-acinzentado.

Vale Europeu (SC)

Também com influências europeias, a interior catarinense é outra ótima opção para curtir um friozinho e especialidades como polenta, embutidos artesanais, joelho de porco, sopa de agnolini, chucrute, goulash, maçãs recheadas, frutos do mar. O Vale Europeu engloba 52 pequenos municípios e, além das delícias típicas, também encata os turistas por suas belas paisagens.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0