Férias de verão em Cunha, no interior de São Paulo

Cunha – São Paulo | Crédito: Giselle Camargo

Se paisagens deslumbrantes, terra e mato sob os pés, banhos de cachoeira e diversão fazem parte da sua lista de desejos para as férias de verão, aqui vai uma dica de destino: Cunha.

Dica: livros para viajar
Brasil: destinos para o fim de ano e férias de verão
7 conselhos para viagens entre amigos
Procurando motivos para viajar?

Localizada no interior de São Paulo, a cidade é cercada pelas montanhas da Serra do Mar e da Bocaína, próxima às praias de Ubatuba (SP) e Paraty (RJ), sendo a certeza de uma viagem agradável, repleta de verde e atividades prazerosas.

Naturalmente bonita

Naqueles dias de céu sem nuvens, vale o esforço físico de percorrer a trilha íngreme de 2 km até o topo da Pedra da Macela, a 1.840 metros de altitude. Do alto, dá para ter uma ideia da magnitude da natureza ao admirar Paraty, a baía da Ilha Grande, parte de Angra dos Reis e a região serrana que emoldura Cunha.

O Contemplário proporciona momentos de tranquilidade e, como indica o nome, de contemplação em meio às perfumadas plantações de lavanda, alecrim, capim-limão e outras plantas aromáticas. Que tal aproveitar as mesas distribuídas pela propriedade e desfrutar um piquenique neste cenário encantador? Ou se refrescar na cafeteria local, que oferece uma linda vista panorâmica aos clientes.

Recheado de trilhas e cachoeiras que recortam e enfeitam a Mata Atlântica, o Parque Estadual da Serra do Mar – Núcleo Cunha é mais uma opção de passeio para viajantes adeptos do turismo de natureza.

Um pouco de história

Nos tempos de Brasil Colônia, Cunha integrava a Estrada Real, um conjunto de rotas utilizadas pelos tropeiros para o transporte de ouro e diamantes entre Minas Gerais e os portos do Rio de Janeiro. A Igreja Matriz da cidade, construída em 1731, é patrimônio dessa época.

Outra herança conquistou o título de Terra dos Ceramistas para o destino. Na década de 1970, artistas japoneses chegaram à cidade e formaram novas gerações de ceramistas após introduzirem a arte milenar de queima de cerâmica em forno noborigama.

À la Cunha

Existem restaurantes para todos os paladares e bolsos espalhados pela cidade. Nos cardápios, é bastante comum encontrar produtos regionais, como truta, pinhão, cordeiro, cogumelo shitake, queijos e mel.

Para matar a fome, uma visita à Villa Favorita, uma casinha charmosa, onde o chef trabalha com pães e massas artesanais, pode vir a calhar. O Melhor Hora, de cozinha contemporânea, também é uma ótima pedida. Outras possibilidades incluem o Espaço Drão, Lazer na Serra, o Tudo da Roça, entre vários outros.

Como chegar

Cunha está situada a cerca de 240 km da capital paulista e a aproximadamente 50 km de Paraty.

SAINDO DE SÃO PAULO

De carro – siga pela Rodovia Presidente Dutra (BR-116) até o km 65 (Guaratinguetá), então saia pela Rodovia Paulo Virgílio (SP-171) até chegar a Cunha.

De ônibus – o ônibus vai até Guaratinguetá, de onde saem os transportes intermunicipais até Cunha.

SAINDO DE PARATY

De carro – basta seguir viagem pela cenográfica estrada Paraty-Cunha.

E você, conhece Cunha? Compartilhe suas dicas de viagem com a gente nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0