A diversidade do Espírito Santo

Pico da Bandeira – Parque Nacional do Caparaó – Divida entre ES/MG | Crédito: Frtelles

O Espírito Santo tem na diversidade seu encanto. A começar pelo popular litoral, com trechos recortados por serras e morros e outros formados por áreas planas, dunas e palmeiras. Variada e convidativa, sua parte litorânea também é um mergulho na história do Brasil Colônia: foi na Prainha Vila Velha onde Vasco Fernandes Coutinho, oficial do Espírito Santo designado pelo rei, desembarcou, em 1535.

Desbravando o estado em direção a Minas Gerais, chega-se até a exuberante região serrana, área onde fica o Pico da Bandeira, terceiro ponto mais alto do Brasil, com 2.892 metros, e lindas cachoeiras. As montanhas e os vales aos seus pés acolheram imigrantes que chegaram ao país a partir do século 19 e deixaram de herança delícias gastronômicas e construções charmosas.

Atrações imperdíveis

Além do já citado Pico da Bandeira, o Espírito Santo oferece outras atrações imperdíveis para turistas seguindo viagem pelo território capixaba. Na costa norte, o Parque Estadual de Itaúnas guarda praias e dunas que chegam a 30 metros de altura. O local ainda é casa de jaguatiricas, macacos-prego e preguiças. Os mais aventureiros podem explorar sua área em passeios a cavalo, de caiaque, canoa, jipe ou bicicleta.

Convento da Penha – Vila Velha – Espírito Santo | Foto: Junior ZZI

No topo de um rochedo, a fachada branca do Convento da Penha se destaca em meio ao verde da porção de Mata Atlântica que o rodeia. Construído em 1558, pelo Frei Pedro Palácios, foi tombado como Patrimônio Histórico e Cultural pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e figura como um dos cartões-postais da antiga capital capixaba, Vila Velha.

Guia de destinos: Vila Velha
Um roteiro por Vitória e Vila Velha, no Espírito Santo 
Guia de destinos: Domingos Martins
Uma viagem pelos sabores capixaba 
Guia de destinos: Vitória

Outro ponto turístico histórico da cidade é a Igreja do Rosário, fundada em 1551, por Vasco Fernandes Coutinho.

A Rota do Lagarto , em Domingos Martins, atrai turistas pelas belas paisagens que a cercam. Boa parte dos seus 8 km dá vista para a Pedra Azul, um dos símbolos do estado.

Composto por mais de cinquenta praias, o litoral de Guarapari atrai grande parte dos turistas. São muitas opções para curtir o dia ao som do mar, mas o destaque fica por conta das Três Praias. O cenário de encher os olhos, enfeitado por coqueiros, areia branca e água azul, compensa o acesso um pouco mais trabalhoso para chegar a elas.

Gastronomia

As influências indígena, italiana e alemã, para citar algumas, fazem da cozinha capixaba uma atração à parte. A moqueca e a torta capixaba, ambas à base de frutos do mar e servidas em panela de barro, têm fama internacional. A muma de siri e a caranguejada também estão presentes nos menus locais. Os italianos trouxeram o agnolini e o tortei, tipos de massas recheadas, a sopa pavesa, o risoto e a polenta. Os alemães, por sua vez, deixaram como legado salsichões, chucrute, wurstauflauf (escondidinho de linguiça), torta alemã, torta floresta negra, torta de maçã e muitas outras delícias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0