Descubra sete cidades cervejeiras pouco conhecidas

Possivelmente uma das primeiras bebidas alcoólicas criada pelo ser humano, a cerveja é produzida em várias partes do mundo e em cada lugar ela tem um sabor diferente. Para os apreciadores da bebida, a Oktoberfest, em Munique, é a festa mais popular e que atraí um maior número de turistas. No entanto, outras localidades também são bastante atrativas para quem quiser descobrir novas regiões e culturas, além de provar de uma boa cerveja.

Confira uma lista de cidades para todo apreciador de cerveja conhecer.

Halifax (Canadá)

Embora a maior parte dos turistas acabem por ser concentrar em Montreal ou Ottawa, é em Halifax que a maior parte da produção de cerveja artesanal é realizada. Considerada a quarta melhor cidade para se viver no Canadá, Halifax é a cidade com o maior número de cervejarias. Situado no litoral, tem temperaturas amenas no verão e atraí visitantes do mundo inteiro.

Vale do Rio Senne (Bélgica)

Visitar o Vale do Senne, no sul da Bélgica, é a garantia de experimentar as melhores cervejas artesanais. Feitas em diversos sabores e de diferentes maneiras, a produção é delicada e nem todas são exportadas.

Anchorage (Estados Unidos)

Apesar de poucos saberem, o Alasca tem uma produção considerável de cerveja em seu território, aliás, somente em Anchorage, há cinco grandes cervejarias. E como se não bastasse os eventos de degustação nos hotéis da cidade, ainda há o Festival Alaska Crafted – maior evento da cidade, que leva a bebida como tema.

Colônia (Alemanha)

Para os moradores, pode parecer injusto que Colônia viva na sombra da gigantesca cultura cervejeira da Baviera e seu espetáculo turístico Oktoberfest. Entretanto, aos apreciadores de carteirinha, a cidade no Reno é conhecida por sua contribuição para o mundo da cerveja: a bebida híbrida ao estilo Kölsch. Apesar de ter sido levada em extinção durante a Segunda Guerra Mundial, houve um enorme boom do pós-guerra. As pessoas que realmente visitam Colônia sabem que beber o Kölsch em sua terra natal é uma experiência verdadeiramente única. E para quem ainda está almejando uma festa ao estilo Oktoberfest, chegar a tempo para o Carnaval, onde a cidade sedia a maior festa de pré-Quaresma da Alemanha.

Reyjavik (Islândia)

É engraçado pensar que uma pequena cidade, no meio do Atlântico Norte, seja o anfitrião a uma das melhores cenas de cerveja – e que pouquíssimos tenham ouvido falar. As cervejarias locais, tais como Gæðingur Brugghús, Ölvisholt Brugghús, e Borg Brugghús, estão revivendo estilos históricos que não podem ser encontrados em outros países, ou adicionando um toque pessoal aos estilos já estabelecidos.

Pilsen (República Tcheca)

Como alguém pode planejar uma viagem com foco na cerveja não considera um lugar que é praticamente um sinônimo da própria bebida? Pilsen (ou Plzen), o berço da Pilsner Urquell, é cerca de uma hora distante de Praga, com uma cultura e arquitetura deslumbrante que fazem da República Tcheca um destino tão popular. Quem visitar a cidade encontrará uma versão não filtrada e não pasteurizado da Pilsner – uma obrigação para todos os bons apreciadores de cerveja.

Cork (Irlanda)

Conhecido por abrigar um grande número de estudantes, a cidade carrega uma profunda tradição em pubs – assim como toda a Irlanda. Lugares como Elbow Lane Brewing, Eight Degrees Brewing, Blacks of Kinsale e Franciscan Well Brewery, têm atraído bastante a atenção local, bem como medalhas em competições internacionais de cervejas artesanais.

Fonte: Panrotas (http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/destinos/2016/09/descubra-sete-cidades-cervejeiras-pouco-conhecidas_139779.html?destino)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0