Conheça as belezas naturais da cidade seguindo o rio Poti

Rio Poti - Teresina - Piauí - Brasil

Apesar de ser a única capital nordestina sem praia, Teresina também tem sua cota de belezas naturais – e, como outros destinos que ficam às margens de grandes rios, são as águas que atraem os visitantes. O rio Poti, que junto com o Parnaíba circundam a cidade, reúne uma série de atrativos turísticos que tornam a capital piauiense um ótimo destino para quem busca conhecer novas paisagens brasileiras e aproveitar um pouco mais da natureza da região.

Rio Parnaíba – Teresina – Piauí | Foto: MTUR

O Parque Ambiental Encontro dos Rios, que fica exatamente no ponto onde o Poti e Parnaíba se unem, na região norte da cidade, sempre desponta como o ponto turístico mais visitado de Teresina. Criado em 1996, ele funciona como um complexo cultural, tem um espaço para pequenas exposições, quiosques para comercialização de produtos artesanais, além de uma pista de caminhada de quase 300 metros e uma área verde que pode ser aproveitada para relaxar e também registrar as belezas naturais locais.

Outra curiosidade dentro do parque é o monumento à lenda do Cabeça-de-Cuia, bastante conhecida na região. A escultura de Nonato Oliveira relembra a história do pescador Crispim, que foi amaldiçoado após matar a própria mãe e ainda vaga pelas águas da cidade. Para completar sua visita, há também um restaurante flutuante, instalado no rio Poti, onde você experimenta peixes e outras especialidades da região. Vale a pena ficar por ali pelo parque até o por do sol, para curtir o visual do céu colorido.

Encontro dos Rios – Teresina – Piauí | Foto: ABAV-PI

Antes deste encontro das águas, no entanto, o rio Poti abriga outros pontos interessantes e que valem a visita. Seguindo rio acima, você passa pela Ponte Estaiada e, em seguida, pelo Parque Potycabana, próprio para um passeio com crianças ou para praticar um esporte ao ar livre. Em seguida, você chega à Floresta Fóssil de Teresina, único sítio paleontológico dentro de uma capital brasileira. A área, que também fica às margens do rio, exibe troncos fósseis de aproximadamente 280 a 270 milhões de anos, petrificados. O parque, fundado em 1993, foi tombado pelo Ministério de Cultura somente em 2010.

Guia de destino: Piauí em Teresina, Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Your compare list

Compare
REMOVE ALL
COMPARE
0