Cataratas do Iguaçu: uma das sete maravilhas

Blog Segue Viagem
|

O Rio Iguaçu não só divide o Brasil e a Argentina, mas também forma uma das Sete Maravilhas da Natureza, e um dos atrativos mais procurados por turistas nacionais e internacionais: as Cataratas do Iguaçu. Nosso espírito de rivalidade com nossos “hermanos” até poderia nos fazer dizer que as quedas do lado brasileiro são as mais bonitas… Mas a verdade é que vale a pena visitar os parques nacionais do Iguaçu, em Foz do Iguaçu, e o do Iguazú, do lado argentino, e se deixar impressionar pela paisagem.

São 275 quedas que podem chegar a 80 metros de altura, desaguando 1,5 milhão de litros por segundo – tanto o volume quanto a força da água impressionam todos os visitantes. Claro, não se esqueça de ir com uma roupa leve e que possa ser molhada, pois com certeza você não vai resistir a atravessar uma das passarelas e ficar próximo às quedas para uma foto. Com tempo bom, a impressão é que você está dentro de uma daquelas imagens publicitárias, com água azul, espuma branca e, se tiver sorte, até um arco-íris para compor a cena. Seja do início da trilha, de onde se tem uma vista geral das cataratas, ou ali pertinho de uma delas, a vista é inesquecível.

Não viu água suficiente ainda? O parque oferece um passeio de barco por dentro das cataratas. O Macuco Safári tem cerca de duas horas de duração e começa com uma trilha. Em seguida, a embarcação desce o Rio Iguaçu e chega ao Cânion das Cataratas. Tomar um belo banho é inevitável, então cuidado com seu celular e máquina fotográfica. Para isso, o parque possui um serviço de armários.

Se nós temos a melhor vista das principais quedas das cataratas, o Parque Nacional Iguazú, em Puerto Iguazú (Argentina), ganha pontos por possibilitar que o visitante chegue pertinho da Garganta do Diabo, a mais volumosa de todas. Prepare-se para uma caminhada: o trem do parque leva você quase até o mirante. O último 1,1 quilômetro é percorrido a pé, por uma trilha de passarelas. Há trilhas para todos os gostos e fôlegos. Começando com caminhos de pouco mais de 600 metros. E  incluindo um trajeto de 7 quilômetros, que leva à cachoeira e ao poço do Córrego Arrechea.

Programe-se

Em cada parque, é possível gastar quase todo o dia admirando as belezas naturais locais. E cada minuto vale a pena. Consulte seu agente de viagens para reservar os passeios. A entrada para o Parque Nacional do Iguaçu custa R$ 47. Mas os brasileiros têm desconto e pagam apenas R$ 24. O Macuco Safári em custo extra de R$ 198. Já na Argentina, o valor cheio do ingresso é de 260 pesos, e os brasileiros pagam 200 pesos.


Escrever Comentário

Com um agente de viagens, faça chuva ou faça sol, a sua tranquilidade é garantida.

Véspera de férias? Então bora dormir tranquilo, com a certeza de que o seu aéreo, reservas em hotéis e serviços estão confirmados.

Veja Mais

Os agentes de viagens estão aqui pra te ajudar a ter a viagem dos sonhos com a tranquilidade que você merece ;)

Veja Mais