Todos a bordo: seis fatos importantes sobre cruzeiros

Blog Segue Viagem
|

Se a dupla mar e viagem chama a sua atenção, já está mais do que na hora de desfrutar de um momento a bordo de um daqueles grandes navios que percorrem os oceanos.

Cheio de atrações e simplesmente deslumbrantes, os cruzeiros são de encher os olhos e um prato cheio para quem quer curtir uma viagem tranquila e divertida. Para te ajudar a entender um pouco melhor sobre este assunto, o Segue Viagem selecionou alguns tópicos pra lá de relevantes para os navegantes de primeira viagem. Se liga só!

– O balanço do navio

Ao contrário do que muitos pensam, os navios não balançam tanto, pois contam com uma tecnologia bem avançada de estabilização. É claro que, nos primeiros momentos de locomoção, é possível notar uma movimentação, mas como o corpo tende a se acostumar rapidamente isso não se torna um grande problema.

Além disso, os navios são muito bem equipados com medicamentos e enfermarias completas para o caso de alguém enjoar.

– A moeda oficial dos cruzeiros

Nos cruzeiros que percorrem a América, a moeda oficial é o dólar. Por isso, é importante se preparar e calcular certinho a quantidade antes de subir a bordo.

Para aqueles que resolverem deixar para trocar a moeda dentro da embarcação, é fundamental ter em mente que o valor de câmbio utilizado ali é um pouco mais alto, já que os navios são os únicos lugares em alto-mar que oferecem este tipo de serviço.

Documentação necessária

Para viagens em território nacional é exigido somente o RG ou a CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Já para destinos internacionais, é imprescindível portar o passaporte (com validade mínima de seis meses) e vistos, quando necessários. Ah, e não se esqueça de preencher a Declaração de Bagagem Acompanhada (DBA).

– Cálculo de despesas

Ainda falando sobre dinheiro, a próxima questão a ser levantada é: quanto é preciso levar para um cruzeiro? Bom, é indispensável dizer que a maioria dos pacotes não inclui drinques nas refeições. Caso seja de interesse do passageiro, há opções para pagar de maneira avulsa todas as bebidas, o que permite gastar menos e aproveitar somente quando quiser.

E ainda tem mais! Outras opções mais do que tentadoras são cassinos, eventuais passeios durante as paradas nos destinos, teatros e lojas de grife. Leve em consideração tudo isso ao reservar aquele dinheirinho para gastar a bordo.

– Internet em alto-mar

Saber se a internet funciona ou não é a preocupação de boa parte das pessoas, e a resposta para essa pergunta infelizmente é não. Tanto o sinal 3G quanto o 4G do celular só pegam nos portos de parada ou próximo a eles. Contudo,  para que ninguém fique off-line, é possível contratar um plano de internet exclusivo para utilizar no interior do navio.

– Arrumando a mala

Sempre emblemática, a tarefa de arrumar as malas pode ser o terror de muitos turistas. Para saber exatamente o que levar é preciso considerar algumas informações: quantidade de dias, clima no destino, tamanho da cabine, limite de bagagem e atividades de lazer oferecidas, por exemplo.

Apesar de esbanjarem um clima praieiro e de descontração, alguns navios não permitem circular pelos corredores e entrar em restaurantes vestindo roupas de banho. Outro fator é que normalmente há uma ou duas noites de gala no roteiro, intituladas como “Noite do Comandante” ou “Jantar do Capitão”. Quem desejar participar destes eventos deve usar trajes sociais completos ou adotar o estilo elegante casual.

Aqui no Segue Viagem temos uma publicação perfeita para te auxiliar a organizar a bagagem para um cruzeiro. Vale a pena dar uma checadinha!


Escrever Comentário

Com um agente de viagens, faça chuva ou faça sol, a sua tranquilidade é garantida.

Véspera de férias? Então bora dormir tranquilo, com a certeza de que o seu aéreo, reservas em hotéis e serviços estão confirmados.

Veja Mais

Os agentes de viagens estão aqui pra te ajudar a ter a viagem dos sonhos com a tranquilidade que você merece ;)

Veja Mais