24 horas em Recife

Blog Segue Viagem
|

Com toda a sua abundância de rios e pontes, não é à toa que Recife também é conhecida como a “Veneza brasileira”. E em meio a este charme com toque europeu sobressaem características tipicamente brasileiras: praias de areia branquinha, rica gastronomia, festas regionais, população acolhedora… Assim é fácil de entender por que a capital pernambucana é a queridinha de turistas de todas as idades e nacionalidades.

Seja a lazer ou negócios, boas recordações e fotos incríveis estão garantidas. Afinal, não há quem resista ao céu ensolarado, nem aos atrativos que só este pedacinho de Pernambuco tem.

Se você tem apenas 24 horas por lá, Pode ficar tranquilo que gente te ajuda com roteiro. A seguir, você confere um guia exclusivo com dicas imperdíveis para um dia inteirinho de surpresas e encantos. Partiu?

9h – Praia de Boa Viagem

Com 7 km de extensão e paisagens deslumbrantes, a praia é perfeita para começar o dia pedalando pela belíssima orla ou com uma caminhada despreocupada. A completa infraestrutura inclui desde quiosques equipados com chuveiros até áreas esportivas. Não é difícil passar uma manhã inteira por ali, apenas observando o esverdeado do mar se perder no horizonte. Mas vale um alerta: já foram registrados ataques de tubarão no vai e vem aparentemente dócil das ondas, o que significa que é preciso ficar alerta aos avisos que indicam onde é proibido entrar na água.

12h – Restaurante Parraxaxá

Depois de uma manhã de atividades físicas e de renovação das energias, o restaurante Parraxaxá é uma ótima opção para se deliciar com a culinária regional. Dependendo do ponto da praia em que você estiver, é possível ir andando até a unidade de Boa Viagem. E aproveitar mais um pouquinho desta paisagem que é pura beleza. A decoração imita as casas do sertão nordestino. Com móveis rústicos e panelas de barro. E no cardápio, mais de 100 tipos diferentes de pratos. Entre as sobremesas, o pudim de rapadura e o bolo Souza Leão são os mais procurados, além, é claro, das incomparáveis tapiocas.

14h – Marco Zero

A 20 minutos de táxi do restaurante, está a Praça Rio Branco que abriga o chamado Marco Zero. O exato ponto de onde começam as medidas oficiais de distâncias a partir da cidade. Vale aproveitar a visita para conferir o Mercado de Artesanato, bem pertinho dali. Com mais de 16 mil peças fabricadas pelos mais de 500 artesãos locais. Você encontrará não apenas ótimas opções de lembrancinhas, como também poderá conferir a exposição permanente das obras premiadas na Feira Nacional de Negócios do Artesanato.

18h – Rua da Moeda

A rua, que traz no nome uma homenagem à Casa da Moeda, construída pelos holandeses por volta de 1645, hoje é o lugar mais indicado para curtir a noite recifense. Entre os vários bares e lanchonetes boêmias, cujas portas não têm hora para fechar, o destaque vai para um restaurante superbadalado que também se chama Casa da Moeda. O menu contempla o que há de mais gostoso na gastronomia da região. Mas o grande diferencial do empreendimento está na música ao vivo e no agito garantido. Uma despedida do destino em um ambiente que é a cara da cidade.

Converse com seu agente de viagens e não deixe de conhecer Recife.

A matéria na íntegra da Revista Segue Viagem, você confere clicando aqui.

 


Escrever Comentário

Com um agente de viagens, faça chuva ou faça sol, a sua tranquilidade é garantida.

Véspera de férias? Então bora dormir tranquilo, com a certeza de que o seu aéreo, reservas em hotéis e serviços estão confirmados.

Veja Mais

Os agentes de viagens estão aqui pra te ajudar a ter a viagem dos sonhos com a tranquilidade que você merece ;)

Veja Mais