Encontro dos hemisférios em Greenwich

Blog Segue Viagem
|

A 20 minutos do centro de Londres fica o ponto exato no qual hemisférios oriental e ocidental encontram-se: Greenwich. Definido por acordo internacional em 1884, ele define a longitude da Terra e também os fusos horários, o Meridiano de Greenwich. Quem está na capital inglesa pode ver as diversas atrações no distrito e ficar bem no meio oficial do planeta.

Patrimônio Mundial da Unesco, Greenwich está às margens do rio Tâmisa. Por isso, uma das maneiras de chegar ao distrito é de barco. Chegando ao local, vá até o Parque Greenwich e procure pela linha que divide o mundo em duas partes. É preciso andar um pouquinho, mas você não vai perder a chance de estar em dois hemisférios ao mesmo tempo, não é?

Em um lugar que a tradição real e a arquitetura contemporânea se encontram, não dá para deixar de visitar algumas atrações. É o caso do The Old Royal Naval College, um dos símbolos de Greenwich. Apesar de sua construção inicial ser de 1420, em 1490 foi reconstruído pelo rei Henry VII e passou a ser chamado de Palácio de Greenwich. Só virou mesmo colégio naval em 1873. E, mas de um século depois, em 1997, foi convertido em um tipo de museu. Ali, o local mais apreciado é o Painted Hall, descrito como “a Sistina do Reino Unido”. Dizem que tem a melhor decoração de toda a Inglaterra, com suas paredes e tetos com lindas pinturas.

Royal Observatory Greenwich

Greenwich também é um lugar de observação do céu. Basta ir ao Royal Observatory Greenwich com seu completo planetário, o Peter Harrison Planetarium. Ele tem diversas apresentações que explicam sobre os planetas, as estrelas, constelações e outras particularidades do universo com projeções em HD.

Do século 17, a Queens House merece uma visita. Construída por James I e dada de presente para a rainha Anne, da Dinamarca, tem arquitetura italiana clássica. Foi a primeira no estilo feita no Reino Unido e muito diferente das construções que a precederem. O Great Hall é um perfeito cubo com um chão de mármore em branco e preto com algumas peças da coleção do National Maritime Museum.

Para ter uma ideia do que era navegar nos bons anos dos veleiros, lá pela metade do século 19, é preciso visitar o Cutty Sark. Ela é a última embarcação de transporte de chá entre China e Inglaterra. Os veleiros costumavam competir entre si para ver quem levava as colheitas frescas de chá para o Reino Unido primeiro, e o Cutty Sark foi um dos vencedores. O barco está em Greenwich desde 1954 e passou por uma restauração de 2007 a 2012. Atualmente, os turistas podem entrar, visitar e se sentir um marinheiro de séculos atrás.

Tente ir para o distrito de quinta a domingo para visitar o Greenwich Market, uma feirinha que mistura artesanato, roupas, antiguidades e gastronomia. Ao seu redor, butiques, galerias e ótimos locais para comer e beber. Reserve pelo menos duas horinhas para ficar por lá e aproveitar para almoçar.

Converse com seu agente de viagem sobre o tour até Greenwich para conhecer esse icônico distrito de Londres.


Escrever Comentário

Com um agente de viagens, faça chuva ou faça sol, a sua tranquilidade é garantida.

Véspera de férias? Então bora dormir tranquilo, com a certeza de que o seu aéreo, reservas em hotéis e serviços estão confirmados.

Veja Mais

Os agentes de viagens estão aqui pra te ajudar a ter a viagem dos sonhos com a tranquilidade que você merece ;)

Veja Mais