Dois dias em Santa Teresa, no Espírito Santo

Blog Segue Viagem
|

Pequena e cheia de graça, a cidade de Santa Teresa, na região metropolitana do Espírito Santo, vale a visita na passagem pelo estado capixaba. Com uma esticadinha de dois dias no roteiro – pois fica a 80 km da capital Vitória – dá para mergulhar na história do destino, apaixonar-se pela paisagem e saborear a irresistível gastronomia local.

Santa Teresa – Espirito Santo | Crédito: Assessoria de Comunicação IFES

História

A história de Santa Teresa começa na Itália, com a partida do navio La Sofia, repleto de passageiros em busca de uma vida melhor. Chegando ao Brasil, em 1874, esses italianos se espalharam pelo país e mais tarde, em 1875, um grupo deles fundou a primeira colônia de imigrantes do Brasil, Santa Teresa.

As vias estreitas e curvas e os casarios do centro da cidade contam um pouco dessa história. Além disso, a Casa Lambert, construída no mesmo ano da fundação da cidade pelos irmãos Antônio e Virgílio Lambert, é tombada como Patrimônio Histórico Estadual e atualmente funciona como Casa de Memória, compartilhando a história da família e da imigração na região.

Uma viagem pelos sabores capixabas
A diversidade do Espírito Santo
Espírito Santo além de Vitória: cidades para visitar
O interior do Espírito Santo e suas belezas

Mas os italianos também deixaram sua marca na cozinha local, que pode ser conferida nos restaurantes da cidade. No Café Haus, ainda que o menu seja a atração principal, vale mencionar o charme do ambiente. Dentre os pratos, destacamos o risoto de cogumelos acompanhado de filé mignon.

A casa que abriga o Café Zanoni foi erguida em 1876 e tem o piso e armário originais preservados. Fotos exibem a família que dá nome à cafeteria e a placa atrás do balcão, escrita em italiano, evidencia ainda mais a herança da imigração. Ali você poderá apreciar quindins e tortas acompanhadas de um delicioso cafezinho.

Com o slogan “A Itália é aqui”, o destino ainda sedia no mês de abril o festival Santa Teresa Gourmet, com pratos saborosos, aulas de culinária, cervejas e vinhos.

Belezas naturais

Vale Caravaggio – Santa Teresa – Espírito Santo | Crédito: Bruna Gasparini

Situada em um vale, a cidade é cercada por montanhas e rios e serve de refúgio para diversos beija-flores, ou colibris, como chamam os locais, sendo carinhosamente apelidada de “Doce Terra dos Colibris”.

Para admirar a linda vista da região e fazer belos cliques, turistas visitam o mirante do Vale do Canaã, a 2 km do centro da cidade. O cenário serviu de inspiração para o livro homônimo, de Graça Aranha. A obra conta a história de dois jovens imigrantes alemães e suas diferentes visões de mundo.

A exuberância do Vale do Caravaggio motivou a criação do circuito de mesmo nome. Um trajeto de 14 km em meio à encantadora paisagem leva a empreendimentos e atividades turísticas. Gastronomia, vinícolas e artesanato podem ser conferidos no caminho. Além disso, o turista passa pela Cachoeira do Parque São Lourenço, pela Rampa de Voo Livre Amaury Fernandes, de onde pode saltar de parapente, e pela Igreja Nossa Senhora de Caravaggio.

Pontos turísticos

Museu de Biologia Prof. Mello Leito – Santa Teresa – Espirito Santo | Crédito: Ministerio da Cultura

Típica praça encontrada nas pequenas cidades do interior, a Praça Augusto Ruschi é uma boa pedida para um momento tranquilo e de observação dos pássaros que procuram abrigo e alimento nas árvores e flores locais.

O Museu de Biologia Professor Mello Leitão foi fundado em 1949, pelo cientista e pesquisador Augusto Ruschi. Suas dependências abrigam uma grande área verde totalmente preservada, repleta de árvores e flores multicoloridas, um passeio ideal para amantes da natureza e fotografia. Com o objetivo de catalogar e proteger a biodiversidade da Mata Atlântica, o local ainda possui viveiros e algumas espécies da fauna brasileira, como cobras, saguis e araras.

Popular no Espírito Santo, a fábrica de biscoitos Claid produz variados produtos, entre eles estão casadinhos, biscoitinhos de nata e tortas todesca. Ali também existe uma loja para venda e degustação dessas delícias, que podem ser apreciadas com café em um fim de tarde, por exemplo.

Vida noturna

Com a chegada do anoitecer, o turista pode esticar o dia na Rua do Lazer, endereço de bares e restaurantes. O Taberna Lounge, de temática medieval, oferece desde petiscos a pratos mais elaborados no menu. As refeições podem ser acompanhadas de cervejas artesanais ou vinhos. Se bater aquela vontade de comer um tradicional hambúrguer, o Bros Burguer & Grill é uma ótima opção. Caso deseje curtir uma noite mais agitada, Toca do Rota Pub é o lugar certo.

Sugestão de roteiro:

Dia 1 – Rota do Caravaggio + Rua do Lazer
Dia 2 – Museu Mello Leitão + Praça Augusto Ruschi + Vale Canaã + Claid’s Biscoitos

Santa Teresa – Espirito Santo | Crédito: Marco Xavier

Escrever Comentário

Com um agente de viagens, faça chuva ou faça sol, a sua tranquilidade é garantida.

Véspera de férias? Então bora dormir tranquilo, com a certeza de que o seu aéreo, reservas em hotéis e serviços estão confirmados.

Veja Mais

Os agentes de viagens estão aqui pra te ajudar a ter a viagem dos sonhos com a tranquilidade que você merece ;)

Veja Mais