Dica do viajante: Curitiba, por Dyogo Schroeder

Blog Segue Viagem
|

Curitiba é uma linda cidade, bem organizada e com inúmeros passeios imperdíveis. Seja pela gastronomia, cultura ou pelos parques, considere pelo menos três dias para conhecer a capital do Paraná.

Para quem gosta de boas cervejas artesanais assim como eu, conhecer a Cervejaria Bodebrown não pode ficar de fora do roteiro. Há degustação, produtos para fabricação da bebida, cervejas próprias ou em parceria com marcas internacionais.

As festas da cidade costumam reunir muita gente. Em junho, por exemplo, o Festival de Inverno combina cultura, entretenimento e gastronomia. Na chegada da estação mais colorida do ano, o Haru Matsuri, evento tradicional japonês, celebra a primavera com manifestações culturais, artísticas e gastronomia japonesa. A agenda de eventos está disponível aqui onde você pode consultar a programação das festividades com antecedência.

24 horas em Curitiba
Curitiba: do centro histórico ao jardim botânico 
Guia de destino: Curitiba 
Conheça os 10 melhores museus da América do Sul 
Escapada para Morretes e o famoso Barreado paranaense 

A cidade também dispõe de vários parques imperdíveis, como o Jardim Botânico, a Ópera de Arame, o Parque Tanguá, o Parque Barigui, o Parque Tingui, o Bosque Alemão e o Parque São Lourenço, nos quais é possível ter um dia tranquilo em meio à natureza. Quer conhecer todos e tem pouco tempo? Uma boa opção é utilizar a Linha Turismo, ônibus especiais que passam por praticamente todos eles. Basta estar em algum desses pontos que você pode pegar o próximo transporte da linha, pois funciona em rota circular.

Parque Tingui – Curitiba – PR | Crédito: Astrodyum

A gastronomia é outro ponto forte de Curitiba. O bairro de Santa Felicidade é referência. Recomendo os restaurantes Velho Madalosso, para um bom rodízio de massas e carnes, e Famiglia Fadanelli, para pratos à la carte, duas sugestões bem italianas na região. Aqui vale chegar mais cedo e passear pela Avenida Manoel Ribas. Lojas, cafés e chocolates fazem a festa dos turistas. Outras alternativas para desfrutar são: Batel Grill e KF, rodízios de churrasco; Badida, carnes e buffet de saladas; Poco Tapas, estilo mais contemporâneo; Terraza 40, bem romântico e com vista incrível; Durski, contempla a culinária polonesa; Ile de France, oferecendo pratos da cozinha francesa; e Barolo Trattoria, italianíssimo.

A Avenida do Batel e a Rua Itupava também concentram uma quantidade enorme de bares e restaurantes, ideais para uma happy hour, conversar com os amigos ou paquerar. São opções para todos os bolsos e gostos: pagode, sertanejo, pop, comida tailandesa, mexicana… Você encontra de tudo nesses dois pontos estratégicos. Se chegar mais no final da tarde ou mesmo depois do almoço, não deixe de ir à Banoffi Bistrô e Confeitaria e pedir a torta com o nome da casa. Sensacional!

O passeio de trem/litorina para a cidade de Morretes é outro passeio único. Talvez você já tenha ouvido a respeito e vale cada minuto neste lindo tour por uma estrada de ferro, construída na Serra do Mar. Em vários momentos não dá para ver os trilhos pela janela e a sensação é a de estar voando. Além disso, a paisagem é belíssima e rende várias fotos e filmagens. Já em Morretes, escolha entre as várias opções de restaurantes e aprecie o Barreado, prato típico do litoral paranaense, preparado com carne, temperos e farinha de mandioca.

Curitiba é uma grande capital e o centro desta metrópole é bastante conservado e limpo. Exibindo construções históricas, cafés, lanchonetes e museus, vale a pena caminhar pelo calçadão da Rua XV de Novembro e conhecer os casarões antigos e bela arquitetura. Nessa mesma região, caminhe da Praça Osório até a Praça Santos Andrade, onde temos o belo prédio da Universidade Federal do Paraná. No meio do caminho, a Praça Tiradentes guarda a Igreja Matriz e atrás dela está o Largo da Ordem, ponto de fundação de Curitiba. Se o tempo estiver firme, outra dica é alugar uma bicicleta e fazer vários passeios pela cidade, já que o destino oferece todas as condições para essa atividade.

XV de Novembro – Curitiba – PR | Crédito: Morio

Em Curitiba, independentemente da época do ano, você pode sentir a temperatura esfriar rapidamente, principalmente após o pôr do sol, então, não deixe de levar um casaco leve, mesmo no verão. No inverno, prepare-se para temperaturas próximas de 0°C.

 


Escrever Comentário

Com um agente de viagens, faça chuva ou faça sol, a sua tranquilidade é garantida.

Véspera de férias? Então bora dormir tranquilo, com a certeza de que o seu aéreo, reservas em hotéis e serviços estão confirmados.

Veja Mais

Os agentes de viagens estão aqui pra te ajudar a ter a viagem dos sonhos com a tranquilidade que você merece ;)

Veja Mais