Conheça diferentes tradições natalinas ao redor do mundo

Blog Segue Viagem
|

A clássica festa natalina finalmente chegou! Árvores, luzes, Papai Noel e muitos presentes estão espalhados por todos os cantos e enfeitando diversas casas. Mas, além dos já tradicionais costumes, de quais outras maneiras esta mesma data é comemorada ao redor do globo? Algumas culturas celebram de formas bem inusitadas. Vamos conferir?

Natal e Réveillon em cidades europeias
Presente de Natal para um viajante

Itália

Fora as encantadoras decorações, os presépios e os festejos nas praças, o país cujo território tem a forma de uma bota apresenta em seu folclore uma personagem superdesafiadora para o Bom Velhinho. Chamada Befana, ela é uma senhora idosa que, na noite de 5 de janeiro, visita as casas italianas deixando doces para as boas crianças e um carvão para aquelas que não se comportaram.

Reza a lenda de que a generosidade da “bruxa” se dá pelo fato de ter negado abrigo aos Três Reis Magos durante o percurso para visitar Jesus, acontecimento celebrado em 6 de janeiro.

Ah, sim, e não se esqueça: para ganhar os docinhos é essencial deixar a janela aberta e uma meia vazia.

Áustria

Se em todos os países o Natal é sinônimo de presentes e muita festa, na Áustria, além disso, o evento é marcado por uma presença um tanto quanto sombria, o Krampus. Intrigante desde o nome, esta figura é uma espécie de demônio que, no dia 5 de dezembro, sai às ruas para punir os pequeninos bagunceiros.

Na data, véspera do Dia de São Nicolau – santo que é inspiração para o personagem do Bom Velhinho –, as pessoas saem fantasiadas como Krampus levando correntes, varas e sinos para assustar crianças e adultos.

Espanha

Algumas cidades espanholas têm uma das tradições natalinas mais peculiares. Destaque para o “Caga Tío”, tronco decorado com um rostinho feliz, chapéu e cobertor recheado tradicionalmente de doces e guloseimas. No dia 24, as crianças devem acertá-lo com um pedaço de madeira enquanto cantam uma música para que ele devolva os presentes que “engoliu”.

Você acha que termina aí? Não mesmo! Há uma peça bem diferenciada no presépio, o “Caganer”, a representação de uma pessoa defecando que é utilizada para simbolizar boa sorte e prosperidade.

Letônia

Diferente e extremamente incrível, na Letônia as crianças têm muito a comemorar, já que o Papai Noel trabalha bastante nesta época. Nos Bálcãs, esse grande ícone deve trazer presentes durante 12 dias seguidos.

Outro fator bem relevante é que foi nesta região que aconteceu o primeiro registro da montagem de uma árvore de Natal, mais especificamente na Praça de Riga, na capital, no ano de 1510.

Grécia

Na Grécia há uma história folclórica certamente curiosa referente à festa. Segundo a cultura local, 12 dias antes do Natal os Kallikantzaroi (espécie de elfos travessos) percorrem a terra para pregar peças em todos. Por conta disso, existem alguns rituais para mantê-los afastados, como pendurar feixe de linho na porta da frente ou manter o fogo da lareira aceso durante esse período.

Na noite da festa de 24 de dezembro, é tradição as crianças visitarem as casas cantando em homenagem ao nascimento de Cristo. Os gregos acreditam que desta forma atraem boa sorte e prosperidade, por isso presenteiam os pequenos com doces ou dinheiro.

Conhece mais alguma tradição “diferentona”? Conte pra gente nos comentários.


Escrever Comentário

Com um agente de viagens, faça chuva ou faça sol, a sua tranquilidade é garantida.

Véspera de férias? Então bora dormir tranquilo, com a certeza de que o seu aéreo, reservas em hotéis e serviços estão confirmados.

Veja Mais

Os agentes de viagens estão aqui pra te ajudar a ter a viagem dos sonhos com a tranquilidade que você merece ;)

Veja Mais