Buenos Aires para principiantes

Blog Segue Viagem
|

Buenos Aires é uma daquelas cidades que você não se cansa de visitar. Seja para compras – ainda que agora a situação econômica de ambos países não esteja tão favorável -, para uma escapada num fim de semana ou para uma viagem mais longa, a capital argentina tem sempre algum lugar que você ainda não conhece, além daqueles queridinhos, para onde você quer voltar de novo e de novo. Mas vamos começar do começo: se esta é sua primeira vez, temos algumas dicas para ajudar você a planejar seu roteiro.

La Boca

É muito fácil se deslocar de metrô pelo centro histórico portenho, você praticamente consegue fazer tudo percorrendo as linhas que cortam a cidade. Mas há quem prefira os tours tradicionais, principalmente pela facilidade de se chegar aos pontos mais distantes, como o bairro de La Boca. Este pedaço da cidade abriga dois dos símbolos de Buenos Aires. O Caminito, com suas casas coloridas, seu artistas e o tango tocado na rua; e o Estádio Alberto J. Armando, a conhecida La Bombonera, casa do Boca Juniors. Não tenha dúvidas: a visita ao estádio é disputadíssima e muito divertida. E os argentinos, como os brasileiros, têm no futebol uma paixão nacional.

Depois de conhecidos estes dois pontos famosíssimos da cidade, e aproveitar para tomar um café no Caminito, a dica é seguir de volta para o centro. Não deixe de passar por San Telmo, principalmente se for domingo. É que, neste dia, há uma grande feira de antiguidades no bairro, que é bem tradicional. Você pode até não comprar nada, mas vasculhe os casarões abertos e as ruas estreitas para descobrir uma Buenos Aires que parece ter parado no tempo. É comum ver músicos de rua tocando tango no local, e casais apresentando-se no meio da feira.

Pelo centro

A visita – mesmo que apenas de passagem – pela Casa Rosada e a Plaza de Mayo é obrigatória. Não só porque é um ponto central da cidade, mas pela representatividade histórica do local. As varandas da sede do governo argentino já viram de tudo um pouco. De posses presidenciais a violentos protestos durante a duríssima ditadura do país, de Evita às Mães da Praça de Maio. As memórias da toda a história da cidade estão reunidas no Museo Nacional del Cabildo y la Revolución de Mayo. Um edifício que desde 1933 é considerado Monumento Histórico Nacional.

Reserve um dia da sua viagem também para visitar o bairro da Recoleta, conhecido por seus elegantes edifícios. A grande praça e o conjunto arquitetônico formado pelo centro cultural, a igreja e o cemitério se erguem no encontro das avenidas Alvear e Libertador, marcando o ponto mais conhecido do bairro. Ali é um ótimo local para almoçar ou mesmo para tomar um café. O Cemitério da Recoleta foi o primeiro da cidade. E abre suas portas para os visitantes que querem conhecer os túmulos de figuras conhecidas, como Evita e o escritor argentino Adolfo Bioy Casares. As visitas guiadas relatam curiosidades e histórias do espaço, mas é preciso chegar cedo, porque o cemitério fecha as 17h45.


Escrever Comentário

Com um agente de viagens, faça chuva ou faça sol, a sua tranquilidade é garantida.

Véspera de férias? Então bora dormir tranquilo, com a certeza de que o seu aéreo, reservas em hotéis e serviços estão confirmados.

Veja Mais

Os agentes de viagens estão aqui pra te ajudar a ter a viagem dos sonhos com a tranquilidade que você merece ;)

Veja Mais