As belezas naturais de Porto Velho

Blog Segue Viagem
|

Nem só de trabalho e nostalgia vive Porto Velho. Apesar dos visitantes aproveitarem sua passagem pela cidade para conhecer as antigas instalações da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, os edifícios históricos não são os únicos atrativos desta capital brasileira, que fica quase na divisa de Rondônia com o Amazonas. Banhada pelo rio Madeira e já em meio à Amazônia, não é difícil imaginar que outras belezas o visitante encontra por lá: a natureza.

O rio é um ótimo ponto para começar a explorar as paisagens dali. Ele nasce na porção boliviana da Cordilheira dos Andes e, em território rondoniano, tem 1.500 quilômetros de extensão. Além de ser essencial para a economia da cidade, ele também emoldura Porto Velho com suas águas. Tanto que os mirantes estão entre as atrações mais buscadas ali. Instalados na margem direita do rio, eles são pontos de encontro para happy hours ou apenas para quem quer aproveitar a bela vista do pôr do sol à beira do Madeira. Também é possível fazer passeios de barco pelo rio – uma boa maneira de se perceber a cidade de outro ângulo e percorrer a região portuária e as comunidades próximas. Com um pouco de sorte, dá também para ver alguns botos na água durante o trajeto.

Pelos parques da cidade…

Porto Velho ainda conta com parques abertos, onde os visitantes vão principalmente para relaxar e praticar algum esporte. O Parque Dr. José Adelino de Moura, chamado na cidade de Parque Circuito. É um dos locais que tem espaço para corridas e caminhadas, além de trilhas em meio à vegetação local. Já o Parque da Cidade é o local ideal para ir com a família. Com uma pista de caminhada entorno de um grande lago, a área tem estrutura para lazer e recreação. Já o Parque Natural, também conhecido como Parque Ecológico, tem cerca de 390 hectares com trilhas. Além de áreas de lazer e playground para aproveitar a natureza.

Se a ideia é se aventurar mais pelo Estado, a dica é ir o Lago do Cuniã, uma reserva que fica a cerca de 130 quilômetros da capital. O trajeto, pelo rio ou pela estrada, é bastante difícil – tem que ter disposição. A vantagem de optar pelo caminho mais longo, o fluvial, é aproveitar a paisagem de igarapés, flora e fauna únicos. A estação ecológica recebe visitantes e pesquisadores para conhecer um pouco mais sobre a biodiversidade preservada ali.


Escrever Comentário

Com um agente de viagens, faça chuva ou faça sol, a sua tranquilidade é garantida.

Véspera de férias? Então bora dormir tranquilo, com a certeza de que o seu aéreo, reservas em hotéis e serviços estão confirmados.

Veja Mais

Os agentes de viagens estão aqui pra te ajudar a ter a viagem dos sonhos com a tranquilidade que você merece ;)

Veja Mais