Aruba: natureza além das praias

Blog Segue Viagem
|

Cercada de mar azul turquesa por todos os lados, Aruba é famosa por suas praias de areias brancas, águas cristalinas e ventos refrescantes. Eagle Beach, Druif Beach, Palm Beach, Mangel Halto, Baby Beach e Roger’s Beach estão entre as mais buscadas no destino – já demos algumas dicas sobre as praias aqui no blog. Mas os atrativos da ilha não acabam por aí.

Ela é um território autônomo holandês no Caribe, de maioria católica. E tem como línguas oficiais o holandês e o papiamento, um derivado do português com influências de castelhano, inglês e dialetos africanos. Com clima semiárido (a temperatura média é de 27 graus), flora tropical desértica, formada por cactos, aloe e árvores “divi divi”, terreno seco e rochoso, abriga iguanas, lagartos, burros selvagens e cabras, encontrados perto das formações rochosas. Além do Parque Nacional Arikok, que ocupa cerca de 20% do território da ilha, há mais coisas para ver em Aruba.

Mais de 80 espécies de aves migratórias. Como papagaios, araras, garças, garçotas, andorinhas-do-mar, gaivotas, bicos-de-tesoura, galeirões, corvos marinhos e diversos tipos de patos. Em busca de vegetação para construírem seus ninhos, acham refúgio em Bubali. Ou na baía de San Nicolas, às margens de lagos artificiais onde uma plataforma foi erguida para uma observação privilegiada.

Atração para todos

Uma atração fofa é a Fazenda de Borboletas, que fica na praia de Palm Beach. E abriga borboletas de várias espécies e cores em um jardim tropical. Durante a excursão, você aprende mais sobre seu habitat e, com sorte, é possível presenciar uma borboleta saindo de seu casulo para o primeiro voo. Mais, digamos, exótico é o passeio para as fazendas de avestruzes. Onde você pode aproximar-se e até alimentar as aves, que são bastante dóceis. Localizada na estrada para a Ponte Natural, abriga o restaurante Savanna Lodge. Que oferece deliciosos pratos com a carne da ave.

Outra atração da ilha é o Santuário dos Burros. Os animais eram o principal meio de transporte da ilha, e foram deixados de lado com a modernidade dos carros. Criado em 1997 em Santa Lucía e Bringamosa, o santuário abriga e protege 40 animais, de cor cinza e chocolate, que são curiosos e deixam interagir. Os visitantes são recebidos por pessoas fantasiadas de burros que os inspecionam com seus focinhos. O dinheiro arrecadado com a venda de souvenires é revertido para a Fundação Salve Nossos Burros.


Escrever Comentário

Com um agente de viagens, faça chuva ou faça sol, a sua tranquilidade é garantida.

Véspera de férias? Então bora dormir tranquilo, com a certeza de que o seu aéreo, reservas em hotéis e serviços estão confirmados.

Veja Mais

Os agentes de viagens estão aqui pra te ajudar a ter a viagem dos sonhos com a tranquilidade que você merece ;)

Veja Mais